A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Patololgia Médica - Bexiga, Ureter e neoplasias

Pré-visualização | Página 2 de 2

marrom, com cicatriz central cinzenta, com focos 
de hemorragia. 
→ Na microscopia vemos celular cuboides uniformes e 
acidófilas e com citoplasma glandular. 
 
 
 
Angiomiolipoma 
→ São raros, possuem associação com esclerose 
tuberculosa, predominantemente nas mulheres. 
→ Acomete pessoas entre 40 e 55 anos. 
→ Na macroscopia vemos nódulos únicos ou múltiplos. 
Possuem cor amarelada, podem ter hemorragia frequente e 
são lobulados. 
→ Na microscopia vemos um misto de tecido adiposo, 
vasos sanguíneos e células musculares lisas. 
 
 
Carcinoma de Células Renais 
→ 1 a 3% das malignas e 75 a 80% das renais em adultos. 
→ Acomete mais homens entre 50 e 70 anos. 
→ É assintomático durante muito tempo e seus sintomas 
só aparecem quando em estádio avançado, apresentando 
hematúria, dor e massa palpável. 
 ↪ Podem ocorrer sintomas inespecíficos como 
febre, fadiga, perda de peso, HAS, ginecomastia, 
hepatoesplenomegalia e distúrbios digestivos e 
neuromusculares. 
→ Apresentam alterações hematológicas, de enzimas 
hepáticas e hormonais. 
→ Possui como fatores de risco o tabagismo, HAS, 
obesidade, rim terminal, história familiar com herança 
autossômica dominantes e Von Hippel-Lindau. 
→ Ele pode ser bilateral ou multicêntrico, tamanho variado, 
esférico, cor amarelada ou branco acinzentada, com áreas 
de necroses e hemorragias. 
 
 
 
→ Na microscopia temos um carcinoma convencional de 
células claras com celular cuboides, com citoplasma claro e 
granular, limites citoplasmáticos bem definidos e 
crescimento acinar, alveolar, tubular, cistos e cordões. 
→ A graduação nuclear de Fuhrman tem impacto 
prognostico. 
 ↪ Presença de sarcomatoides indica grau 4. 
 
 
 
→ Carcinoma papilífero: apresenta pequenas células e 
basófilas ou grandes e acidófilas, cuboides ou poligonais que 
se dispõe em torno do eixo conjuntivo vascular formando 
papilas (edema e histiocitos). 
 
 
 
→ Carcinoma cromófobo: tem cor amarelo pálido ou 
marrom, possui celular eosinofílicas, citoplasma translucido 
ou acidófilo com halo claro em torno do núcleo, se dispõe 
em cordões sólidos, trabéculas e septos. 
 
 
 
 
→ A disseminação ocorre através da infiltração da capsula 
renal e tecido adiposo peri renal, com invasão vascular da 
veia renal e cava. 
 ↪ As metástases estão presentes em 25% dos 
diagnósticos em pulmões, ossos e fígados e, menos 
frequente, em cérebro, rim oposto. 
 
 
 
→ Pode ser estadiado em quatro: 
 ↪ I: até 7 cm confinado ao rim; 
 ↪ II: maior do que 7 confinado ao rim; 
 ↪ III: invade grandes veias e tecido peri renal ou 
linfonodo regional; 
 ↪ IV: invade diretamente tecidos peri renais e 
outros órgãos com metástase a distância. 
→ Quando apresenta manifestações clinicas, indica que está 
em estádio avançado, sendo que 50% apresenta 
metástases. 
→ O diagnóstico precoce através de TC, USG e RM feito 
por outros motivos, modifica o prognostico. 
→ Prognostico depende do tamanho, tipos de lesões, 
invasão da gordura peri renal.