A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Comissões Legislativas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Direito Constitucional
Comissões Legislativas
➢ Comissões
○ Câmara dos Deputados
○ Senado Federal
○ Mistas
○ Temporária
○ Permanente
Art. 47. Salvo disposição constitucional em contrário, as deliberações de cada Casa e de
suas Comissões serão tomadas por maioria dos votos, presente a maioria absoluta de
seus membros.
● Básico de votação - maioria simples (maioria dos membros presentes)
● Especiais de votação - 2/5; 3/5 ; maioria absoluta (maioria dos membros totais)
● Instalação - 10% dos membros
Art. 58. O Congresso Nacional e suas Casas terão comissões permanentes e temporárias,
constituídas na forma e com as atribuições previstas no respectivo regimento ou no ato de
que resultar sua criação.
§ 2º Às comissões, em razão da matéria de sua competência, cabe:
I - discutir e votar projeto de lei que dispensar, na forma do regimento, a competência do
Plenário, salvo se houver recurso de um décimo dos membros da Casa;
● Procedimento legislativo abreviado
○ projetos de lei que não vão, a princípio, a plenário.
II - realizar audiências públicas com entidades da sociedade civil;
III - convocar Ministros de Estado para prestar informações sobre assuntos inerentes a
suas atribuições;
● PR não pode, expressamente, ser convocado para depor
○ ex: CPI não pode convocar PR para depor
IV - receber petições, reclamações, representações ou queixas de qualquer pessoa contra
atos ou omissões das autoridades ou entidades públicas;
V - solicitar depoimento de qualquer autoridade ou cidadão;
VI - apreciar programas de obras, planos nacionais, regionais e setoriais de
desenvolvimento e sobre eles emitir parecer.
Vitória Sousa
§ 4º Durante o recesso, haverá uma Comissão representativa do Congresso Nacional,
eleita por suas Casas na última sessão ordinária do período legislativo, com atribuições
definidas no regimento comum, cuja composição reproduzirá, quanto possível, a
proporcionalidade da representação partidária.
➢ Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPIs)
Art. 58, § 3º As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de
investigação próprios das autoridades judiciais, além de outros previstos nos
regimentos das respectivas Casas, serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo
Senado Federal, em conjunto ou separadamente, mediante requerimento de um terço
de seus membros, para a apuração de fato determinado e por prazo certo, sendo suas
conclusões, se for o caso, encaminhadas ao Ministério Público, para que promova a
responsabilidade civil ou criminal dos infratores.
Segundo o STF, a regra que determina a necessidade de criação das CPIs com
objeto específico não impede a apuração de fatos conexos ao principal, ou, ainda, de outros
fatos, inicialmente desconhecidos, que surgirem durante a investigação, bastando, para que
isso ocorra, que haja um aditamento do objeto inicial da CPI.
○ Investigação Parlamentar (na função típica de fiscalizar do Poder Legislativo)
○ Precisa do requerimento de apenas ⅓ dos parlamentares
■ Direito das minorias
○ Não pode investigar fatos de um outro ente federativo
○ São admitidas sucessivas prorrogações (dentro da Legislatura).
■ Terminou a legislatura, terminou a CPI.
○ MP promove responsabilidade civil e criminal
■ CPI não pode pedir busca e apreensão ou interceptação telefonica,
por exemplo.
➢ Poderes de investigação das CPIs
○ Convocar particulares e autoridades públicas para depor
○ direito ao sigilo e ao silêncio, não auto criminalização - aplicam-se a
quaisquer pessoas
○ assistência de advogado
■ seja na qualidade de testemunha/indiciado
● Obs: membro do poder judiciário não pode ser convocado
para depor sobre sua função jurisdicional
● Chefe do poder executivo não pode ser convocado para
depor, ex: PR, Governador
■ Testemunha é obrigada a comparecer
■ Investigado não pode ser convocado coercitivamente
○ Pode realizar perícias e exames
○ Pode determinar quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico - registro
telefônico
Vitória Sousa
■ princípio da colegialidade (maioria absoluta dos membros da CPI
favorável)
■ decisão fundamentada
● CPI municipal não pode determinar tais quebras
➢ Limitações aos poderes das CPIs (NÃO PODEM)
○ Decretar prisão
■ exceto em flagrante delito
● ex: falso testemunho
○ Aplicar medidas cautelares
○ Anular atos do poder executivo
○ Quebrar o sigilo judicial
○ Determinar interceptação telefônica (reserva de jurisdição) - conteúdo da
conversa
○ Determinar busca e apreensão domiciliar (reserva de jurisdição)
○ Apreciar atos de natureza jurisdicional
○ Convocar o chefe do poder executiva para depor (separação de poderes)
Vitória Sousa

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.