A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Atividade Filosofia P4 FSM

Pré-visualização | Página 1 de 1

FACULDADE SANTA MARIA
CURSO: MEDICINA
. DISCIPLINA: FILOSOFIA
ALUNO:_______________________________________ _P/4__
1. De acordo com o enunciado abaixo, produza um pequeno texto que o justifique: A FILOSOFIA É UM PROCESSO EM MARCHA...
No período arcaico surgem os primeiros filósofos gregos, por volta de fins de século VI a. C. Uma nova ordem humana tem dívida com o passado mítico. Explique esse momento de transição e contextualize algumas novidades do período em questão que ajudaram a transformar a visão que o mito oferecia sobre o mundo e a existência humana. (do Livro: FILOSOFANDO, de Maria Lucia de Arruda Aranha, ed. Moderna, 2007.)
A filosofia é um “processo em marcha” por sempre estar evoluindo seus conceitos e participando da evolução de outras ciências. Na antiguidade, as pessoas eram induzidas a acreditar no mito pela carência de outros conhecimentos, inclusive o filosófico, foi então que surgiram os primeiros filósofos, pré-socráticos, que almejavam explicar o mundo de uma forma mais racional, eles partiram da observação do meio para encontrar a gênese do mundo. Depois deles vieram Sócrates e seus discípulos que iniciaram questões relativas ao SER e as comunidades. Em resumo, a filosofia sempre encontra uma forma de mudar para refletir sobre as questões socias vigentes, assim, ela sempre está em evolução para se adequar ao período atual. 
2. Sob que olhar, de conformidade com a perspectiva dos civilizados, se enxergavam os grupos humanos? 
Os sujeitos primitivos eram vistos como sujeitos passivos em relação ao conhecimento cientifico, por isso colocados como inferiores em relação aos civilizados. Acreditava-se que o mito era um mero fruto dos dogmas, das crenças, dos aspectos fantásticos existentes para explicar o mundo de uma forma simples, impedindo que o ser humano tivesse uma visão mais profunda das questões sociais e do SER, impossibilitando a ação individual.
3. Estabeleça um paralelo entre as concepções do Mito primitivo e do mito nos dias de hoje;
O mito primitivo foi uma tentativa de explicar a realidade baseado nos conhecimentos das populações primitivas, eles tinham como principal base a observação dos fenômenos naturais. Já o mito atual tenta explicar os fenômenos naturais usando o método cientifico, ou seja, ocorreu a modificação da forma de elaborar o mito de acordo com o conhecimento da sociedade de sua época.
4. O mito muitas vezes se expressa de forma negativa. Justifique a afirmativa a partir da concepção étnica Hitleriana.
Hitler foi um extremista nazista que acreditava na supremacia da raça branca, para ele outras etnias não eram boas e fortes o suficiente. Ele objetivava aniquilar as populações inferiores para criar a raça ariana pura de pessoas fortes e saudáveis, para isso ele precisou criar um mito que fazia a imagem das populações marginalizadas totalmente inferiores. Esses mitos levavam em consideração sujeira, impureza, fraqueza e outras características negativas para tentar justificar suas ações hediondas contra os grupos étnicos perseguidos.
5. O Mito é uma tentativa fracassada de explicação da realidade? Contextualize a sua resposta.
Não podemos afirmar isso, pois o mito é algo útil para o seu tempo, ele cumpre diversas funções, inclusive cultural, que explicam os costumes de um povo. O mito é algo baseado no grupo e era dito como uma explicação plausível no seu tempo, por isso não podemos analisar o mito de forma anacrônica. Na atualidade, também existem mitos, como o mito do cientificismo, o qual não é a única de forma de explicar a realidade, mas é uma forma bem aceita pela sociedade atual e cumpre com seu papel de explicar a realidade
6. O status ético da Filosofia se encaixa no campo da medicina? De que forma?
Sim, a ética filosófica se aplica na relação médico-paciente pela complexidade dessa relação, pois é baseada no conhecimento do SER, criação de vinculo e a responsabilidade com as vidas que serão tratadas, todas essas questões podem ser temas para a filosofia. Além disso, a medicina precisa sempre estar em atualização, para isso é preciso pensar e criar hipóteses para desenvolvimento de novos projetos, assim a filosofia é útil para o curso da medicina.
7. A ciência e a tecnologia ajudam a satisfazer as necessidades concretas dos seres humanos. E a Filosofia?
A filosofia satisfaz a curiosidade humana, o interesse pelo raciocínio, a observação e a indagação são todas atribuições advindas da filosofia. Ela é importante para o desenvolvimento das sociedades, visto que é a partir dela que podemos analisar o mundo, questionar saberes já estabelecidos, observar o meio para criar novas coisas e desenvolver o pensamento. A filosofia não é uma ciência, mas esta muito presente no aprimoramento do processo cientifico. Além disso, as questões humanas são bem abordadas pela filosofia, fazendo com que tenhamos conhecimentos sobre nós mesmos, a sociedade e outros conhecimentos necessários.
8. Justifique o mito como ponto de partida para a compreensão do SER.
O mito surgiu antes da reflexão sobre o que é o ser, mas o mito servia para afugentar o medo ou tentar dominar o mundo ao seu redor, logo o mito foi criado para tentar minimizar as inseguranças dos humanos primitivos em relação ao mundo. Após a redução da preocupação com as inseguranças em relação ao ambiente, foi possível iniciar as reflexões sobre porque o mito foi criado, levando ao inicio da descoberta do SER, de suas angustias, seus desejos, suas características e outros.
9. Explique A CONSCIENCIA DE SI a partir das comunidades tribais.
Nas comunidades tribais a consciência de si não era almejada, pois existia um espirito de coletividade para unir seus membros. A partir do mito, era possível que os integrantes encontrassem semelhanças entre si, objetivos em comum e cooperassem para chegar a bem máximo para a comunidade. Assim, o mito cria o vínculo comunitário em que as ações individuais não existem, mas sim as ações voltadas para a comunidade.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.