A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
2- TERMOLOGIA- TERMOMETRIA, CALORIMETRIA - PROF

Pré-visualização | Página 1 de 2

(
FÍSICA
:
REVISÃO 
2
PROFESSOR
: 
DJAVAN PAIXÃO
)
	
TERMOLOGIA, CALORIMETRIA
1 – (PUC- RS – 2020) Um gás ideal está sob temperatura T, volume V e pressão 100 kPa.
Reduzindo-se a pressão para 20 kPa e mantendo-se a temperatura constante, o volume do gás passará a ser
a) (1/5) V b) (1/2) V c) 2 V d) 5 V
Resolução 
100*1/1 = 20v/1
100/1 = 20x/1
20v = 100
v = 100/20
v = 5
2 – (UNICAMP – 2020) Balões de Mylar metalizados são bastante comuns em festas, sendo comercializados em lojas e parques. Ascendem na atmosfera quando preenchidos com gás hélio e só murcham definitivamente se apresentarem algum vazamento. Imagine que um cliente tenha comprado um desses balões e, após sair da loja, retorna para reclamar, dizendo: “não bastasse a noite fria que está lá fora, ainda tenho que voltar para trocar o balão com defeito”. O vendedor da loja, depois de conversar um pouco com o cliente, sugere não trocá-lo e afirma que o balão está
a) como saiu da loja; garante que estará normal na casa do cliente, pois as moléculas do gás irão aumentar de tamanho, voltando ao normal num ambiente mais quente.
b) como saiu da loja; garante que não há vazamento e que o balão estará normal na casa do cliente, considerando que o gás irá se expandir num ambiente mais quente.
c) murcho; propõe enchê-lo com ar, pois o balão é menos permeável ao ar, o que garantirá que ele não irá murchar lá fora e, na casa do cliente, irá se comportar como se estivesse cheio com hélio. 
d) murcho; propõe enchê-lo novamente com hélio e garante que o balão não voltará a murchar quando for retirado da loja, mantendo o formato na casa do cliente.
Resolução B
3 – (CESMAC 2° Dia Medicina 2020/1) O volume máximo de ar que o pulmão de um indivíduo adolescente pode receber em uma inspiração forçada é 4,0 L. Supondo que o ar pode ser considerado como um gás ideal e que, quando inspiramos, a pressão máxima interna no pulmão é aproximadamente igual à pressão atmosférica à temperatura de 27 °C, calcule o número máximo de moles de ar que inspiramos por vez em uma inspiração forçada. Dados: para efeito de cálculo, considere a pressão atmosférica 1,0 atm = 105 Pa = 105 N/m2 e a constante dos gases ideais R = 8,0 J/(mol·K); 1 L = 10−3 m3 .
a) 1 b) 1/2  c) 1/4 d) 1/6   e) 1/8
Resolução
PV= n.R. T 
10^5 . 4X10^-3 = n. 8. 300
4X10^2 = 2400n
2400n = 400
n= 400/2400 = 1/6
4 – (UNIFENAS – 2019) Considerando o primeiro princípio da termodinâmica, um gás sofre uma expansão isobárica, realizando o trabalho de 350 Joules. Contudo, o calor recebido pelo sistema gasoso foi de 200 calorias. Assim, qual foi a variação da energia interna? Adote 1 caloria igual a 4 joules.
a) 450 J.  b) 400 J.  c) 350 J.  d) 250 J. e) 250 J.
Resolução A
1 caloria - 4 joules 
200 cal = 800 joules 
Variação de energia interna = Q- W 
800 - 350
= 450 Joules
5 – (FUVEST – 2019) Uma postagem de humor na internet trazia como título “Provas de que gatos são líquidos” e usava, como essas provas, fotos reais de gatos, como as reproduzidas aqui. 
O efeito de humor causado na associação do título com as fotos baseia‐se no fato de que líquidos 
Note e adote: Considere temperatura e pressão ambientes.
a) metálicos, em repouso, formam uma superfície refletora de luz, como os pelos dos gatos. 
b) têm volume constante e forma variável, propriedade que os gatos aparentam ter. 
c) moleculares são muito viscosos, como aparentam ser os gatos em repouso. 
d) são muito compressíveis, mantendo forma mas ajustando o volume ao do recipiente, como os gatos aparentam ser. 
e) moleculares são voláteis, necessitando estocagem em recipientes fechados, como os gatos aparentam ser. 
Resolução B
6 – (FAMERP – 2019) Na ponte Rio-Niterói há aberturas, chamadas juntas de dilatação, que têm a função de acomodar a movimentação das estruturas devido às variações de temperatura.
De acordo com a empresa que administra a ponte, no trecho sobre a Baía de Guanabara as juntas de dilatação existem a cada 400 m, com cerca de 12 cm de abertura quando a temperatura está a 25 ºC.
Sabendo que o coeficiente de dilatação linear do material que compõe a estrutura da ponte é 1,2 × 10–5 ºC–1, a máxima temperatura que o trecho da ponte sobre a Baía de Guanabara pode atingir, sem que suas partes se comprimam umas contra as outras, é
a) 70 ºC.  b) 65 ºC.  c) 55 ºC.  d) 50 ºC.  e) 45 ºC.
Resolução D
ΔL = 12 cm = 1,2 . 10–1m
L0 = 400 m = 4,00 . 102 m
α = 1,2 . 10–5 °C–1
A dilatação térmica é dada por:
ΔL = L0 . α . Δθ
1,2 . 10–1 = 4,00 . 102 . 1,2 . 10–5 . (θf – 25)
θf – 25 = (1,2 . 10–1)/(4,00 . 102 . 1,2 . 10–5)
θf – 25 = 25
θf = 50ºC
7 - (UERR – 2019) Num processo isotérmico, três mol de um gás ideal a uma pressão de 40N/m² e volume de 0,5m³ se expande alcançando um volume final de 2m³. A pressão do gás ao final do processo é:
a) 40N/m²  b) 20N/m² 
c) 0,5N/m²  d) 2,0N/m²  e) 10N/m²
Resolução E 
P. V = P1. V1
40. 0,5 = P1. 2
20 = 2P1
P1= 20/2 = 10 N/m^2
8 – (ENEM – 2019) Dois amigos se encontram em um posto de gasolina para calibrar os pneus de suas bicicletas. Uma das bicicletas é de corrida (bicicleta A) e a outra, de passeio (bicicleta B). Os pneus de ambas as bicicletas têm as mesmas características, exceto que a largura dos pneus de A é menor que a largura dos pneus de B. Ao calibrarem os pneus das bicicletas A e B, respectivamente com pressões de calibração pA e pB. Os amigos observam que o pneu da bicicleta A deforma, sob mesmos esforços, muito menos que o pneu da bicicleta B. Pode-se considerar que as massas de ar comprimido no pneu da bicicleta A, mA, e no pneu da bicicleta B, mB, são diretamente proporcionais aos seus volumes.
Comparando as pressões e massas de ar comprimido nos pneus das bicicletas, temos:
a) pA < pB e mA < mB b) pA > pB e mA < mB
c) pA > pB e mA = mB d) pA < pB e mA = mB
e) pA > pB e mA > mB
Resolução B
9 – (UEMA – 2019) Leia o texto a seguir para responder à questão.
     Em física, podemos dizer que dilatação térmica é o aumento das dimensões do corpo a partir do aumento da temperatura. Ocorre com quase todos os materiais, no estado sólido, líquido ou gasoso. Dizemos que a dilatação do corpo está relacionada à agitação térmica das moléculas que compõem o corpo, pois sabemos que, quanto mais quente estiver o corpo, maior será a agitação térmica de suas moléculas.
    Estamos rodeados de alumínio em nosso dia a dia: em construções, barcos, aviões e automóveis, aparelhos domésticos, embalagens, computadores, telefones celulares e recipientes para alimentos e para bebidas.
    O alumínio continuará a ser um metal importante para o futuro, devido à sua resistência, a leveza e ao potencial de reciclagem.
    Você sabia...Os telhados de alumínio refletem 45 % dos raios solares? Dessa forma, a temperatura de um sótão pode ser mantida baixa e menos energia é consumida para manter a casa refrigerada no verão.
Fonte: https://www.hydro.com/pt-BR/a-hydro-no-brasil/Sobre-o-aluminio/Aluminio-no-dia-a-dia/Aluminio-na-construcao-civil
No distrito industrial de São Luis, o telhado de um galpão foi construído com chapas de alumínio/lisas com as seguintes dimensões: comprimento de 2000 mm x largura de 1000 mm x espessura 4 mm. Sabe-se que o coeficiente de dilatação térmica linear do alumínio é de aAl, = 2,2 x 10-5 ºC-1. Desconsidere a espessura desta chapa.
Um dia em que a variação de temperatura for de 10 ºC, a dilatação da área dessa chapa, em metro quadrado (m2), será igual a
a) 880 b) 440 c) 440 x 10-6 
d) 220 x 10-6 e)880 x 10-6
Resolução E 
A=Ai×B×T
A=Ai×(2×a)×T
A=(2000mm×1000mm)×(2x2,2x10^-5)×10
A=(2m×1m)×(4,4×10^-5)×10
A=2(metros quadrados)×4,4×10^-4
A=8,8×10^-4
A=880×10^-6
10 - (URCA – 2019) A moto é um meio de transporte cada vez mais preferível pela população da região do cariri cearense (apesar de seus riscos), principalmente por ser considerada mais econômica em ralação ao consumo de combustíveis fósseis como a gasolina. Em relação à explicação científica no campo da Termodinâmica sobre o funcionamento de um motor de combustão interna da moto

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.