Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Resumo de colocação pronominal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Resumo sobre colocação
pronominal
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
Existem três colocações pronominais possíveis¹:
Não me abandone. Deixe-me em paz! Far-se-ão pesquisas!
PRÓCLISE
antes do verbo
ÊNCLISE
depois do verbo
MESÓCLISE
no meio do verbo
PRINCÍPIOS BÁSICOS:
1) A ênclise e a mesóclise são mutuamente excludentes. A
mesóclise só se aplica a verbos no futuro do presente ou no
futuro do pretérito do indicativo. A ênclise se aplica a qualquer
forma verbal, exceto àquelas que estejam no futuro do presente
ou no futuro do pretérito do indicativo.
2) O particípio sempre rejeitará tanto a ênclise quanto a
mesóclise. O particípio só aceita próclise. 
NÃO PODE:
Ele quer-me-ia. Ele falaria-me! Ele tinha contado-me.
Mesóclise com
verbo no
pretérito
Ênclise com
verbo no futuro
do presente
Ênclise com verbo
no particípio
Me diga o que está acontecendo. [Errado]
 
Diga-me o que está acontecendo. [Certo]
Resumo sobre colocação
pronominal
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
CASOS DE PRÓCLISE PROIBIDA (ou seja, você deverá usar
ênclise ou mesóclise, dependendo do tempo do verbo):
1) Em início de oração:
2) Após pausa marcada (vírgula, travessão, etc.):
Quando ele chegou, se apagaram as luzes. [Errado]
 
Quando ele chegou, apagaram-se as luzes. [Certo]
Exceção: Quando a pausa for resultado de intercalação de
termo, a colocação pronominal é facultativa.
Paulo, meu professor, se chateou comigo. [Certo]
 
Paulo, meu professor, chateou-se comigo. [Certo]
CASOS DE PRÓCLISE OBRIGATÓRIA (ou seja, a ênclise ou a
mesóclise não é permitida):
1) Quando antes do verbo há uma palavra atrativa.
Resumo sobre colocação
pronominal
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
Palavra negativa: não, nunca, jamais, ninguém, nenhum...
Advérbio (sem vírgula): hoje, ontem, amanhã, atualmente...
Pronome indefinido: outro, demais, pouco, alguém...
Pronome interrogativo: que, quem, quanto, qual...
Ele não me deixou sair. [Certo]
 
Ele não deixou-me sair. [Errado]
Hoje se viam muitas aves. [Certo]
 
Hoje viam-se muitas aves.² [Errado]
Alguém me mostrou o problema. [Certo]
 
Alguém mostrou-me o problema. [Errado]
Quem se foi cedo ontem? [Certo]
 
Quem foi-se cedo ontem? [Errado]
2) Quando o verbo está dentro de uma oração subordinada não
reduzida.
Resumo sobre colocação
pronominal
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
Ele disse que o menino se sentiu mal. [Certo]
 
Ele disse que o menino sentiu-se mal. [Errado]
O problema que eu lhe falei é urgente. [Certo]
 
O problema que eu falei-lhe é urgente. [Errado]
oração subordinada substantiva
objetiva direta
oração subordinada adjetiva
restritiva
Quando ele me viu, ficou assustado. [Certo]
 
Quando ele viu-me, ficou assustado. [Errado]
oração subordinada adverbial
temporal
NOTAS:
¹ Existe, ainda, uma quarta colocação, pouquíssimo frequente
no português atual, mas ainda relatada por alguns gramáticos: é
a apossínclise. Ela acontece quando o pronome oblíquo átono
fica numa posição anterior à proclítica, geralmente quando o
verbo é antecedido pelo advérbio não.
² Quando o advérbio, no começo da frase, está separado por
vírgula, vale a segunda regra de proibição da próclise: não se faz
próclise após pausa marcada. Nesse caso, faz-se ênclise ou
mesóclise.
Resumo sobre colocação
pronominal
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
Hoje, se viam muitas aves. [Errado]
 
Hoje, viam-se muitas aves. [Certo]
Isso me não deixa alegre.