A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS

Pré-visualização | Página 1 de 2

03/05/2022 17:51 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 1/5
 
Simulado AV
Teste seu conhecimento acumulado
 
Disc.: ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS 
Aluno(a): PAULA CAROLINA SILVA 202002740965
Acertos: 10,0 de 10,0 03/05/2022
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Atualmente, há uma importante discussão filogenética e taxonômica sobre a organização de Vertebrata.
Alguns autores colocam os vertebrados como parte de um clado conhecido como Craniata, ou possuidores de
crânio, dentro do qual incluíamos as lampreias e vertebrado, sendo as feiticeiras um grupo basal do último. Por
outro lado, existem autores que colocam as lampreias e feiticeiras como um infrafilo de Vertebrata. Qual das
argumentações abaixo não sustenta a existência do clado Craniata.
 As feiticeiras (Myxini) e lampreias (Cephalaspidomorphi) são considerados grupos basais de
Vertebrata.
O clado Craniata coloca as feiticeiras (Myxini) como um pré-vertebrado na organização filogenética.
A existência de Craniata é sustentada pelas evidências de parentesco de Cephalaspidomorphi
(lampreias) de Gnathostomata, principalmente devido à presença de uma estrutura rudimentar
homóloga às vértebras verdadeiras.
Agnatha é um grupo parafilético devido à proximidade Cephalaspidomorphi (lampreias) de
Gnathostomata.
As feiticeiras (Myxini) e lampreias (Cephalaspidomorphi) deixaram de constituir o grupo Cyclostomata
por este ser parafilético.
Respondido em 03/05/2022 17:46:29
 
 
Explicação:
Existem autores que colocam os vertebrados como parte de um clado conhecido como Craniata, ou possuidores
de crânio. Porém, o Sistema de Informação Taxonômica Integrada considera Vertebrata como um subfilo, onde
as lampreias e feiticeiras são organizadas como classes dentro de Agnatha, juntamente com a classe
Pteraspidomorphi, formada por um grupo extinto de peixes basais.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Podemos observar uma série de estruturas entre os indivíduos dos diferentes grupos de vertebrados que
servem como evidências do processo evolutivo. Baseado nos estudos paleontológicos temos indícios de que os
vertebrados tiveram respiração branquial antes da respiração aérea pulmonar. Dessa maneira, podemos dizer
que a sequência de surgimento dos grupos foi:
répteis ¿ aves ¿ peixes ¿ anfíbios.
anfíbios ¿ peixes ¿ aves ¿ répteis.
aves ¿ répteis ¿ anfíbios ¿ peixes.
 peixes ¿ anfíbios ¿ répteis ¿ aves.
peixes ¿ aves ¿ répteis ¿ mamíferos.
Respondido em 03/05/2022 17:46:41
 Questão1
a
 Questão2
a
https://simulado.estacio.br/alunos/inicio.asp
javascript:voltar();
03/05/2022 17:51 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 2/5
 
 
Explicação:
Seguindo a evolução da forma de respiração, os peixes estão numa posição mais basal, com a respiração
branquial, depois temos os anfíbios que já possuem respiração pulmonar, seguido de répiteis e aves, nesta
ordem.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Qual das características a seguir não é uma adaptação dos Condrictes para a flutuabilidade e à vida na água?
A forma corporal cuja parte anterior funciona como um hidrofólio.
Cauda Heterocerca que funciona como hidrofólio.
 Presença de Bexiga natatória.
Presença de um fígado de tamanho elevado, formado por óleo.
O esqueleto cartilaginoso que é mais leve do que o esqueleto ósseo.
Respondido em 03/05/2022 17:46:58
 
 
Explicação:
A bexiga natatória está presente em Osteictes, essa estrutra se enche e esvazia de gás para proporcionar a
flutuabilidade dos animais.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Das assertivas a seguir, qual descreve corretamente a reprodução dos anfíbios?
Eles são ovovivíparos e, na maioria das vezes, há uma fase larval.
Eles são vivíparos e sempre possuem cuidado parental.
Eles são sempre ovíparos, com uma fase larval aquática e o adulto terrestre.
 O processo reprodutivo dos anfíbios é amplamente diverso, existindo mais de 40 variações de
comportamentos reprodutivos distintos.
Eles são vivíparos e não possuem fase larval, tampouco cuidado parental.
Respondido em 03/05/2022 17:47:07
 
 
Explicação:
Os grupos de anfíbios viventes possuem mais de 40 formas reprodutivas distintas, o que explica o seu sucesso
evolutivo e as quase 7000 espécies descritas atualmente.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Ao longo da história dos vertebrados em que momento ocorreu a conquista definitiva do ambiente terrestre?
com o aparecimento das aves que adquiriram penas e homeotermia.
quando os peixes, adquiriram uma bexiga aerífera, que podia funcionar como um pulmão.
com o aparecimento dos anfíbios, que adquiriram membros pentadáctilos e podiam se locomover em
terra firme.
 a partir dos répteis com o aparecimento de um ovo amniota.
com o aparecimento dos mamíferos placentários e o desenvolvimento.
Respondido em 03/05/2022 17:49:25
 Questão3
a
 Questão4
a
 Questão5
a
03/05/2022 17:51 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 3/5
 
 
Explicação:
Os répteis surgiram no período Carbonífero. A conquista do meio terrestre ocorreu nesses animais, porque eles
não precisaram da água para a reprodução e para o desenvolvimento embrionário. Além disso, surgiram neles
novos anexos embrionários: córion, âmnio e alantoide.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Do ponto de vista filogenético, observamos uma sequência que mostra os passos evolutivos no surgimento dos
grupos de vertebrados. Entre os grupos abaixo, assinale os que se originaram a partir de um ancestral surgido
entre os répteis na escala evolutiva.
Agnathos e Gnatosthomados
Aves e peixes
Peixes e anfíbios
Anfíbios e aves
 Aves e mamíferos
Respondido em 03/05/2022 17:47:35
 
 
Explicação:
Admite-se que os ancestrais de aves e mamíferos surgiram a partir dos répteis.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Podemos dividir as aves em dois grandes grupos: o das ratitas e o das carinatas. A forma de distinção dos
grupos é o formato que o esterno se apresenta; as ratitas possuem um esterno achatado, enquanto as
carinatas possuem o esterno quilhado. Entre as aves abaixo, qual é um exemplo de ratita?
 Avestruz.
Sabiá.
Pinguim.
Canário.
Pardal.
Respondido em 03/05/2022 17:47:45
 
 
Explicação:
O avestruz é um exemplo de ave ratita, ou seja, que possui osso esterno achatado e não voa. Apesar de o
pinguim não voar, ele é um exemplo de ave carinata.
 
 
Acerto: 1,0 / 1,0
Quais as principais diferenças entre os mamíferos recentes?
Os eutérios têm seus filhotes através da colocação de ovos; os prototérios têm seus filhotes ainda
imaturos, precisando permanecer numa bolsa no abdômen da mãe para concluir seu desenvolvimento;
os metatérios são os placentários em que os filhotes nascem através do parto e necessitam de cuidado
parental.
Os prototérios têm seus filhotes através da colocação de ovos; os eutérios têm seus filhotes ainda
imaturos, precisando permanecer numa bolsa no abdômen da mãe para concluir seu desenvolvimento;
 Questão6
a
 Questão7
a
 Questão8
a
03/05/2022 17:51 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 4/5
os metatérios são os placentários em que os filhotes nascem através do parto e necessitam de cuidado
parental.
Os metatérios têm seus filhotes através da colocação de ovos; os prototérios têm seus filhotes ainda
imaturos, precisando permanecer numa bolsa no abdômen da mãe para concluir seu desenvolvimento;
os eutérios são os placentários em que os filhotes nascem através do parto e necessitam de cuidado
parental.
 Os prototérios têm seus filhotes através da colocação de ovos; os metatérios têm seus filhotes ainda
imaturos, precisando permanecer numa bolsa no abdômen da mãe para concluir seu desenvolvimento;
os eutérios são os placentários em que os filhotes nascem através do parto e necessitam de cuidado
parental.
Os metatérios têm seus filhotes através da colocação de ovos; os eutérios têm seus filhotes ainda
imaturos, precisando permanecer numa bolsa no abdômen da mãe para concluir seu desenvolvimento;
os prototérios são os placentários em que os filhotes nascem através do parto e necessitam de cuidado
parental.
Respondido

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.