A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Resumo- Enunciação e discurso

Pré-visualização | Página 1 de 1

Enunciação e discurso 
 
Enunciação Discurso 
Língua  Fala 
Enunciação 
 a língua em funcionamento por um ato 
individual de utilização; 
 enunciar = dizer 
 enunciado = dito 
 enunciador = aquele que diz 
 enunciação = ato de dizer 
De acordo com Benveniste, a enunciação é: 
1- Instância de mediação entre a língua e 
a fala; 
2- Instância do ego, hic, nunc 
Eu (ego) = pessoa 
Aqui (hic) = espaço 
Agora (nunc) = tempo 
 são chamados de dêiticos  indicador, 
aqueles que indicam a pessoa, o espaço 
e o tempo da ENUNCIAÇÃO; 
3- Instância logicamente pressuposta pelo 
enunciado 
ENUNCIAÇÃO 
 
Estão em jogo os SENTIDOS 
(ideologias, estruturas linguísticas, os 
atores envolvidos, confiabilidade, 
intenção comunicativa, contexto...) 
 
 o enunciado não é neutro, seu 
conteúdo veicula determinadas 
posições, devido às esferas em que se 
realiza. 
 conjunto de enunciados. 
 quando a enunciação, esse ato de 
dizer, expressa a maneira de pensar e 
de agir de uma pessoa ou de um grupo 
= DISCURSO  corrente de 
pensamento que dialoga com a 
sociedade; 
 discurso político, religioso, 
pedagógico, psicológico... 
Texto x discurso 
Texto  materialização do enunciado; 
é um todo organizado a produzir 
sentidos para a comunicação  um 
ponto de partida para a existência do 
discurso. 
Discurso  intenção do produtor do 
texto; 
 uma atividade comunicativa 
manifestada por meio de textos; 
 a palavra em movimento; 
 lugar de construção do sentido do 
texto; 
 materializa o modo de ver o mundo 
das diferentes classes sociais com 
seus interesses e objetivos, que são 
manifestados através da escolha de 
seus vocabulários e estrutura 
gramatical... 
 
 
Highlight
Highlight

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.