Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Teste seus conhecimentos ANATOMIA RADIOLÓGICA E PATOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Teste seus conhecimentos – Anatomia Radiológica e Patologia 
	
	
	
		1.
		O posicionamento radiográfico é fundamental para uma boa aquisição de imagens. A correta posição entre fonte de energia, paciente e receptor de imagens favorece a formação de uma imagem nítida, sem artefatos e dentro dos tamanhos geométricos mais próximos do real. Dentre todas as etapas do posicionamento radiográfico, a maior parcela de erros ocorre no alinhamento do receptor com a área de interesse. Erros nesta etapa podem provocar a formação de imagens cortadas ou desalinhadas ao centro do receptor.
 
Baseando-se nessas informações, marque a alternativa que melhor responde à correta posição do receptor de imagem para radiografias de abdome:
	
	
	
	Receptor 35 x 43, posição longitudinal, borda superior na altura da articulação coxofemoral.
	
	
	Receptor 35 x 40, posição transversal, borda inferior na altura das cristas ilíacas.
	
	
	Receptor 35 x 35, posição transversal, borda inferior na altura da articulação coxofemoral.
	
	
	Receptor 35 x 43, posição longitudinal, borda superior na altura do 10º par de costelas.
	
	
	Receptor 15 x 40, posição longitudinal, borda inferior nas espinhas ilíacas anterossuperiores.
	Data Resp.: 30/03/2022 22:42:24
		Explicação:
A resposta correta é: Receptor 35 x 43, posição longitudinal, borda superior na altura do 10º par de costelas.
Como a estrutura é alta verticalmente, mas também pode ser mais larga, o ideal é utilizar um receptor de imagem (placa digital ou chassi) com tamanho 35 x 43 na posição longitudinal (retrato). Se utilizarmos na posição transversal, o comprimento fica curto e iremos cortar o maior eixo. A borda superior deve ser posicionada na altura do 10º par costal e, se posicionado corretamente, a borda inferior deve coincidir com a altura das cristas ilíacas.
	
	
	 
		
	
		2.
		Avalie as afirmações a seguir, a respeito da anatomia do intestino grosso:
 
I - A flexura esplênica é localizada no hipocôndrio direito abdominal.
II - Os cólons aparecem finos, escuros e menos frisados na colite ulcerativa.
III ¿ O próprio intestino grosso deve aparecer espalhado e sem níveis hidroaéreos com o paciente em pé.
 
Marque a opção que contenha apenas afirmações verdadeiras:
	
	
	
	III apenas
	
	
	I apenas
	
	
	I e II apenas
	
	
	I e III apenas
	
	
	II apenas
	Data Resp.: 30/03/2022 22:44:28
		Explicação:
A resposta correta é: II apenas
A flexura esplênica recebe esse nome em razão da proximidade com o baço (do inglês, spleen). Portanto, a flexura esplênica é localizada no hipocôndrio esquerdo. Em razão da força da gravidade, exames realizados no paciente em pé mostram as vísceras abdominais arriadas. Portanto, esta afirmação está incorreta. Logo, apenas a afirmação II é verdadeira.
 
	
	
	 
		
	
		3.
		Marque a opção que melhor representa as posições corretas para avaliar o esterno:
	
	
	
	Lateral e oblíqua, para remover sobreposição do esterno no plano da coluna torácica.
	
	
	Lateral e oblíqua, para remover sobreposição dos arcos costais sobre o corpo esternal.
	
	
	AP e oblíqua, para remover sobreposição do esterno no plano da coluna torácica.
	
	
	Lateral e PA, que projetam o esterno mais próximo ao receptor de imagem.
	
	
	AP e lateral, para haver certo grau de magnificação que melhore a visualização.
	Data Resp.: 30/03/2022 22:45:58
		Explicação:
A resposta certa é: Lateral e oblíqua, para remover sobreposição do esterno no plano da coluna torácica.
	
	
	 
		
	
		4.
		O esterno é um osso plano, localizado anteriormente no tórax. Além da função hematopoiética (produção de células sanguíneas), o esterno compõe o gradil costal, cuja função é proteger os pulmões, coração e vasos de base. Na caixa torácica, sua principal função é articular clavículas e arcos costais. Com base nessas informações, marque a opção que contenha apenas estruturas anatômicas presentes no esterno:
	
	
	
	Ângulo esternal, facetas costais, corpo e manúbrio
	
	
	Corpo, processo xifoide, ângulo costal e manúbrio
	
	
	Processo xifoide, corpo, processos transversos e manúbrio
	
	
	Manúbrio, corpo, processo odontoide e ângulo esternal
	
	
	Corpo, processo xifoide, ângulo esternal e manúbrio
	Data Resp.: 30/03/2022 22:47:17
		Explicação:
A resposta certa é: Corpo, processo xifoide, ângulo esternal e manúbrio
	
	
	 
		
	
		5.
		Observe a radiografia a seguir e responda o que se pede:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bamboo_spine_ankylosing_spondylitis.jpg
É uma lesão caracterizada pelo aumento da radiopacidade entre as vértebras com formação de sindesmófitos paravertebrais. Com base na descrição e na análise da imagem, qual o nome da patologia demonstrada?
	
	
	
	Espondilólise.
	
	
	Espondilite anquilosante.
	
	
	Escoliose moderada (40°).
	
	
	Espondilolistese, grau II.
	
	
	Síndrome de Bertolotti.
	Data Resp.: 30/03/2022 22:48:59
		Explicação:
Aumento da radiopacidade intervertebral e paravertebral, com aspecto de "coluna em bambu" caracteriza processo de anquilose, típico em espondilite anquilosante.
	
	
	 
		
	
		6.
		Observe a imagem abaixo e responda ao que se pede.
 
Em que osso(s) facial (is) é possível identificar foco maior de sinusite neste paciente?
	
	
	
	Frontal.
	
	
	Maxilar esquerdo e frontal.
	
	
	Maxilar direito e frontal.
	
	
	Maxilar esquerdo.
	
	
	Maxilar direito.
	Data Resp.: 30/03/2022 22:50:06
		Explicação:
Em exames radiográficos, observamos a imagem por espelhamento. Em outras palavras, estruturas à esquerda na imagem estão localizadas à direita do paciente. Portanto, como o frontal não é um osso facial (faz parte do crânio), o maxilar direito é a cavidade sinusal que concentra maior quantidade de secreção.
	
	
	 
		
	
		7.
		Qual lesão é radiograficamente caracterizada pela redução dos espaços articulares, esclerose das bordas articulares e degeneração das superfícies ósseas, visível como uma falta de nitidez entre os ossos com aumento da radiopacidade dentro dos espaços articulares?
	
	
	
	Osteoporose
	
	
	Osteomalácia
	
	
	Osteoartrite
	
	
	Osteopetrose
	
	
	Osteocondroma
	Data Resp.: 30/03/2022 22:52:13
		Explicação:
Comentário: O enunciado descreve um caso de osteoartrite. O principal aspecto encontrado em radiografias articulares é a redução do espaço articular. Em casos mais avançados são observadas as erosões nas epífises. Quando a infecção está em fase aguda, o espaço articular fica mais opaco, indicando a presença de edemas de partes moles e irritação intra-articular.
	
	
	 
		
	
		8.
		A maioria dos problemas de formação óssea ocorre por deficiência de vitamina D na dieta e nos hábitos de vida do indivíduo. Na exposição ao sol ou na ingestão de leite, ovos, salmão e sardinha, o corpo absorve a porção de vitamina D necessária para manter um metabolismo normal. Quando há desequilíbrio nessa relação, pode ocorrer o desenvolvimento de raquitismo ou osteomalácia.
Com base neste enunciado, qual das opções a seguir melhor representa o raquitismo:
	
	
	
	Doença em adultos que causa o amolecimento da matriz óssea e a deformação do córtex ósseo.
	
	
	Doença infantil causada pelo aumento dos níveis séricos de potássio.
	
	
	Doença infantil que provoca o arqueamento de ossos longos e o atraso no crescimento ósseo.
	
	
	Doença juvenil provocada por consumo excessivo de antibióticos e corticoides.
	
	
	Doença em adultos causada pelo consumo excessivo de álcool.
	Data Resp.: 30/03/2022 22:53:50
		Explicação:
O raquitismo ocorre pela deficiência de vitamina D em crianças, provocando atraso no crescimento e alterações na formação dos ossos. Em alguns casos, pode ocorrer o arqueamento dos membros inferiores e até mesmo a deformação total dos membros inferiores.
	
	
	 
		
	
		9.
		Após uma lesão, traumática ou não, o metabolismo reage imediatamente na tentativa de sequestrar
Página12