Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
GOVERNANÇA CORPORATIVA

Pré-visualização | Página 2 de 2

princípio 
norteador das relações de negócios. Porém, cada país possui um 
Modelo de Governança com as suas características bem definidas. 
Sobre os Modelos de Governança do mundo, podemos afirmar que: 
I. O modelo americano é fortalecido, principalmente, com a 
promulgação da Lei Sarbanes-Oxley, onde foram estabelecidas as 
regras claras para a estrutura, o papel e a independência dos 
Conselhos de Administração; 
II. O modelo alemão é conhecido pela sua orientação focada no 
crédito bancário de longo prazo; 
III. O modelo japonês é semelhante ao americano, sendo regulado 
pela jurisdição dos órgãos provinciais daquele país. 
 
Resposta Selecionada: a. 
Os itens I e II estão corretos. 
Respostas: a. 
Os itens I e II estão corretos. 
 
b. 
Os itens I e III estão corretos. 
 
c. 
Somente o item I está correto. 
 
d. 
Os itens II e III estão corretos. 
 
e. 
Todos os itens estão corretos. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta: A 
Comentário: o modelo japonês está se adaptando com 
as boas práticas de governança nos últimos anos, 
aplicando as normas e as estruturas que se 
assemelham aos modelos, principalmente, ao modelo 
 
alemão, uma vez que o seu mercado de ações é 
financiado, também, pelo mercado bancário, como na 
Alemanha. 
 
 Pergunta 8 
0,4 em 0,4 pontos 
 
 
Para iniciarmos os processos que levaram ao despertar da 
governança corporativa no mundo administrativo, você deve 
entender sobre a consolidação mundial do capitalismo no século 
XXI. O capitalismo, durante séculos, foi sendo determinado por 
fatores históricos que levaram a sua evolução e ao seu domínio no 
cenário atual. Dentre os fatores que foram determinantes da 
evolução do capitalismo, podemos citar vários. Não 
é considerado como um fator determinante para o capitalismo e o 
mercado de ações: 
 
Resposta 
Selecionada: 
d. 
A Crise do Subprime, em 2008, que desencadeou os 
problemas financeiros em todos os países do mundo. 
Respostas: a. 
A Revolução Industrial, devido às mudanças profundas 
nas formas de produção. 
 
b. 
O Desenvolvimento Tecnológico nos últimos séculos, 
que conduziu o planeta a uma nova realidade em 
termos gerais. 
 
c. 
A Ética Calvinista, onde o trabalho e a virtude 
econômica também fazem parte da determinação 
divina. 
 
d. 
A Crise do Subprime, em 2008, que desencadeou os 
problemas financeiros em todos os países do mundo. 
 
e. 
O Desenvolvimento da Ciência da Administração, que 
fez surgir novos conceitos na forma de administrar e 
conduzir uma organização. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta: D 
Comentário: a Crise do Subprime 
não tem uma relação direta com a governança 
corporativa, apesar de ter influenciado, negativamente, 
 
o mercado de capitais, sendo que a governança já fazia 
parte ativa das empresas, em 2008. 
 
 Pergunta 9 
0,4 em 0,4 pontos 
 
 
Os Princípios são parte dos 8 Ps da Governança; dentre aqueles que 
são norteadores da Lei Sarbanes-Oxley (SOX), dos Estados Unidos, 
podemos encontrar o princípio que direciona todas as empresas a 
efetuar uma prestação de contas responsável, sendo considerado 
um dos quatro pilares da governança: 
 
Resposta Selecionada: b. 
Accountability. 
Respostas: a. 
Compliance. 
 
b. 
Accountability. 
 
c. 
Disclosure. 
 
d. 
Fairness. 
 
e. 
N.D.A. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta: B 
Comentário: a prestação de contas sobre as 
informações contábeis da empresa já está descrita de 
forma clara, na Lei das S/A, porém as empresas com 
governança corporativa devem se atentar que tal 
prestação de contas caminha além das normas legais, 
uma vez que os atores desta governança dentro da 
organização têm a responsabilidade de demonstrar, 
também, as suas atuações em cada etapa dos atos 
administrativos, gerados durante o exercício de suas 
funções, bem como deixar transparente o processo de 
eleição destes atores no âmbito da governança 
corporativa. 
 
 
 Pergunta 10 
0,4 em 0,4 pontos 
 
 
Sabemos que a governança corporativa é o sistema que envolve 
todos os processos de uma organização, bem como está, 
 
diretamente, ligada à sua alta administração. Portanto, a 
governança possui códigos de conduta e, também, princípios. 
Sabemos que esses princípios pertencem ao que se convencionou 
chamar de 8 Ps da governança. Sobre esses 8 Ps, podemos afirmar 
que: 
 
I. A propriedade refere-se à busca pelo equilíbrio fundamental entre 
os múltiplos interesses, que surgem com a participação da empresa 
na sociedade, fato que está intimamente ligado ao princípio da 
responsabilidade corporativa, que ultrapassa a fronteira do lucro 
para um ambiente que seja percebido um ganho de valor 
sustentável; 
II. As pessoas são consideradas como elementos-chave de todo o 
processo de governança, pois, somente com a formação de relações 
interpessoais íntegras, que podemos mitigar os riscos inerentes aos 
processos de poder e decisão das organizações; 
III. A perpetuidade sempre foi o objetivo maior de uma organização, 
mantendo-se no mercado de forma atuante, e com o crescimento e 
o amadurecimento dos processos administrativos, e da participação 
no mercado. 
Resposta Selecionada: d. 
Os itens II e III estão corretos. 
Respostas: a. 
Os itens I e II estão corretos. 
 
b. 
Os itens I e III estão corretos. 
 
c. 
Somente o item I está correto. 
 
d. 
Os itens II e III estão corretos. 
 
e. 
Todos os itens estão corretos. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta: D 
Comentário: no item I, o “P”, que remete ao equilíbrio 
fundamental entre os interesses dentro de uma 
organização com a governança corporativa é 
o propósito. As pessoas, realmente, são peças-chave 
para que o processo possa ser implantado e gerido em 
uma empresa; assim, esta tem como objetivo a sua 
 
manutenção a longo prazo no mercado, buscando a 
perpetuidade.
Página12