Buscar

Sistema Respiratório

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Definição: Conjunto de órgãos responsáveis 
pelo transporte de ar entre o meio externo 
e os pulmões. 
Função: 
➢ Respiração 
➢ Inspiração: absorção de O2 
➢ Condução e hematose (troca de gases 
com o sangue) 
➢ Expiração: eliminação de CO2 
➢ Exalação de vapor de água; 
➢ Olfação; 
➢ Fonação; 
➢ Defesa do organismo; 
➢ Perda de calor; 
➢ Eliminação de resíduos do 
metabolismo. 
Divisão Estrutural 
 
Divisão Funcional 
 Todas as cavidades que transportam 
gases para os alvéolos pulmonar
es. 
 Alvéolos pulmonares (unidades 
respiratórias- onde ocorrem trocas 
gasosas). 
Parte condutora: 
• Nariz 
• Faringe 
• Laringe 
• Traqueia 
• Árvore bronquial 
Parte respiratória: 
• Pulmões e Alvéolos 
Divisão: 
❖ Nariz externo 
❖ Cavidade nasal 
❖ Seios paranasais (cavidades ao lado do 
nariz) 
Função: filtrar, aquecer e umidificar o ar; 
olfação 
Morfologia: 
➢ Localiza-se no plano mediano da face; 
➢ Formato piramidal; 
Dorso: 
Extremidade superior- raiz 
Extremidade inferior – ápice 
Faces laterais: 
Asa do nariz 
Base: Narinas 
Septo nasal 
 
O formato do dorso do nariz e das narinas é 
variável nos grupos étnicos 
 
 
Cavidade Nasal 
Ela é dividida em dois lados, direita e 
esquerda, que não se comunicam entre si. 
Comunicações: 
Meio externo → Narinas 
Parte nasal da faringe → Cóanos 
Divisão: Septo nasal 
 
 
Septo nasal ou parede medial: 
Lâmina perpendicular do etmoide, vômer e 
cartilagem do septo; 
 
Assoalho: 
Processo palatino da maxila, lâmina 
horizontal do palatino e palato mole. 
 
Teto: 
Osso nasal, espinha nasal do osso frontal, 
lâmina cribriforme do osso etmoide; 
 
Parede lateral: Osso maxila, etmoide 
(conchas nasais superior e média), concha 
nasal inferior, lâmina perpendicular do 
palatino. 
 
 
Osso etmoide – papel fundamental 
Teto da cavidade nasal 
➢ Lâmina cribriforme do etmoide 
(forames da lâmina cribriforme) 
Lateral 
➢ Labirintos (seios) etmoidais (células 
etmoidais) 
➢ Conchas nasais 
Medial 
➢ Lâmina perpendicular do osso 
etmoide 
Regiões da cavidade nasal 
1) Vestíbulo (contém as vibrissas, que são 
os pelos do nariz) 
2) Respiratória 
3) Olfatória 
 
Seios Paranasais 
Espaços aéreos em ossos do crânio: maxilar, 
frontal, esfenoide e etmoide (células etmoidais); 
Ossos pneumáticos:Tem cavidades que são 
revestidas por mucosa e preenchidos por ar 
Funções: 
 Podem ajudar a aquecer e umedecer o 
ar inspirado; 
 Um pouco responsáveis pela 
ressonância do som; 
 Diminuem o peso do osso enquanto 
fornecem resistência estrutural. 
 
 
Seios Frontais: 
➢ Formato piramidal; 
➢ Drenam para a parede lateral do 
meato nasal médio; 
Células Etmoidais 
➢ Conjunto de câmaras de ar individuais; 
➢ Meato nasal médio: células etmoidais 
anteriores e médias 
➢ Meato nasal superior: células 
etmoidais posteriores 
Meato sempre fica abaixo da concha 
Seios Maxilares 
Maiores, com formato piramidal 
Seios Esfenoidais 
Um de cada lado do corpo do esfenoide 
 
 
 
 
Parede Lateral Conchas nasais 
delimitam os meatos 
Recesso esfenoetmoidal 
Abertura do seio esfenoidal 
Meato nasal superior 
Abertura das células etmoidais posteriores 
Meato nasal médio 
Bolha Etmoidal – Abertura das células 
etmoidais médias 
Hiato semilunar – Abertura dos seios maxilar 
e frontal 
Meato nasal inferior 
Abertura do ducto lacrimonasal 
 
 
Ducto Lacrimonasal 
As lágrimas produzidas pela glândula 
lacrimal, após banharem a conjuntiva ocular, 
devem chegar ao óstio das papilas lacrimais 
superior e inferior. Esses drenam as lágrimas 
ao saco lacrimal, que escoam para a cavidade 
nasal através do ducto lacrimonasal. 
É um tubo musculomembranáceo associado a 
dois sistemas: Respiratório e Digestório; 
➢ Trata-se de um canal comum a 
passagem de alimentos e ar inspirado. 
➢ Forma de funil, com 13 cm 
comprimento; 
➢ Se fixa à base do crânio e estende-se 
até o esôfago, ao nível de CVI. 
 
 
Parte nasal (nasofaringe) 
Parte oral (orofaringe) 
Parte Laríngea (Laringofaringe) 
Limites: 
 
Músculos constritores: 
• Superior 
• Médio 
• Inferior 
 
 
 
 
Óstio faríngeo da tuba auditiva: iguala a 
pressão do ar externo e da cavidade 
timpânica 
 
 
Definição: É um órgão tubular, situado no plano 
mediano e anterior do pescoço que, além de via 
aerífera é órgão da fonação. 
Comunicações: 
➢ Parte laríngea da faringe 
➢ Traqueia 
Situação: 
➢ Nível de CIII à CVI 
Constituição: 
➢ Cartilagens 
 
 
 
Cartilagem tireóidea; 
Lâminas 
 Direita 
 Esquerda 
Proeminência laríngea 
 Pomo de Adão 
Incisura tireóidea 
 Superior 
 Inferior 
Cornos 
 Superior 
 Inferior 
 
 
 
 
 
Cartilagens aritenoideas 
➢ Ponto de fixação para os ligamentos 
vocais 
➢ O movimento das cartilagens 
aritenoideas tensiona as pregas – 
produz o som. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
➢ Estrutura cilindroide 
➢ 2,5 cm x 12 cm comprimento 
➢ Estende-se do nível de CVI até TIV/TV, 
onde se bifurca nos brônquios 
principais 
➢ Formada por 16 a 20 aneis 
cartilagíneos hialinos incompletos – 
forma de C: cartilagens traqueais 
➢ Ligamentos anulares unem os anéis 
Posteriormente: 
➢ Parede membranácea da traqueia 
➢ Músculo traqueal 
➢ Carina da traqueia (internamente) 
➢ Esporão sagital na junção dos 2 
brônquios principais 
 
Árvore Bronquial 
BRÔNQUIO PRINCIPAL 
• Direito (quase continuação da traqueia): 
curto, mais calibroso e verticalizado; 
• Esquerdo: longo, menos calibroso e 
horizontalizado; 
BRÔNQUIOS LOBARES (2ª ordem) 
BRONQUIOS SEGMENTARES (3ª ordem) 
 
Bronquíolos: 
➢ Substituição gradual de cartilagens por 
músculo liso 
➢ Músculo liso pode constringir ou dilatar 
as vias aéreas 
➢ Proporcionam maior resistência para o 
fluxo de ar nas vias condutoras 
➢ Epitélio simples cúbico 
Unidade respiratória 
• bronquíolo respiratório 
• ducto alveolar 
• saco alveolar 
Pulmões 
➢ Órgãos respiratórios por excelência, 
contidos na cavidade pleural com cor 
rósea ao nascer. 
➢ Tornam-se manchados (pigmentados) 
principalmente na parte média e apical 
 
 
 
Hilo do pulmão: região na face mediastinal do 
pulmão onde as estruturas entram e saem. 
Raiz do pulmão: conjunto de estruturas que 
fixam o pulmão às estruturas no mediastino. 
 
Segmentos broncopulmonares 
Parte do lobo pulmonar aerada por um único 
brônquio segmentar (3ª ordem), que 
encontra-se delimitado por tecido conjuntivo 
proveniente da pleura visceral, que pode ser 
cirurgicamente retirado. 
Segmentação Pulmonar: Pulmão Direito (10 
S) 
 Lobo superior 
• SEGMENTO APICAL (S I) 
• SEGMENTO POSTERIOR (S II) 
• SEGMENTO ANTERIOR (S III) 
Lobo médio 
• SEGMENTO LATERAL (S IV) 
• SEGMENTO MEDIAL (S V) 
– Lobo inferior 
• SEMENTO SUPERIOR (S VI) 
• SEGMENTO MEDIAL/CARDÍACO (S VII) 
• SEGMENTO BASILAR ANTERIOR (S VIII) 
• SEGMENTO BASILAR LATERAL (S IX) 
• SEGMENTO BASILAR POSTERIOR (S X) 
Segmentação Pulmonar: Pulmão Esquerdo (8 
à 10 S) 
Lobo superior 
• SEGMENTO APICOPOSTERIOR (S I + S II) 
• SEGMENTO ANTERIOR (S III) 
Língula 
• SEGMENTO LINGULAR SUPERIOR (S IV) 
• SEGMENTO LINGULAR INFERIOR (S V) 
Lobo inferior 
• SEMENTO SUPERIOR (S VI) 
• SEGMENTO BASILAR ANTEROMEDIAL 
(S VII e S VIII) 
• SEGMENTO BASILAR LATERAL (S IX) 
• SEGMENTO BASILAR POSTERIOR (S X) 
Cada pulmão está envolto por um saco seroso 
completamente fechado. 
 
Pleura visceral 
Se adere firmemente à superfície pulmonar, 
inclusive nas fissuras. 
Pleuras: 
Partes da pleura parietal 
• Cúpula da pleura (cervical) 
• Mediastinal 
• Costal 
• Diafragmática 
 
Recessos costomediastinais 
Posterior ao esterno 
Onde a parte costal está em contato com a 
parte mediastinal 
Esquerdo: potencialmente maior 
Recessos costodiafragmáticos 
Encontro da parte diafragmática periférica 
com a costal mais baixa. 
Mecânica respiratória 
a) Na inspiração, o diafragma contrai, diminui 
a pressão intrapleural 
b) Na expiração o diafragma sobe, aumenta 
na pressão e deflação dospulmões

Outros materiais