A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Sífilis congênita

Pré-visualização | Página 1 de 1

PRECOCE TARDIA
Até o 2° ano de
vida
Depois do 2° ano
de vida
Baixo peso,
hepatomegalia,
periostite e
osteocondrite.
Nariz "em sela",
Lâmina de Sabre
(encurtamento da
tíbia).
Leucocitose ou
leucopenia, danos
sanguíneos
(anemia e
trombocitopenia). 
Mandíbula curta,
arco palatino
elevado, surdez
neurológica e
dificuldade no
aprendizado.
Teste de sífilis
para crianças
Na maternidade ou
casa de parto No seguimento
Não
treponêmicos
Coletar amostra de sangue
periférico do RN e da mãe
para comparação.
Não realizar coleta direta do
cordão (falso reagente)
Realizar com 1,3,6,12 e 18
meses de idades.
Interromper o seguimento
depois de 2 testes não
reagentes consecutivos.
Teste
treponêmico Não realizar.
Não é obrigatório, mas poderá
ser realizado após 18 meses
de idade.
Sífilis CongênitaSífilis Congênita
Introdução
Transmissão do treponema
pallidum da corrente sanguínea da
gestante infectada para o
concepto por via transplacentária
ou por contato direto com alguma
lesão no parto.
A maioria dos casos estão
relacionados a não testagem das
gestantes no pré-natal, não
recebimento do tratamento antes
ou durante da gestação.
Tipos
Testes 
Testes treponêmicos: teste rápido
(FTA-ABS), onde identifica
anticorpos específicos e
permanece após o tratamento.
Não treponêmicos: VDRL, onde
serve para o acompanhamento. 
Para se realizar o diagnóstico deve
se realizar 1 de cada.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.