A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Inflamação Aguda

Pré-visualização | Página 1 de 1

Inflamaçã� Agud�
INFLAMAÇÃO
É uma reação vascularizada de defesa do organismo contra uma agressão local, cujo objetivo
é neutralizar, inativar ou eliminar o agente agressor.
→ É uma reação local.
→ É uma reação complexa e de sequência cronológica.
→ É uma reação inespecífica.
- Sendo a mesma qualitativamente pelo menos no início, qualquer que seja a causa que
a provoque.
→ É uma reação exclusiva de alguns tecidos mesenquimais.
- Vasos, conjuntivo, leucócitos.
SINAIS CARDEAIS DA INFLAMAÇÃO
Calor → vasodilatação, aumento do metabolismo celular.
Rubor → vasodilatação hiperemia.
Tumor → vasodilatação, extravasamento de fluídos (quimiotaxia)
Dor → liberação de mediadores que afetam terminações nervosas.
Causas
● Agentes físicos
● Agentes químicos
● Agentes biológicos
● Reações imunológicas
Devemos a inflamação e ao reparo a capacidade de conter as agressões e curar os defeitos.
Respostas vasculares e celulares → Mediada por fatores químicos (estímulo inflamatório
sobre o plasma ou células) → Agem juntos ou em sequências influenciando a evolução da
resposta inflamatória.
Classificação
Poderão ser:
● Sépticas - infecções
● Assépticas
Inflamação Aguda
→ minutos, horas, dias;
→ fenômenos exsudativos;
→ infiltrado polimorfonucleares (neutrófilos e eosinófilos)
Inflamação Crônica
→ semanas a meses;
→ fenômeno produtivos/proliferativos;
→ infiltrado mononuclear (linfocitos, plasmócitos e macrófagos)
Tipos de Reação
● Imediata transitória
● Tardia
● Imediata persistente
Classificação de Acordo com o Tipo de Exsudato
● Serosa
● Fibrinosas (proteínas plasmáticas - fibrinogênio-interstício-fibrilas de fibrina);
● Pseudomembranosas (mucosa - ulceração - fibrina na superfície - pseudomembrana);
● Hemorrágicas (grande comprometimento vascular);
● Purulenta ou Supurativa (grande número de neutrófilos)
↳ Poderá ainda ser denominada de:
- Abscesso (uma coleção de pus numa cavidade recém formada)
- Flegmão (inflamação purulenta de uma região, especialmente do tecido conjuntivo;
fleimão.
- Empiema (uma coleção de pus dentro de uma cavidade natural)
O PROCESSO DA INFLAMAÇÃO
Eventos Exsudativos-Vasculares
• Vasoconstrição;
• Vasodilatação - histamina;
• Hiperemia ativa (calor / rubor);
• Aumento da permeabilidade vascular + pressão hidrostática aumentada;
↳ Plasmodiapedese;
• Edema (tumor);
• Hemoconcentração;
• Estase sangüínea (vasos congestos).
EVENTOS CELULARES
● Marginação
● Pavimentação
● Adesão
● Emigração - Leucodiapedese
● Quimiotaxia - Fagocitose
➢ Fatores quimiotáticos para neutrófilos:
• C5a (peptídeo gerado pela ativação do sistema complemento)
•* Sistema Complemento – principal mediador humoral do sistema inflamatório
• Leucotrieno B4 (ácido araquidônico);
• Produtos bacterianos.
FAGOCITOSE
Mecanismo de defesa contra patógenos extracelulares ou intracelulares, e na eliminação de
componentes teciduais degenerados preparando o tecido para a reparação.
➢ Etapas da Fagocitose:
- reconhecimento (*opsonização – C3b/ IgG)
- fixação
- ingestão - fagossomo
- fagolisossomo
- morte ou degradação
* Processo que facilita a ação do sistema imunológico por fixar opsoninas ou fragmentos do
complemento na superfície bacteriana, permitindo a fagocitose.
A Inflamação Aguda Poderá sofrer:
Resolução completa → Progressão para inflamação crônica
Inflamação Aguda e Crônica
● Inflamação Aguda:
→ Curta duração (horas a dias)
→ Principais características:
- Exsudação de fluidos e proteínas plasmáticas (edema)
- Migração de leucócitos, predominantemente neutrófilos
→ Resposta principal por parte da imunidade inata.
● Inflamação Crônica:
→ Longa duração (semana a anos)
→ Principais características:
- Presença de linfócitos e macrófagos
- Reparação tecidual em curso: angiogênese, fibrose.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.