Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Sistema Cardiovascular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Cardiovascular:
● Começa a ser formado no início da terceira semana de desenvolvimento;
● Função:
- Transportar e distribuir substâncias essenciais;
- Remover subprodutos metabólicos;
- Participar da regulação da temperatura corporal;
- Participação na manutenção dos fluidos corporais;
● Componentes:
- Vasos sanguíneos;
- Coração;
● Localização do coração:
● Pericárdio:
- Membrana que reveste e protege o coração;
- Pericárdio Parietal: Pericárdio fibroso e Lâmina parietal do pericárdio seroso;
- Pericárdio Visceral: Lâmina visceral do pericárdio seroso ( Epicárdio)
● Camadas de parede do coração:
- Epicárdio: fina camada de tecido seroso (conjuntivo);
- Miocárdio: camada mais espessa da parede, formada principalmente pelo
tecido muscular cardíaco;
- Endocárdio: também reveste as válvulas cardíacas (continuo com o endotélio
dos vasos da base do coração);
● Câmaras do coração: ( bombeadores de sangue)
- Valva do tronco pulmonar;
- Valva da aorta;
- Valva atrioventricular esquerda;
- Valva atrioventricular direita;
- Átrio direito;
- Átrio esquerdo;
- Ventrículo direito;
- Ventrículo esquerdo;
- Septo interventricular;
● Valvas Cardíacas:
- Sua forma base estrutural é composta por esqueleto fibroso (evita
estiramento excessivo das valvas; Ponto de inserção para as fibras
cardíacas; atua como isolante elétrico entre átrio e ventrículos);
- As valvas (válvulas) do coração são úteis ao sistema cardiovascular ao
controlar a direção do fluxo sanguíneo durante a circulação, e determinar o
momento exato no qual o sangue passa entre as câmaras do coração, bem
como para dentro e fora do órgão. Existem duas valvas atrioventriculares que
separam os átrios (aurículas) esquerdo e direito de seus respectivos
ventrículos, e duas valvas semilunares que controlam a liberação do sangue
designado para os pulmões e para a aorta, deixando o coração.
https://www.kenhub.com/pt/library/anatomia/coracao
https://www.kenhub.com/pt/library/anatomia/sistema-circulatorio
https://www.kenhub.com/pt/library/anatomia/sangue
https://www.kenhub.com/pt/library/anatomia/atrios-cardiacos
https://www.kenhub.com/pt/library/anatomia/pulmoes
-
● Circulação sistêmica e pulmonar:
- Circulação sistêmica: A circulação sistêmica ou grande circulação é um
processo em que o sangue é levado do coração até os tecidos e, após isso,
é levado novamente para o coração. Essa circulação tem início quando o
sangue sai do ventrículo esquerdo pela artéria aorta. Na grande circulação, o
sangue do ventrículo esquerdo vai para todo o organismo, por intermédio da
artéria aorta, e retorna até o átrio direito do coração, pelas veias cava. É
uma circulação que se caracteriza pela seguinte dinâmica:
coração-tecido-coração, entre o ventrículo esquerdo e o átrio direito do
coração. Da artéria aorta, partem ramos que irão irrigar o corpo inteiro. Nos
capilares sanguíneos, irão ocorrer trocas gasosas com células do tecido,
após isso, o sangue irá se tornar rico em gás carbônico. Após ocorrer essas
trocas gasosas, o sangue é coletado pelas vênulas que levam o sangue até
as veias cavas superior e inferior.
- Circulação pulmonar: O circuito pulmonar segue a sua própria lógica,
sendo ela: o sangue é conduzido do coração até o pulmão e, logo após, volta
ao coração. É pertinente ressaltar o caráter químico desse sangue nessa
etapa da circulação, sendo caracterizado como venoso, ou seja, um sangue
pobre em oxigênio. Essa circulação tem início quando o sangue sai do
ventrículo direito pela artéria pulmonar em direção aos pulmões. A artéria
pulmonar ramifica-se e segue cada uma para um pulmão. Ao ocorrer essa
ramificação, há uma diminuição no calibre das artérias, formando-se assim
em artérias de pequeno calibre até os capilares que irão envolver os alvéolos
pulmonares. Nos alvéolos, ocorre um fenômeno importante que irá manter o
sangue em uma condição propícia para o bom funcionamento dos sistemas,
assim ocorrerá trocas gasosas (hematose), que se caracterizam pela
passagem do gás carbônico do sangue para o interior dos alvéolos e do
oxigênio presente nos alvéolos para o interior do capilar.
● Vasos sanguíneos:
- Impor resistência ao fluxo sanguíneo;
- Tipos: Arterias; Arteriolas; Capilares sanguíneos; Venulas; Veías;
● Camada da parede vascular:
- Túnica adventícia (externa): rica em fibras proteínas (elastina e colágeno) é
composta por nervos e vasa vasorum;
- Túnica média: Lâmina elástica externa com fibras de elastina compostas de
músculo liso;
- Túnica íntima (interna): Lâmina elástica interna rica em fibras de elastina com
a membrana basal rica em fibras de colágeno, composta pela camada de
células endoteliais;
● Artérias elásticas (de conduta):
- São as maiores artérias do corpo
- Apresentam muitas fibras de elastina na C. media (são um reservatório de
pressão);
- Ajudam a impulsionar o sangue na diástole: Aorta e artéria do tronco
pulmonar; Tronco braquiocefálico; Arterias subclavias; Arterias carótidas
comuns; Artéria ilíaca comum;
● Artérias musculares (distributiva):
- Túnica média com mais músculo liso e menos fibras elásticas que artérias
elásticas
- Importante para manter a pressão sanguínea no vaso e manter um fluxo
eficiente
- Artéria femoral; Artéria braquial; Artéria radial;
● Arteríolas e Metarteríolas (vasos de resistência):
- Pequenas artérias (diâmetro entre 15 a 300 um)
- Regulam o fluxo sanguíneo para as redes capilares (grande capacidade de
impor resistência vascular ao fluxo de sangue pela sua contração - maior
resistência = menor fluxo sanguíneo dentro do vaso)
● Capilares sanguíneos (vasos de troca):
- Responsável pela troca de substâncias entre o líquido intersticial
- Formado por duas camadas: Células endoteliais e Membrana basal;
● Tipos de capilares:
- Capilares contínuos: Sistema nervoso central; Nos pulmões; Tecido
muscular; Pele;
- Capilares fenestrados: Rins; Vilosidades do intestino delgado; Nos plexos
coróides dos ventrículos encefálicos; Na maioria das glândulas endócrinas;
- Capilares sinuosos: Medula óssea; fígado; Baço; Adeno-Hipófise; Glândulas
paratireoides; Glândulas suprarrenais;
● Vênulas:
- Vênulas pós-capilares: participam das trocas;
- Vênulas musculares: reservatório e grande volume sanguíneo;
● Veias:
- Paredes muito finas e distensíveis;
- Não suportam elevada pressão de sangue;
- Reservatórios de grande volume sanguíneo;