EXCLUDENTES+DA+RESPONSABILIDADE+CIVIL
3 pág.

EXCLUDENTES+DA+RESPONSABILIDADE+CIVIL


DisciplinaDireito Civil IV10.177 materiais74.166 seguidores
Pré-visualização2 páginas
10/03/2015
1
Prof. Wesley Monteiro
1111.... ESTADOESTADOESTADOESTADO DEDEDEDE NECESSIDADENECESSIDADENECESSIDADENECESSIDADE;;;;
2222.... LEGÍTIMALEGÍTIMALEGÍTIMALEGÍTIMA DEFESADEFESADEFESADEFESA;;;;
3333.... EXERCÍCIOEXERCÍCIOEXERCÍCIOEXERCÍCIO REGULARREGULARREGULARREGULAR DEDEDEDE DIREITODIREITODIREITODIREITO EEEE ESTRITOESTRITOESTRITOESTRITO
CUMPRIMENTOCUMPRIMENTOCUMPRIMENTOCUMPRIMENTO DODODODO DEVERDEVERDEVERDEVER LEGALLEGALLEGALLEGAL;;;;
4444.... CASOCASOCASOCASO FORTUITOFORTUITOFORTUITOFORTUITO EEEE FORÇAFORÇAFORÇAFORÇA MAIORMAIORMAIORMAIOR;;;;
5555.... CULPACULPACULPACULPA EXCLUSIVAEXCLUSIVAEXCLUSIVAEXCLUSIVA DADADADA VÍTIMAVÍTIMAVÍTIMAVÍTIMA;;;;
6666.... FATOFATOFATOFATO DEDEDEDE TERCEIROTERCEIROTERCEIROTERCEIRO....
As causas de exoneração, em regra, atuarão no nexonexonexonexo dededede
causalidadecausalidadecausalidadecausalidade. Em outras palavras, as hipóteses de exclusão de
responsabilidade, normalmente, interromperão o nexo causal
dirigido à produção do dano.
2
1111)))) ESTADOESTADOESTADOESTADO DEDEDEDE NECESSIDADENECESSIDADENECESSIDADENECESSIDADE
ConceitoConceitoConceitoConceito: Agressão a um direito alheio, de valor
jurídico igual ou inferior àquele que se pretende
proteger, para remover perigo iminente, quando
as circunstâncias do fato não autorizarem outra
forma de atuação.
3
\u201cArt\u201cArt\u201cArt\u201cArt.... 188188188188.... NãoNãoNãoNão constituemconstituemconstituemconstituem atosatosatosatos ilícitosilícitosilícitosilícitos::::
IIIIIIII ---- aaaa deterioraçãodeterioraçãodeterioraçãodeterioração ouououou destruiçãodestruiçãodestruiçãodestruição dadadada coisacoisacoisacoisa alheia,alheia,alheia,alheia,
ouououou aaaa lesãolesãolesãolesão aaaa pessoa,pessoa,pessoa,pessoa, aaaa fimfimfimfim dededede removerremoverremoverremover perigoperigoperigoperigo
iminenteiminenteiminenteiminente....
ParágrafoParágrafoParágrafoParágrafo únicoúnicoúnicoúnico.... NoNoNoNo casocasocasocaso dodododo incisoincisoincisoinciso II,II,II,II, oooo atoatoatoato seráseráseráserá
legítimolegítimolegítimolegítimo somentesomentesomentesomente quandoquandoquandoquando asasasas circunstânciascircunstânciascircunstânciascircunstâncias oooo
tornaremtornaremtornaremtornarem absolutamenteabsolutamenteabsolutamenteabsolutamente necessário,necessário,necessário,necessário, nãonãonãonão
excedendoexcedendoexcedendoexcedendo osososos limiteslimiteslimiteslimites dodododo indispensávelindispensávelindispensávelindispensável paraparaparapara aaaa
remoçãoremoçãoremoçãoremoção dodododo perigoperigoperigoperigo....\u201d\u201d\u201d\u201d
4
É o caso do sujeito que desvia o seu carro de
uma criança, para não atropelá-la, e atinge o
muro da casa, causando danos materiais.
Atuou, nesse caso, em estado de necessidade.
Note-se, entretanto, que, se o terceiro atingido
não for o causador da situação de perigo,
poderá exigir indenização do agente que
houvera atuado em estado de necessidade,
cabendo a este ação regressiva contra o
verdadeiro culpado (o pai do bebê que o deixou
sozinho, por exemplo) (arts. 929 e 930 do NCC)
5
\u201cArtArtArtArt.... 929929929929.... SeSeSeSe aaaa pessoapessoapessoapessoa lesada,lesada,lesada,lesada, ouououou oooo donodonodonodono dadadada
coisa,coisa,coisa,coisa, nononono casocasocasocaso dodododo incisoincisoincisoinciso IIIIIIII dodododo artartartart.... 188188188188,,,, nãonãonãonão
foremforemforemforem culpadosculpadosculpadosculpados dodododo perigo,perigo,perigo,perigo, assistirassistirassistirassistir----lheslheslheslhes----áááá
direitodireitodireitodireito àààà indenizaçãoindenizaçãoindenizaçãoindenização dodododo prejuízoprejuízoprejuízoprejuízo quequequeque sofreramsofreramsofreramsofreram....
ArtArtArtArt.... 930930930930.... NoNoNoNo casocasocasocaso dodododo incisoincisoincisoinciso IIIIIIII dodododo artartartart.... 188188188188,,,, sesesese oooo
perigoperigoperigoperigo ocorrerocorrerocorrerocorrer porporporpor culpaculpaculpaculpa dededede terceiro,terceiro,terceiro,terceiro, contracontracontracontra esteesteesteeste
teráteráteráterá oooo autorautorautorautor dodododo danodanodanodano açãoaçãoaçãoação regressivaregressivaregressivaregressiva paraparaparapara haverhaverhaverhaver
aaaa importânciaimportânciaimportânciaimportância quequequeque tivertivertivertiver ressarcidoressarcidoressarcidoressarcido aoaoaoao lesadolesadolesadolesado....\u201d\u201d\u201d\u201d
6
10/03/2015
2
2222)))) LEGÍTIMALEGÍTIMALEGÍTIMALEGÍTIMA DEFESADEFESADEFESADEFESA
Art. 25 do CP:
\u201cEntende\u201cEntende\u201cEntende\u201cEntende----sesesese emememem legítimalegítimalegítimalegítima defesadefesadefesadefesa quem,quem,quem,quem, usandousandousandousando
moderadamentemoderadamentemoderadamentemoderadamente dosdosdosdos meiosmeiosmeiosmeios necessários,necessários,necessários,necessários, repelerepelerepelerepele
injustainjustainjustainjusta agressão,agressão,agressão,agressão, atualatualatualatual ouououou iminente,iminente,iminente,iminente, aaaa direitodireitodireitodireito seuseuseuseu ouououou
dededede outremoutremoutremoutrem....\u201d\u201d\u201d\u201d
Art. 930, Parágrafo único do CC:
\u201cA\u201cA\u201cA\u201cA mesmamesmamesmamesma açãoaçãoaçãoação competirácompetirácompetirácompetirá contracontracontracontra aqueleaqueleaqueleaquele emememem defesadefesadefesadefesa dededede
quemquemquemquem sesesese causoucausoucausoucausou oooo danodanodanodano (art(art(art(art.... 188188188188,,,, incisoincisoincisoinciso I)\u201dI)\u201dI)\u201dI)\u201d....
7
\u201cCivil e processo civil. Apelação. Dano moral. Preliminares. Rejeição.
Mérito. Situação de perigo não atribuível à vítima. Condenação regular.
Verba reparatória exacerbada. Diminuição. Honorários advocatícios
infimamente arbitrados. Aumento. 1. Infundada a alegação de negativa
de jurisdição, haja vista ter a autoridade judiciária de primeiro grau
afastado as teses de legítima defesa ou de exercício regular de direito.
2. Para a solução da lide, dededede nenhumanenhumanenhumanenhuma influência,influência,influência,influência, sesesese oooo vigilantevigilantevigilantevigilante achouachouachouachou (e(e(e(e
aquiaquiaquiaqui aaaa suposiçãosuposiçãosuposiçãosuposição nãonãonãonão éééé causacausacausacausa dededede forrarforrarforrarforrar----sesesese dadadada responsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidade civil)civil)civil)civil) ouououou
nãonãonãonão quequequeque oooo clienteclienteclientecliente fossefossefossefosse umumumum assaltante,assaltante,assaltante,assaltante, pois,pois,pois,pois, oooo quequequeque interessainteressainteressainteressa éééé oooo
resultadoresultadoresultadoresultado lesivolesivolesivolesivo sofridosofridosofridosofrido porporporpor esteesteesteeste.... 3333.... MesmoMesmoMesmoMesmo quequequeque sesesese aceitasseaceitasseaceitasseaceitasse aaaa tesetesetesetese dosdosdosdos
demandados,demandados,demandados,demandados, istoistoistoisto é,é,é,é, dededede quequequeque oooo vigilantevigilantevigilantevigilante teriateriateriateria atuadoatuadoatuadoatuado emememem legítimalegítimalegítimalegítima defesadefesadefesadefesa
ouououou nononono exercícioexercícioexercícioexercício regularregularregularregular dededede umumumum direitodireitodireitodireito reconhecido,reconhecido,reconhecido,reconhecido, éééé dededede sesesese verververver quequequeque taltaltaltal
circunstânciacircunstânciacircunstânciacircunstância nãonãonãonão lhelhelhelhe tirariatirariatirariatiraria aaaa responsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidade dededede indenizarindenizarindenizarindenizar inocentes,inocentes,inocentes,inocentes,
restandorestandorestandorestando àsàsàsàs pessoaspessoaspessoaspessoas jurídicasjurídicasjurídicasjurídicas oooo direitodireitodireitodireito dededede iriririr atrásatrásatrásatrás dosdosdosdos terceirosterceirosterceirosterceiros quequequeque
provocaramprovocaramprovocaramprovocaram aaaa atuaçãoatuaçãoatuaçãoatuação dodododo vigilantevigilantevigilantevigilante paraparaparapara ressarcimentoressarcimentoressarcimentoressarcimento. 4. Apesar de a
vítima ter sido alvejada duas vezes, quando do assalto, não