Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
0relacionamento social - Lincon

Pré-visualização | Página 1 de 1

Relacionamento Social
A forma com que o indivíduo se relaciona consigo mesmo, com a natureza e com a sociedade à sua volta, pode ser fator condicionante à incidência ou não de doenças crônicas, uma vez que a qualidade de vida e o bem-estar dependem dessas inter-relações de sentimentos. 
Partindo desse raciocínio, pessoas que costumam ser hostis, cínicas ou com excesso de individualismo apresentam fortes indícios de risco para eventos cardíacos, como o infarto do miocárdio assim como pessoas que sentem isoladas são levadas ao stress cronico, por outro lado um bom convívio em sociedade, um bom relacionamento socioambiental age no indivíduo como um remédio preventivo, porém não erradicante, às doenças crônico-degenerativas. Tendo o indivíduo o começo de sua vida social na escola, deve-se atentar aos detalhes desses relacionamentos e expô-lo às diversas situações que a sociedade determina, para que aprenda a lidar com conflitos interpessoais e resolvê-los sem que se perca o espírito do coletivo, do apoio do colega e ao colega, e proporcionando problemas através dos jogos e das brincadeiras que fazem parte do conteúdo das aulas de Educação Física, para que em conjunto aprendam a solucioná-los e conviver em harmonia. Sendo que isso é trabalhado principalmente nos esportes coletivos (Futebol, Basquetebol, Handebol, etc) que já trazem no nome a importância do trabalho em equipe, pois nos esportes as crianças lidam com as suas dificuldades as dificuldades dos colegas e suas frustrações, expectativas e euforias, e ao mesmo tempo aprendem os valores morais que cada uma dessas praticas exige, e é neste ponto que age o professor como mediador das estruturas e ferramentas para essa iniciação.