A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV2 - Micro biologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

1 - Observe o gráfico acima obtido a partir dos dados de incidência de casos de Meningite no Estado de São Paulo, no período compreendido entre os anos de 1990 a 2005. Fonte: SINANWD.D.T.R/CVE. Pode-se observar no gráfico uma comparação entre os casos de meningite bacteriana (verde) e meningite viral (amarelo). Em relação à análise do gráfico, foram feitas as seguintes afirmativas:
 
I- Entre os anos de 1994 e 1995 a incidência de meningite bacteriana representava cerca de 50% do total de casos de meningite.
II- A partir de 1998 houve um nítido decréscimo percentual dos casos de meningite bacteriana.
III- No ano de 2005 somente cerca de 30% dos casos de meningite eram do tipo meningite bacteriana.
IV- O decréscimo percentual dos casos de meningite bacteriana a partir de 1998 reflete o sucesso de imunização obtido com campanhas de vacinação contra meningite meningocócica.
V- Pode-se afirmar que desde 1998 a maioria dos casos de meningite ocorridos no estado de São Paulo é de origem viral.
Assinale a única opção CORRETA após observação e análise do gráfico e das afirmativas feitas:
 
a) são corretas APENAS as afirmativas I, II e III
b) todas as afirmativas estão corretas
c) a alternativa V é incorreta
d) todas as afirmativas são FALSAS
e) são corretas APENAS as afirmativas I, II, III e IV
2 - Um indivíduo apresentando fraqueza, náuseas, febre, icterícia, inchaço e dor abdominal foi examinado por um clínico que solicitou alguns exames, cujos resultados estão abaixo: 
provas bioquímicas: dosagem de bilirrubina, transaminases e lactato desidrogenase. Resultados: valores elevados para todos os ítens 
marcadores sorológicos : anticorpos IgM anti vírus hepatite A positivo (reagente)
anticorpos IgG anti vírus hepatite A negativo (não-reagente)
anticorpos IgM anti vírus hepatite B negativo (não-reagente)
anticorpos IgG anti vírus hepatite B negativo (não-reagente)
Pelos dados acima, podemos concluir que a patologia apresentada por esse indivíduo, a fase clínica e o modo pelo qual ele se contagiou podem ser completados com a alternativa:
a) hepatite B - fase aguda - contágio sexual
b) hepatite A - fase aguda - contaminação oro-fecal
c) hepatite A - fase crônica - contaminação oro-fecal
d) hepatite B - fase crônica - contaminação oro-fecal
e) hepatite A - fase crônica - contaminação sexual
3 - A tuberculose é causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis. Essa espécie bacteriana apresenta grande quantidade de lipídeos na parede celular que respondem pela característica do álcool-ácido resistência, bem como pela resistência ao ressecamento e a desinfetantes. A tuberculose é uma doença infecciosa que pode atingir pulmões, rins, tecido ósseo, pele e exige um tratamento por antibioticoterapia conjugada (geralmente 3 tipos de antimicrobianos distintos), sendo o tratamento de longa duração, (no mínimo de 6 meses). Dentre os seguintes procedimentos:
1. Vacina BCG
2. Teste PPD
3. Punção venosa
4. Cultura de material proveniente do sítio da infecção
5. Bacterioscopia (= baciloscopia) de material proveniente do sítio da infecção
6. Exame de Raio X do tórax
7. Hemograma
São considerados métodos úteis para auxiliar o diagnóstico da tuberculose: Selecione a opção que contenha SOMENTE os métodos válidos para auxiliar o diagnóstico da tuberculose.
 
a)1 2 4 5 6 7
b)3 4 5 6
c)2 3 4 5 6
d)1 2 3 4 e 5
e)2 4 5 6
4 - Mycobacterium tuberculosis é a espécie bacteriana causadora da tuberculose. Essa espécie bacteriana possui afinidade pelo Oxigênio e, devido a isso, boa parte dos processos infecciosos se desenvolve nos pulmões, embora outros sítios anatômicos também possam ser acometidos (rins, ossos, pele, etc). Um paciente, com suspeita de tuberculose pulmonar foi encaminhado a um laboratório de microbiologia para a realização de baciloscopia a fim de confirmar o diagnóstico da doença. A presença da bactéria causadora da tuberculose a partir da baciloscopia do escarro foi evidenciada utilizando-se: 
a)coloração de Ziehl-Neelsen, que corou os bacilos não álcool-ácido resistentes em violeta.
b)coloração de Ziehl-Neelsen, que corou os bacilos álcool-ácido resistentes em vermelho.
c) coloração de Gram, que corou os bacilos não álcool-ácido resistentes em violeta.
d)coloração de Ziehl-Neelsen, que corou os bacilos álcool-ácido resistentes em azul.
e)coloração de Gram, que corou os bacilos álcool-ácido resistentes em vermelho.
5 - Uma criança, submetida a amidalectomia (cirurgia para extração de amídalas), sofreu posteriormente um quadro de sepse (infecção generalizada com presença de bactérias na corrente sanguínea). O resultado da hemocultura (cultura bacteriana realizada a partir do sangue colhido da paciente) revelou o agente etiológico Pseudomonas sp ,uma bactéria Gram negativa bastante presente em ambiente hospitalar. Foi comprovado também que essa contaminação se deu a partir do material cirúrgico. Assinale a única opção que apresenta a possível classificação desse tipo de infecção e o que motivou esse quadro:
 
a) infecção hospitalar endógena ¿ falha do método de desinfecção
b) infecção hospitalar exógena ¿ falha do método de esterilização
c) autoinfecção ¿ falha do sistema imunológico do hospedeiro.
d) infecção hospitalar endógena ¿ falha do método de esterilização
e) infecção hospitalar exógena ¿ falha do método de desinfecção
6 - A taxa de letalidade das meningites bacterianas é bastante variável em diferentes partes do mundo. Alguns autores descrevem taxas de 5% a 40%, dependendo do agente etiológico. Além da mortalidade, ocorrem seqüelas neurológicas graves e muitas vezes permanentes. Com o advento da terapêutica antibiótica, a letalidade decresceu de cerca de 90% para 15% a 30%. Sabemos ainda que a principal barreira para a disseminação hematogênica (isto é, por via sanguínea) da infecção para o sistema nervoso é a presença dos anticorpos circulantes e a atividade bactericida mediada pelo Sistema Complemento (ação do sistema imunológico). Deficiências de imunoglobulinas (= anticorpos) predispõem a infecções por bactérias encapsuladas . (informações obtidas em: http://www.praticahospitalar.com.br/pratica%2027/paginas/materia%203-27.html.0
Dentre as bactérias encapsuladas, ou seja, que apresentam CÁPSULA, causadoras de meningite bacteriana, podemos citar:
 
a) Staphylococcus aureus
b) Streptococcus pneumoniae
c) Escherichia coli
d) Treponema pallidum
e) Neisseria gonorrhoeae
7 - Os antibióticos penicilina e cefalosporinas são considerados antibióticos de ELEVADA TOXICIDADE SELETIVA. O termo citado em CAIXA ALTA significa: 
a) esses antimicrobianos não são tóxicos para as células do hospedeiro (humanos), sendo tóxicos somente para as células bacterianas.
b) esses antimicrobianos são muito tóxicos para as células do hospedeiro e para as células bacterianas.
c) esses antimicrobianos são tóxicos para as células humanas e devem ser prescritos com extrema precaução, em casos muito necessários , pois podem conduzir a efeitos tóxicos no sistema auditivo.
d) esses antimicrobianos são tóxicos sómente para as bactérias patogênicas e não são tóxicos para as bactérias componentes da Microbiota.
e) esses antimicrobianos não são tóxicos para as células do hospedeiro e nem são muito tóxicos para as células bacterianas.
8 - Esterilização, Desinfecção e Antissepsia são termos que são amplamente utilizados em ambientes de trabalho de hospitais, clínicas e outros, como consultórios odontológicos, ambientes de preparo de fármacos, ambientes de preparo de soluções nutrientes, etc. Sobre os métodos de esterilização e antissepsia, assinale a única afirmativa totalmente CORRETA: 
a) Uma esterilização eficiente utilizando calor seco, em forno, pode ser obtida a 180ºC por 2 horas.
b) A autoclavação a temperatura de 100 ºC por 15 minutos leva a um processo de esterilização.
c) A fervura pode ser considerada como método de esterilização.
d) Antissépticos são substâncias utilizadas para a destruição de todos os microrganismos da pele.
e) A maioria dos desinfetantes