A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA DO IDOSO

Pré-visualização | Página 1 de 2

AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA
A avaliação neuropsicológica se torna imprescindível quando o objetivo é saber se as alterações cognitivas fazem parte do processo de envelhecimento normal ou patológico. 
O envelhecimento normal, ou senescência, associa-se a declínio gradual da memória episódica, inibição do processamento de informações irrelevantes, atenção seletiva e dividida, fluência verbal, raciocínio e solução de problemas, levando a uma diminuição da capacidade de adaptação, principalmente em idades avançadas. Estas alterações podem fazer parte do processo natural do envelhecimento, mas também podem ser o início de um processo demencial ou um quadro depressivo.
O envelhecimento patológico, também chamado de senilidade, está associado a alterações mais significativas e estas interferem no cotidiano do idoso, prejudicando sua independência, autonomia e, consequentemente, a qualidade de vida.
A avaliação inicial se dá por meio do rastreio cognitivo, que pode ser considerado o primeiro passo para a detecção de demência e outros transtornos cognitivos. Testes de rastreio precisam ser breves e de fácil aplicação, padronizados e validados para a população-alvo, além de serem de baixo custo e facilmente aplicados em grandes contingentes populacionais. 
Objetivo: determinar se houve ou não declínio em comparação com o nível prévio de funcionamento, O teste mais simples poderia ser a pergunta: o que ele fez ou deixou de fazer?
1. Cognição: MEEM 
2. Funções executivas: teste do relógio 
3. Memória: Lista de palavras CERAD; teste de figuras 
4. Linguagem: fluência verbal, teste de figuras 
5. Visuoconstrução: teste do relógio 
6. Humor: GDS, Cornell 
7. Nutrição: MEN 
VANTAGENS DOS TESTES 
· Podem ser utilizados como medidas padronizadas 
· Porvem medidas quantitativas comparáveis ao longo da evolução do indivíduo e/ou doença 
· Alguns testes ... 
FUNÇÕES COGNITIVAS AVALIADAS
· Atenção 
· Sustentada = quando o indivíduo mantém-se num estado de prontidão por longo período de tempo para detectar e responder a alterações específicas nos estímulos 
· Seletiva = capacidade de direcionar a atenção para uma parte dos estímulos do ambiente enquanto ignora os demais estímulos. 
· Dividida = capacidade de realizar mais de uma tarefa simultaneamente 
· Funções executivas (planejamento, tomada de decisões, memória operacional, flexibilidade mental e formação de conceitos)
· Memória 
· Operacional = arquivamento temporário de informações enquanto executamos alguma atividade 
· Episódica = experiência de vida em dado momento cronológico
· Retrógrada = lembrar experiencias anteriores 
· Anterógrada = consolidar novas memórias 
· Semântica = consolida o conhecimento do mundo a sua volta por meio de palavras 
· Aprendizagem 
· Linguagem (nomeação, definição de conceitos, acesso ao léxico, leitura e escrita)
· Percepção motora (visual, habilidades visuoconstrutivas, praxia e gnosia) 
COGNIÇÃO
MINI-EXAME DO ESTADO MENTAL
· Orientação temporal 
· Orientação espacial 
· Memória imediata 🡪 (100 – 7) ... 
· ou soletrar MUNDO de trás pra frente 
· Atenção e cálculo
· Evocação 
· Linguagem e habilidade construtiva 
Escore __/30 
Memória imediata = Alzheimer perde, Corpos de Lewy continua. 
Vantagens
· Facilmente aplicável, beira leito 
· Simples 
· Alta confiabilidade
· Teste de comparação e rastreio bom 
Desvantagens
· Influência da escolaridade (notas de corte diferenciadas) 
· Sensibilidade e especificidade não ideais. Sensibilidade aumenta com ponto de corte mais elevado. 
· Versão utilizada no brasil não é a original 
Corte
· Analfabeto = 18 pontos
· 1 a 3 anos = 23 pontos 
· 4 a 7anos = 25 pontos 
· > 8 anos = 26 pontos 
· 9 a 11 anos = 28 pontos
· > 11 anos = 29 pontos 
Atenção aos cortes, pois 1 ponto faz diferença. 
MoCA – Montreal Cognitive Assessment 
O teste de Avaliação Cognitiva Montreal (Montreal Cognitive Assessement - MoCA) é um instrumento de triagem breve que avalia uma ampla gama de funções cognitivas (como as funções executivas, habilidades visuo-espaciais, nomeação, recuperação da memória, dígitos, sentença, raciocínio abstrato e orientação) necessários para contribuir com o diagnóstico do CCL e de demência.
· Alta especificidade 77% e sensibilidade 81% 
· Escolaridade tem influência: devem ser aplicado em indivíduos com 4 ou mais anos de estudo. 
· Difícil aplicação, tempo estimado de 20 minutos 
· Pontuação máxima de 30 pontos
· CCL: 26 pontos 
MEEM do ESTADO MENTAL GRAVE
O MEEM-g inclui questões de autobiografia, orientação, comandos simples, práxis de construção, alça fonológica, fluência verbal e memória. Consideraram essa versão mais adequada para avaliação em caso de suspeita de demência avançada. 
TESTE DE FIGURAS
· Teste mais demorado, consiste em algumas etapas 
· Nomeação: Mostra os objetos e pede pra nomear. Corrige. Se repetir errado, considera errado. 
· Pede pra falar o que foi mostrado 
· Mostra + 30 segundos e pede pra falar o que ele viu 
· + 30s e pede novamente 
· Intervalo de 5 minutos 🡪 pergunta quais figuras tinha mostrado 
· Mostra novas figuras e pede pra apontar quais ele viu no teste anterior 
· Interessante anotar a sequência que o paciente fala os objetos
· Escolaridade não interfere tanto
Sugestão de pontuação
· Nomeação = 9 a 10 pontos
· Memória incidental = 4 pontos 
· Memória de evocação 1 = 6 pontos 
· Memória de evocação 2 = 8 pontos 
· Evocação tardia após 5 minutos > 6 minutos
LISTA DE PALAVRAS DO CERAD
· Lista de palavras para fixação e nomeação 
O examinador lê em voz alta uma lista de 10 palavras a um ritmo de 2 segundos por palavra. Após a leitura é feita a evocação livre, por um período máximo de 90 segundos. O procedimento é repetido outras duas vezes. A pontuação é obtida pela soma das palavras evocadas nas três tentativas. Esse teste avalia a memória episódica e os três resgates consecutivos avaliam a curva de aprendizagem.
FLUÊNCIA VERBAL
Avalia os domínios: linguagem, funções executivas e memória semântica. Sofre influência da escolaridade e tem
pontos de corte diferenciados para minimizar essa influência. 
Para iniciar o teste, pede-se ao idoso que fale nomes de animais durante um minuto; controla-se o tempo e registra-se em impresso apropriado todos os nomes fornecidos pelo indivíduo. 
Na pontuação final serão contados todos os nomes de animais produzidos, exceto as repetições, as oposições regulares de gênero e sexo (p. ex., gato/gata conta-se 1 ponto; boi/vaca contam-se 2 pontos). Quando o sujeito recorda uma categoria e depois espécies da mesma (p. ex., pássaro – gaivota, sabiá, pardal etc.), contam-se os pontos correspondente ao número de espécies, excluindo o ponto da categoria “pássaro”.
Sensibilidade e especificidade de 75% . Barato e de fácil aplicação. 
Sugestão de pontuação
· Analfabeto = 9 pontos 
· 1 a 7 anos > 12 pontos 
· > 8 anos = 13 pontos 
TESTE DO RELÓGIO
Avalia percepção visuoespacial, capacidade de planejamento e memória operacional, por meio da evocação e reprodução de um relógio analógico. Atribui-se uma pontuação de 0 a 10 pontos, sendo pontuações até 5 pontos indicativas de déficits e entre 6 e 10 pontos desempenho normal.
Embora tenha sido inicialmente descrito como um teste que sofre pouca influência da escolaridade, um estudo brasileiro mostrou redução de sua acurácia entre os idosos com menos de 5 anos de escolaridade.
· Pede pro paciente desenhar um circulo, depois colocar os números e depois os ponteiros na hora X 
· Avalia a memória, capacidade executiva, capacidade de aprendizado... 
HUMOR
GDS
É uma escala desenvolvida especialmente para o rastreamento de sintomas depressivos em idosos por Yesavage et al., em 1983, originalmente com 30 itens; em 1986, uma versão curta de 15 itens foi elaborada por Sheike e Yesavage. 
Vantagens: 
· Perguntas de fácil entendimento 
· Poucas opções de resposta 
· Pode ser autoaplicada ou aplicada por um entrevistador treinado de qualquer área da saúde
Limitações:
· Difícil entendimento para idosos com declínio cognitivo significativo. 
Ponto de corte

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.