Buscar

Apostila - 02- RAD013

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO
MANUTENÇÃO DE RADAR RSM970S
RAD013
DISCIPLINA 2 – INTRODUÇÃO AO RADAR RSM970S
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA
2017
Curso de Manutenção de Radar RSM970S
RAD013
Disciplina: Introdução ao Radar RSM970S
Organização e elaboração do conteúdo:
 Uraci Ferreira Nogueira SO BET – CINDACTA II
Fábio Sampaio Peres 1S BET – CINDACTA II
2 / 11
O presente trabalho foi desenvolvido para uso didático, em cursos que são oferecidos pelo
Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). O seu conteúdo é fruto de pesquisa em
fontes citadas na referência bibliográfica, e que o(s) autor(es)/revisor(es) acreditam ser confiáveis.
No entanto, nem o DECEA, nem o(s) autor(es)/revisor(es) garantem a exatidão e a atualização das
informações aqui apresentadas, rejeitando a responsabilidade por quaisquer erros e/ou omissões.
5
10
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
APRESENTAÇÃO:
Este material didático corresponde à disciplina Introdução ao Radar RSM970S. O material foi
elaborado a partir de assuntos selecionados especialmente para orientar sua aprendizagem. A seguir
você conhecerá os objetivos que deverá alcançar ao final da disciplina/unidade e os conteúdos que
serão trabalhados.
OBJETIVOS:
• identificar os princípios de funcionamento do RSM970S (Cn);
• citar a configuração do RSM970S (Cn); e
• valorizar a importância do RSM970S (Va).
EMENTA: 
Princípios de Funcionamento: princípios de funcionamento.
Configuração do RSM970S: configuração do RSM970S.
3 / 11
15
20
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
1. UNIDADE 1
PRINCÍPIOS DE FUNCIONAMENTO
1.1. Introdução
 Desde os primórdios das atividades da aviação geral e até os dias de hoje, é notório que
paralelamente a essas atividades foi necessário prover para o funcionamento de todo o seguimento,
as mais adequadas condições de garantia da segurança, da rapidez e da economia para o tráfego
aéreo. 
Dentre essas condições requeridas para a navegação aérea ocorrer, seguindo os padrões
estabelecidos pelos organismos internacionais, uma grande gama de equipamentos de auxílio à
navegação foi desenvolvida para proporcionar no pouso, na decolagem e durante o voo o devido
atendimento à trilogia: segurança, rapidez e economia. 
Dentre esses equipamentos, está o RSM970S, radar secundário, que pela sua complexidade
de funcionamento e necessidade de eficiência operacional necessita que as suas manutenções
preventivas e corretivas sejam realizadas com elevada qualidade e por técnicos com a devida
competência para a executarem a tarefa
Os conteúdos instrucionais do curso de Manutenção do RSM970S foram preparados para
atingir esse objetivo, capacitar aos alunos, futuros técnicos do equipamento, com os conhecimentos
fundamentais para uma manutenção de qualidade que resultará na garantia da segurança no tráfego
aéreo.
1.2. Princípios de Funcionamento
1.2.1. Composição Básica do RSM970S
O equipamento do RSM970S, como um sistema, é composto de dois bastidores redundantes
contendo os subsistemas de transmissão, recepção, tratamento e processamento de dados, bem
como, uma mesa técnica composta de subsistemas de visualização, controle e monitoramento.
1.2.2. Tipos de Manutenções Requeridas Para os Equipamentos do RSM970S
Os tipos de manutenções requeridas para o funcionamento do equipamento do RSM970S,
conforme os padrões estabelecidos pelos organismos internacionais, são: as manutenções
preventivas diárias, mensais e anual, e as manutenções corretivas.
4 / 11
25
30
35
40
45
50
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
1.2.3. Funcionamento
O RSM970S é um equipamento de fabricação francesa e é utilizado em vários outros países,
caracterizando-se por sua aplicação como radar de controle – seu funcionamento é dependente da
interação entre o radar, que emite uma interrogação, e uma aeronave em voo, que responde a esta
pergunta, estabelecendo dados como localização azimutal, altitude, distância, dentre outros.
Sua aplicação exige performance acurada e está submetida aos padrões internacionais de
qualidade. A complexidade de sua composição mecânica e eletrônica, assim como a de seus
sistemas nativos e sistemas de controle e supervisão exigem, por sua vez, um processo de instalação
e manutenção que garantam a confiabilidade e disponibilidade destes sistemas, cujos dados e
informações são utilizados pelos centros de controle de aproximação e rota.
Este sistema radar opera em regime de 24 (vinte e quatro) horas por dia, 7 (sete) dias por
semana, e, apesar das diversas contingências existentes, a interrupção da operação do mesmo, quer
de forma programada, quer de forma inopinada, é gerenciada de perto pelos diferentes órgãos do
SISCEAB, responsáveis pelo controle do espaço aéreo geral.
1.3. Conclusão
Nesta unidade foram abordados os princípios de funcionamento do RSM970S, em destaque
a operação deste radar em regime de 24 (vinte e quatro) horas por dia, 7 (sete) dias por semana e,
apesar das diversas contingências existentes, a interrupção da operação do mesmo, quer de forma
programada, quer de forma inopinada, é gerenciada de perto pelos diferentes órgãos do SISCEAB,
responsáveis pelo controle do espaço aéreo geral.
A seguir serão descritas a configuração e as funções básicas dos componentes do RSM970S.
5 / 11
55
60
65
70
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
2. UNIDADE 2
CONFIGURAÇÃO DO RSM970S
2.1. Introdução
O RSM970S executa as funções de um gabinete (IRCB – Interrogator/Receiver Gabinet)
com arquitetura dupla incluindo dois canais I/R (Interrogador/Receptor), nos quais existem um
extrator/processador para cada canal. Essa configuração facilita a manutenção num canal enquanto
que o segundo canal permanece operacional. O RSM970S usa antena secundária, tal como AS-909
ou equivalente.
2.2. Composição do RSM970S
A estação radar é composta basicamente por:
• 02 canais I/R
• 01 unidade de RF (Rádio Frequência) associada com a antena secundária (RFU – Radio
Frequency Unit)
• 01 sistema local de visualização e manutenção (IRIS – Indicator of Radar Information
System)
• 01 armário de controle da antena (AA 2000)
• 01 armário de distribuição de energia (AE 2000)
• 01 console (mesa técnica)
• 01 unidade de controle remoto para operar à distância com a estação (STM)
O equipamento está associado a um conjunto de antena AS909, uma unidade de distribuição
azimutal (ADU2000), uma junta rotativa (JTS) e codificadores azimutais.
O codificador azimutal transmite a posição angular da antena, por meio de incrementos, em
formato digital, e este pode estar compreendido na junta rotativa ou instalado fora desta.
Obs.: para compreender melhor a composição do RSM970S buscar a apresentação de slides que trata
sobre o assunto.
6 / 11
75
80
85
90
95
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
2.3. Função dos componentes do RSM970S
2.3.1. Sistema de Monitoramento e Controle (DRU/RCMS)
O Sistema de Monitoramento e Controle (DRU/RCMS) é o mais importante componente do
sistema radar para quem realiza a manutenção e monitoração.
Através do RCMS é possível verificar as falhas existentes e os alertas.
Para o mantenedor que realiza a manutenção diária ou até as demais, existe o arquivo log, no
qual pode ser realizado uma análise mais criteriosa das falhas e erros ocorridos, enquanto o
mantenedor não estava a frente da mesa técnica.
O mesmo sistema, também possibilita o acesso remoto, facilitando a manutenção em locais
que não são destacamento e não têm técnico local.
Alguns comandos são possíveis no RCMS, como por exemplo a comutação de canais.
2.3.2. Mecanismo de acionamento (EA-2000) e Antena Secundária (AS-909)
Para uma estação radar autônoma a antena secundária será montada em uma interface
mecânica própria. Já para estação radar associada ao radar primário, a antena secundária serámontada no conjunto da antena primária.
Além das características elencadas a antena o armário de controle da antena (AN2000) e
utilizado para acionar o mecanismo de acionamento da antena (EA2000) através do controle
simultâneo das alimentações aplicadas aos dois motores, com a possibilidade adicional de parar um
ou outro na eventualidade de avaria
2.3.3. Junta Rotativa
Os sinais elétricos de baixa frequência (tensões de 60Hz para luzes de balizamento e
comutação de polarização, se existentes) e alta frequência (RF) recebidos e enviados, destinados a
antena secundária, passam através da Junta Rotativa. A qual realiza a integração entre parte girante
(mecanismo da antena) e a parte fixa.
Os equipamentos associados à junta rotativa são: antena, gabinete I/R e ADU.
2.3.4. RFU
A RFU é a responsável por realizar a comutação de vias de RF, possibilitando a comutação
entre os canais.
7 / 11
100
105
110
115
120
125
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
Também realiza o desacoplamento entre o transmissor e o receptor e permite o ajuste da
defasagem da via diferença (Δ).
2.3.5. Transmissor (STX2000)
O transmissor recebe a continuous wave (CW) de 1030MHz do oscilador local (OL), então o
modulador (driver) realiza a tarefa de modular o sinal e enviar para o codificador, que insere o
código de acordo com a programação (modos: 1,2,3/A e C). O sinal vai para o transmissor, em
seguida para o comutador e então passa pelo circulador que o envia para a junta rotativa e depois à
antena para irradiação.
2.3.6. Receptores MDR/SRX2000 (digital e analógico)
O receptor trata os sinais recebidos a partir da antena através dos canais soma (Σ), diferença
(Δ) e controle (Ω), para gerar sinais de vídeo para fins de extração. Este equipamento amplifica e
trata as respostas/códigos do transpônder para torná-las utilizáveis.
O MDR transforma os sinais analógicos em digitais para enviá-los ao extrator (MMX –
Mode S Modulador Extrator), já o SRX2000 envia os sinais, ainda analógicos, para o MMX.
2.3.7. DPC-CB (Data Processor - Cabinet) e DPC-SLI (Data Processor – Serial Line 
Interface)
O DPC executa o processamento e a transmissão de dados em tempo real.
O DPC-CB fica no IRCB e o DPC-SLI fica parte no IRP (Interrogation Reply Processor) e o
restante na mesa técnica.
2.3.8. MMX
O MMX (extrator de vídeo) realiza a interface com os outros equipamentos do radar, faz o
gerenciamento espaço/tempo e processamento de sinais das informações SSR (Secondary
Surveillance Radar) e Modo S.
Este equipamento também assegura a conversão de analógica para digital dos vídeos brutos
oriundos do receptor e os envia para o processador (DPC)
2.3.9. Fontes
As fontes do IRCB fornecem energia aos canais através de baixa alimentação (DC) para o
MMX, DPC e o I/R.
8 / 11
130
135
140
145
150
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
2.3.10. Sistema de Refrigeração e Ventilação
Os ventiladores realizam o arrefecimento dos equipamentos, principalmente, no transmissor.
Assim permitem que os mesmos operem com temperatura ideal.
2.3.11. Sistema de Parametrização do Radar
A parametrização do radar e realizada através do CBP (Cabinet Parameter software) e serve
para configurar a operação do RSM970S.
2.3.12. IRIS
Este computador, possui um software de visualização de dados operacionais e para fins de
manutenção e é de vital importância para a manutenção do sistema.
2.4. Conclusão
Nesta unidade foi apresentada a configuração e as funções básicas dos componentes do
RSM970S.
Este assunto serve de base e será aprofundado nas próximas disciplinas.
9 / 11
155
160
165
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
2.5. Referências Bibliográficas
THALES. System Overview Documentation. Technical manual. Vol. 1/1. Revisão E, 2007.
10 / 11
RAD013 – Manutenção de Radar RSM970S
Índice
APRESENTAÇÃO:.......................................................................................................3
OBJETIVOS:.................................................................................................................3
EMENTA:......................................................................................................................3
1. UNIDADE 1 PRINCÍPIOS DE FUNCIONAMENTO............................................4
1.1. Introdução..............................................................................................................4
1.2. Princípios de Funcionamento................................................................................4
1.2.1. Composição Básica do RSM970S......................................................................4
1.2.2. Tipos de Manutenções Requeridas Para os Equipamentos do RSM970S..........4
1.2.3. Funcionamento...................................................................................................5
1.3. Conclusão..............................................................................................................5
2. UNIDADE 2 CONFIGURAÇÃO DO RSM970S....................................................6
2.1. Introdução..............................................................................................................6
2.2. Composição do RSM970S.....................................................................................6
2.3. Função dos componentes do RSM970S................................................................7
2.3.1. Sistema de Monitoramento e Controle (DRU/RCMS).......................................7
2.3.2. Mecanismo de acionamento (EA-2000) e Antena Secundária (AS-909)...........7
2.3.3. Junta Rotativa.....................................................................................................7
2.3.4. RFU....................................................................................................................7
2.3.5. Transmissor (STX2000).....................................................................................8
2.3.6. Receptores MDR/SRX2000 (digital e analógico)..............................................8
2.3.7. DPC-CB (Data Processor - Cabinet) e DPC-SLI (Data Processor – Serial Line 
Interface)........................................................................................................................8
2.3.8. MMX..................................................................................................................8
2.3.9. Fontes..................................................................................................................8
2.3.10. Sistema de Refrigeração e Ventilação...............................................................9
2.3.11. Sistema de Parametrização do Radar................................................................9
2.3.12. IRIS...................................................................................................................9
2.4. Conclusão..............................................................................................................9
2.5. Referências Bibliográficas...................................................................................10
11 / 11
170
	1. UNIDADE 1 PRINCÍPIOS DE FUNCIONAMENTO
	1.1. Introdução
	1.2. Princípios de Funcionamento
	1.2.1. Composição Básica do RSM970S
	1.2.2. Tipos de Manutenções Requeridas Para os Equipamentos do RSM970S
	1.2.3. Funcionamento
	1.3. Conclusão
	2. UNIDADE 2 CONFIGURAÇÃO DO RSM970S
	2.1. Introdução
	2.2. Composição do RSM970S
	2.3. Função dos componentes do RSM970S
	2.3.1. Sistema de Monitoramento e Controle (DRU/RCMS)
	2.3.2. Mecanismo de acionamento (EA-2000) e Antena Secundária (AS-909)
	2.3.3. Junta Rotativa
	2.3.4. RFU
	2.3.5. Transmissor (STX2000)
	2.3.6. Receptores MDR/SRX2000 (digital e analógico)
	2.3.7. DPC-CB (Data Processor - Cabinet) e DPC-SLI (Data Processor – Serial Line Interface)
	2.3.8. MMX
	2.3.9. Fontes
	2.3.10. Sistema de Refrigeração e Ventilação
	2.3.11. Sistema de Parametrização do Radar
	2.3.12. IRIS
	2.4. Conclusão2.5. Referências Bibliográficas

Continue navegando