A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Defeitos da parede abdominal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Definição Etiologia
Tratamento
Diagnóstico
Gastrosquise
Apenas intestino, não há herniação
Defeito que ocorre à direita do 
Alças intestinais expostas por uma falha da
mesoderme para se formar na parede abdominal
anterior
 de outras estruturas.
 umbigo.
É urgente.
Tabaco.
Exposições ambientais.
Idade materna baixa.
Baixo nível socioeconômico.
Possíveis fatores causais:
Alças intestinais flutuando
livremente no líquido amniótico.
Defeito na parede abdominal à
direita do cordão umbilical.
USG 20° semana de gestação
Embrulhar bebê em plástico com a cabeça para fora: Evitar perda significativa de água por evaporação: A cavidade abdominal está aberta, o
intestino exposto (favorecimento de perda de água, infecção.
Acesso intravenoso adequada: nutrição, reposição volêmica
SOG (evitar distensão)
Cirurgia
Retornar vísceras para cavidade abdominal.
Pressão intra-abdominal elevada: quanto mais tempo demorar para fazer a cirurgia mais ifícil é retornar a alça para a cavidade abdominal
podendo causar uma hipertensão intra abdominal 
1.
2.
3.
4.
 a. Fechamento primário se vísceras não edemaciadas e espaço para que elas voltem à cavidade abdominal.
 b. Fechamento retardado quando há víscera edemaciadas e não há espaço na cavidade abdominal: Colocação de silo / Reduções seriadas.
Cuidados pós
operatórios:
Edema e empastamento de MMII
Oligúria
Dificuldade respiratória
Sugerem hipertensão abdominal.
- Jejum
- SOG
- Dieta parenteral
- Alimentação enteral quando retorno da função
intestinal
- Sugerem hipertensão abdominal
Definição Epidemiologia
Tratamento
Onfalocele
Falha das vísceras em retornar à cavidade
abdominal. 
Herniação de intestino e fígado que possui presença
de um saco envolvendo-os.
Possui anomalias associadas (frequentemente).
1: 4000 a 6000 NV
Diagnóstico
USG com 18 semanas de gestação.
Cobertura impermeável do RN (evitar perda
de calor e líquido)
SOG: sonda orogástrica.
Rastrear anomalias associadas
Ecocardiograma.
USG abdominal (anomalias renais)
1.
2.
3.
Defeito menor 1,5 = hérnia de cordão: Pode ser reparado logo ao nascimento
Defeitos medianos: Cuidado quando fígado esta herniado pois adere à membrana, risco de
sangramentos significativos.
Defeitos grandes: 
Fechamento primário; 
Fechamento estagiado: silo; 
Escarificação;
Utilização de fármacos que estimulam o crescimento de pele.
Substâncias usadas: Sulfadiazina de prata / PVPI / Curativo impregnado com prata / Neomicina /
Pomadas de polimixina/bacitracina.
Cirurgia: Fechamento depende do tamanho do defeito
1.
2.
3.
Escarificação: Epitelização ao longo do tempo (4 a 10 semanas):