A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Economia como Ciência

Pré-visualização | Página 1 de 1

A Economia como Ciência 
 
Aristóteles (384-322 a.C) é considerado 
um dos primeiros pensadores 
econômicos. 
• O aparecimento da moeda inspirou a 
discussão a respeito da “crematística 
natural”, ou economia doméstica, e da 
“crematística não natural, ou economia 
mercantil; 
• Na sua obra denominada Política, usou do 
método indutivo e dedutivo; 
• Suas ideias tiveram profunda influência 
sobre as doutrinas econômicas da Idade 
Média em doutrinas mais recentes. 
 
 
Método Indutivo e Método Dedutivo 
 
O estudo da economia e a construção da 
sua teoria, as pessoas se utilizaram os 
mesmos métodos de raciocínio 
empregados em outras ciências. 
 
Método Dedutivo: parte da elaboração de 
pressupostos gerais a respeito de um 
determinado objeto de estudo para atingir o 
conhecimento do fato isolado. Parte do geral 
para o particular 
Método Indutivo: parte da observação direta 
do detalhe para, por meio de seu 
conhecimento, estabelecer os princípios gerais 
que regem a matéria em estudo. Parte do 
particular para o geral. 
 
Apesar da diferença fundamental entre os dois 
métodos, eles não se excluem e podem ser usados 
simultaneamente pelo cientista nas diferentes fases 
do seu processo de investigação. 
 
 
 
Entretanto, foram introduzidas novas técnicas 
para elaboração da teoria econômica. A razoável 
disponibilidade de dados numéricos sobre as 
atividades econômicas estimulou o uso da 
Matemática e da Estatística. 
 
 
 
Com isso, surgiu a Econometria: método de 
investigação que objetiva confrontar a teoria 
econômica coma realidade, por meio da análise de 
dados numéricos. Para tal, se utiliza dos métodos 
indutivo e dedutivo. 
 
 
Economia Positiva e Economia Normativa 
 
É a partir dos aspectos, decorrentes das 
observações do cientista, que se pode 
dividir a teoria econômica em dois ramos. 
• O primeiro se preocupa com a realidade 
“como ela é”; 
• O segundo ramo tem sua preocupação 
voltada para “como deveria ser”. 
 
Economia Positiva: é o conjunto de 
métodos e esquemas teóricos que permitem 
determinar e entender como se dão os 
fenômenos econômicos. Estuda a economia 
como ela é. 
Economia Normativa: parte da constatação 
de como a realidade é, ou seja, do entendimento 
dos mecanismos econômicos, para em seguida 
propor um estado de coisas considerado melhor 
para o observador. Estuda a economia como ela 
deveria ser. 
 
Apesar da diferença entre os dois ramos da teoria 
econômica, eles têm um ponto em comum: 
• Precisam estabelecer esquemas teóricos 
que expliquem a realidade como ela é, pois 
a interferência e a modificação de uma 
determinada situação exigem 
conhecimento pleno. 
 
Bibliografia: Silva, Cesar Roberto Leite da. 
Economia e Mercados: Introdução à economia.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.