A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
ÍNDICE DE VANTAGEM COMPARATIVA REVELADA E REVELADA SIMÉTRICA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Índices de Vantagem Comparativa Revelada (VCR) e 
Índices de Vantagem Comparativa Revelada 
Simétrica(VCRS) 
ARGENTINA 
Universidade Federal do Amazonas Faculdade de Estudos 
Sociais Departamento de Economia e Análise Ciências 
Econômicas 
 
Disciplinade Economia Internacional 
Professor Doutor Mauro Thury de 
Vieira Sá 
 
Aluno(a): Adwair da Silva Guimaraes 
Matrícula: 21852512 
Tabela 1: exportação de mercadorias da Argentina para o mundo Tabela 2: exportação de mercadorias do mundo 
Exportação da Balança Comercial da Argentina e do Mundo 
5 Grupos de Mercadorias 
Legendas: 
 
HI – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de alta intensidade tecnológica 
IH – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de média-alta intensidade 
tecnológica 
IL – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de média-baixa intensidade 
tecnológica 
LO – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de baixa intensidade 
tecnológica 
NM – Produtos não-faturados 
TT – Total das Exportações 
Ano 
HI IH IL LO NM TT 
1977 113,7428 592,9098 226,8675 2404,644 2737,411 6075,575 
1997 580,1492 5114,942 3157,311 9801,168 8366,295 27019,86 
2017 1505,658 11725,76 6798,814 22931,6 16497,12 59458,96 
Ano 
HI IH IL LO NM TT 
1977 91107 293966,9 225839,2 184834,4 359207,4 1154955 
1997 1067088 1651398 968357,2 936210,1 813716,8 5436771 
2017 3436562 4957303 3498652 2285893 2748203 16926613 
A análise dos Índices de Vantagem Comparativa serve para 
verificar o desempenho das exportações de um determinado 
produto de um país, em uma categoria de produtos individuais, 
para verificar se esse possui ou não vantagem comparativa 
naquele setor. Sendo assim, para identificar se houve ou não 
vantagem comparativa temos os seguintes critérios: 
 
VCR < 1 o país tem desvantagem comparativa. 
VCR > 1 o país tem vantagem comparativa. 
Observando tais critérios, analisaremos se as exportações das 
mercadorias da Argentina tem ou não vantagem comparativa 
em seus determinados setores. 
Análise dos Índices de Vantagem Comparativa 
Revelada da Argentina 
Tabela 3: Resultado de VCR das exportação de mercadorias da Argentina 
para o mundo 
Como base na tabela 3, é possível observar que o HI tem um decrescimento e em nenhum ano possui vantagem comparativa. 
Em relação ao bens IH, há um aumento em 1997 em relação à data anterior e esse aumento continua em 2017, mas mesmo o 
IH tendo uma crescente, em nenhum ano o mesmo teve vantagem comparativa. Os bens IL dão um salto de 1977 para 1997 e 
apresentam uma queda em 2017, mas o IL também não apresentou Vantagem Comparativa Revelada em nenhum ano 
analisado. Os bens LO são os bens que possuem os maiores números do índice de vantagem comparativa da Argenina, 
apresentando em todos os anos vantagem comparativa, em 1997 há uma queda, mas em 2017 há um aumento, que é o maior 
número entre as datas analisadas. E por último temos os Produtos não-Faturados, NM, que possuem vantagem comparativa em 
todas as datas analisadas, tendo uma oscilação nas datas, com um aumento no ano de 1997 e uma queda no ano de 2017. 
 Podemos concluir que os produtos de baixa ou média-baixa tecnologia são os que possuem as melhores vantagens 
comparativas, enquanto que os de média-alta ou alta intensidade tecnológica estão em desvantagem comparativa. 
 1977 1997 2017 
 VCR VCR VCR 
HI 0,237328 0,109395 0,124725 
IH 0,383414 0,623228 0,673362 
IL 0,190964 0,656054 0,553204 
LO 2,473122 2,106504 2,855822 
NM 1,44868 2,068796 1,708882 
Neste índice, o objetivo é demonstrar a participação de determinado 
produto no total das exportações do país em relação à parcela das 
exportações mundiais deste mesmo produto. Para a análise, leva-se em 
consideração os seguintes pontos: 
No intervalo de -1 a 0, não se constata vantagem comparativa, ou seja, a 
região toda possui desvantagem na exportação de determinado produto. 
No intervalo de 0 a +1, é constatado vantagem comparativa, ou seja, a 
região toda possui vantagem na exportação de determinado produto. 
A partir desses pressupostos, analisaremos os VCRS das exportações das 
mercadorias da Argentina para o Mundo. 
1985 1995 2005 2015 
VCRS VCRS VCRS VCRS 
HI 0,191965 0,099095 0,064911 0,040517 
IH 0,13377 0,080377 0,106761 0,102656 
IL -0,24819 -0,15557 -0,11965 -0,08076 
LO -0,12327 -0,09993 -0,09042 -0,16917 
NM -0,05386 -0,04274 -0,09851 -0,04251 
Análise dos Índices de Vantagem Comparativa 
Revelada Simétrica da Argentina 
Tabela 4: Resultado de VCRS das exportação de mercadorias da 
Argentina para o mundo 
Analisando os VCRS dos Bens de exportação da AArgentina na Tabela 4, obtém-se que os Bens HI apresentam uma oscilação, 
com um crescimento do ano de 1997, e posteriormente com queda no ano de 2017, podemos observar que em todos os anos 
analisados tivemos um cenário de desvantagem comparativa. Sendo assim, os bens de alta intensidade tecnológica obtiveram 
desvantagem na exportação nos últimos anos. Os Bens IH apresentam um cenário de oscilação, tendo uma queda em 1997 e 
novamente queda em 2017, o que podemos observar é que, assim como os bens IH, em todos os anos analisados não há vantagem 
comparativa. Seguindo o mesmo caminho, os bens IL estiveram em cenário de desvantagem comparativa em todos os anos 
analisados, apresentando um cenário de oscilação. Por outro lado,os Bens LO, tiveram vantagem comparativa em todos os anos 
analisados, apresentando um decrescimento em 1997 e um crescimento no último ano analisado. E por último, os produtos não-
manufaturados, NM, que também apresentam vantagem comparativa em todos os anos analisados, apresentando um cenário de 
oscilação com crescimento em 1997 e queda no último ano analisado. 
 1977 1997 2017 
 VCRS VCRS VCRS 
HI -0,61639 -0,80278 -0,77821 
IH -0,4457 -0,23211 -0,1952 
IL -0,67931 -0,20769 -0,28766 
LO 0,424149 0,35619 0,481304 
NM 0,183233 0,348279 0,261688 
Nas exportações de mercadorias da para o Mundo, os que possuem melhores vantagens comparativas, tanto 
VCR quanto VCRS, são os Bens: 
 
• LO – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de baixa intensidade tecnológica 
• NM – Produtos não-faturados 
 
Seus resultados, quando comparados aos demais, indicam que suas exportações trazem mais vantagem para o 
país. 
 
 Quanto aos Bens: 
 
• HI – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de alta intensidade tecnológica 
• IH – Bens típicos da indústria de transformação (manufaturados) de média-alta intensidade tecnológica 
 
Ambos não apresentam resultados que sejam vantajosos para a Argentina, em todos os anos se mantiveram em 
desvantagem comparativa. Em virtude de tudo que foi apresentado, podemos concluir que os resultados 
Argentina n ã o s ã o t ã o b o n s a s s i m , visto que suas exportações são mais vantajosas com Bens de 
Baixa Intensidade Tecnológica, ou Média-Baixa. 
Conclusões sobre os Índices de Vantagem Comparativa Revelada e Simétrica

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.