Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Enfermagem do Idoso

Pré-visualização | Página 1 de 2

Enfermagem do Idoso
Questão 1
A polipatologia é definida como o acometimento de uma pessoa por mais de cinco morbidades ou doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes mellitus (DM), acidente vascular cerebral (AVC), osteoporose, entre outras. No idoso é bastante comum sua incidência. É incorreto afirmar que:
Escolha uma opção:
a. A polipatologia pode ser reflexo da melhor qualidade de vida e consequente aumento da expectativa de vida e acesso aos tratamentos cirúrgicos.
b. A cronicidade que caracteriza a maioria das doenças origina limitações intelectuais nos idosos que os impedem de realizar atividades, antes rotineiras e os obrigam a buscar ajuda de outras pessoas ou objetos que lhes deem mais segurança.
c. Em se tratando de idosos, as alterações fisiológicas provenientes do envelhecimento interferem na farmacocinética e farmacodinâmica das drogas, podendo ocasionar ausência de efeito farmacológico esperado, como sonolência, alterações do equilíbrio, da tonicidade muscular e surgimento de hipotensão, como reação positiva à droga.
d. As doenças que podem advir com o envelhecimento são condicionadas pela vulnerabilidade do avançar da idade e por fatores de risco.
e. A automedicação é considerada só quando se ingere medicamento sem prescrição profissional, por conta própria.
Questão 2
Alterações características do envelhecimento levam aos déficits cognitivos comumente observados como naturais no envelhecimento: esquecimento de fatos recentes, dificuldades de cálculo, alterações de atenção. Caracteriza-se Doença de Alzheimer por exceto:
Escolha uma opção:
a. Está relacionada com a atrofia do hipocampo que é uma parte do cérebro localizada no lobo temporal, esta área é responsável pela transferência da memória de curto prazo para a memória de longo prazo, sendo assim é o principal centro da memória.
b. Caracteriza-se, do ponto de vista anatomopatológico, pela presença de placas senis (PS) e de emaranhados neurofibrilares (ENF).
c. Não se conhece a causa específica da doença de Alzheimer. Pode desenvolver-se precocemente, por volta dos 50 anos.
d. Caracteriza-se por um acometimento da capacidade cognitiva, especialmente da memória recente e desorientação espacial, que costumam ser as primeiras queixas apresentadas.
e. Começa com os distúrbios de fala, devido à deficiência colinérgica, mas a doença é progressiva e muitos outros sintomas se desenvolvem em decorrência de seu avanço.
Questão 3
O crescimento do número de idosos observado em todo mundo reflete no aumento de doenças crônicas e degenerativas responsáveis por danos às habilidades físicas, piora da qualidade de vida e sofrimento emocional do idoso. São consideradas doenças cognitivas e neurológias de idosos:
Escolha uma opção:
a. Doença de Alzheimer e Hipertensão.
b. Doença de Alzheimer e Doença de Parkinson.
c. Acidente Vascular Encefálico e Doença de Alzheimer.
d. Doença de Parkinson e arterosclerose.
e. Osteoartrose e hipercolesterolemia.
Questão 4
Há várias teorias que buscam esclarecer como se dá o processo de envelhecimento orgânico. Entre elas há as Teorias Biológicas que afirmam:
Escolha uma opção:
a. Quanto maiores as taxas metabólicas ou a exposição a radiações externas (como os raios ultravioleta), maior a formação de radicais livres e melhor para o envelhecimento.
b. O sistema neuroendócrino influencia as atividades de órgãos, tecidos e células, no sentido de adaptar o corpo a modificações ambientais, como variações na temperatura, no trabalho físico ou no estresse emocional. Consequentemente contribui para o retardar do envelhecimento.
c. As teorias biológicas do envelhecimento examinam o assunto sob a ótica do declínio e da degeneração da função e da estrutura dos sistemas orgânicos e das células.
d. Uma das teorias mais conhecidas, dentre as que se baseiam na possibilidade de danos moleculares progressivos, é a Teoria das Ligações Cruzadas que afirma que moléculas reativas do DNA fazem ligações corrompidas que são assimiladas e mantidas no organismo.
e. A deterioração de vários aspectos da função imunológica em nada se associa a maior ou menor aceleração do envelhecimento biológico.
Questão 5
Para fins de padronização universal, é aceito que idoso é todo ser humano com 65 anos ou mais para países ricos e com 60 anos ou mais para países em desenvolvimento, caso do Brasil. Como essa faixa etária apresenta mudanças bastante significativas entre um idoso de 60 anos e um de 80 anos, dividiu-se em 60 a 80 anos, 81 a 90 anos e com mais de 90 anos e denominou-se, respectivamente:
Escolha uma opção:
a. Idosos, mais idosos e superidosos.
b. Idosos jovens, mais idosos e idosos.
c. Idosos, mais idosos e superidosos.
d. Idosos jovens, idosos e mais idosos.
e. Idosos jovens, idosos, idosos idosos.
Questão 6
Historicamente, as sociedades percebiam os idosos de formas diferentes. De acordo com as crenças e os costumes de cada civilização, é correto afirmar que:
Escolha uma opção:
a. Os romanos demostravam muito respeito por idosos.
b. Na Inglaterra, as Leis dos Pobres previam pensão aos idosos.
c. Os egípcios adoravam envelhecer, tentaram várias poções e providências para manter a juventude.
d. Os índios tinham nos idosos a referência de sabedoria e potencial de caça.
e. Os chineses acreditavam que chegar à velhice era um evento maravilhoso que merecia a maior honra.
Questão 7
O declínio físico apresenta-se como uma das principais características do envelhecimento e pode ser consequência de processos distintos: a senescência e a senilidade. Sobre a senescência, é correto afirmar que:
Escolha uma opção:
a. É o envelhecimento fisiológico do organismo.
b. Acomete os idosos, mas também pode estar presente em jovens.
c. Caracteriza-se pela perda de capacidade de memorização.
d. É o envelhecimento com alterações patológicas.
e. Caracteriza-se por afecções que acometem o indivíduo idoso.
Questão 8
A polifarmácia está relacionada ao uso de pelo me¬nos uma medicação sem prescrição médica num rol de prescrições supostamente necessárias. A iatrogenia medicamentosa configura o efeito patogênico de um fármaco ou da interação de vários fármacos. Referente à polifarmácia podemos afirmar que, exceto:
Escolha uma opção:
a. Esses fa¬tores acabam levando a uma consequente intoxicação medicamentosa.
b. Na dúvida, a conduta adequada é a manutenção da medicação.
c. O diagnóstico das complicações medicamentosas nem sempre é fácil, pois a sintomatologia pode ser inespecífica.
d. Em pacientes hos¬pitalizados, verifica-se que a frequência de reações medicamentosas iatrogênicas é três a sete vezes mais observa¬das nos idosos em relação aos mais jovens.
e. Iatrogênico diz-se de um distúrbio ou de uma doença que é provocado pelo profissional de saúde.
Questão 9
Fisiologicamente a distribui¬ção, metabolismo e excreção de fármacos são diferentes na população idosa. Modi¬ficam a ação das drogas e afetam sua concentração no sítio receptor. Desde a ingestão já podem apresentar alterações. Nos processos acima é correto afirmar que no idoso:
Escolha uma opção:
a. Decresce a depuração hepática em 30%; aumenta o metabolismo de oxidação; o fluxo sanguíneo hepático é aumentado.
b. Referente à distribuição das drogas no idoso há diminuição da massa gorda (mus¬cular), aumento do tecido muscular e diminuição da água no organismo (medicamentos solúveis em lipídeos ou em água).
c. A massa e fluxo renais diminuem com a idade e, porém, não afetam a filtração glomerular ou função tubular, não alterando a eliminação renal de fármacos.
d. O pH do estômago dos idosos é mais ácido e seus sucos gástricos mais abundantes, por isso, a absorção de me¬dicamentos não sofre alterações.
e. Devi¬do a um trânsito intestinal mais lento, o fármaco permaneça mais tempo em contato com a superfície de absorção, obtendo-se um balanço e a compensação em relação à diminuição do suco gástrico.
Questão 10
O envelhecimento é um processo demográfico real no Brasil, em que em 2025 o país tende a ser a sexta maior população do mundo de idosos. Nesse contexto, temos
Página12