Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
REGULAÇÃO DO MERCADO DA SAÚDE SUPLEMENTAR - N2

Pré-visualização | Página 1 de 2

REGULAÇÃO DO MERCADO DA SAÚDE SUPLEMENTAR 
 
Leia o trecho a seguir: 
“Os contratos de saúde são bilaterais, porque existe um vínculo de reciprocidade; ou seja, ambas as 
partes têm vantagens e desvantagens. A importância dessa classificação diz respeito à exceção do 
contrato não cumprido, pois ninguém é obrigado a pagar a empresa de plano de saúde se essa não 
cumpre sua parte”. 
  
CARDOSO, M. O. Contratos de planos de saúde: princípios básicos da atividade. In: EMERJ - 
ESCOLA DA MAGISTRATURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Judicialização da saúde - 
Parte I: saúde suplementar no Direito brasileiro. Rio de Janeiro: EMERJ, 2011. p. 307. Disponível 
em: https://www.emerj.tjrj.jus.br/serieaperfeicoamentodemagistrados/paginas/series/6/
judicializacaodasaude_305.pdf. Acesso em: 12 fev. 2021. 
  
  
A respeito das características que definem os contratos, analise as afirmativas a seguir e 
assinale V para a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s). 
  
I. ( ) Um contrato remete a uma relação de segurança. 
II. ( ) Um contrato está relacionado à incerteza e à inconsistência de alguma das partes. 
III. ( ) Um contrato deve ser dispendioso para ambas as partes. 
IV. ( ) O contrato deve ser cumprido adequadamente pelo contratante. 
  
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
Com a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio da Constituição Federal de 1988 e pela Lei
nº 8.080/90, vieram os princípios doutrinários, envolvendo a universalidade, equidade e integralidade, 
bem como as diretrizes organizativas, no entanto, a saúde no Brasil nem sempre foi do modo como 
temos hoje, pois, antes da criação do SUS, ela era bem diferente.
 
BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, 
DF: Presidência da República, [2020]. Disponível 
em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 12 fev. 2021.
 
A respeito das três categorias relacionadas à assistência em saúde no período do Instituto Nacional de 
Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS), analise as afirmativas a seguir e assinale V para 
a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s).
 
I. ( ) Uma família rica tinha acesso à saúde, pois podia pagar.
II. ( ) Um trabalhador com carteira assinada tinha acesso à saúde prestada pelo INAMPS.
III. ( ) Um vendedor de frutas autônomo tinha acesso à saúde prestada pelo INAMPS.
IV. ( ) Um pedreiro não tinha nenhum direito à saúde.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
Uma mulher de 65 anos, aposentada, casada, que tem diabetes mellitus e hipertensão arterial 
sistêmica há 15 anos, deseja contratar um novo plano de saúde. No momento da contratação do plano
de saúde, foi solicitado que a mulher assinasse o formulário de declaração de saúde.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que indica o tempo de carência após a contratação do plano de 
saúde, de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para essa situação. 
Um contrato pode ser definido como um acordo de vontade que estabelece obrigação, ou seja, efeitos 
jurídicos, assim, toda demonstração de escolha que alcança um efeito jurídico é considerado um 
negócio jurídico. Isso porque, no convênio, o propósito estabelecido é de caráter institucional e 
comum.
 
Considerando o excerto apresentado sobre a diferença de contrato e convênio, analise as afirmativas a
seguir.
 
I. Nos convênios, o interesse é antagônico.
II. Nos contratos, os interesses são opostos.
III. Nos convênios, há a conjunção dos interesses.
IV. Nos contratos, os interesses somam-se.
 
Está corretoo que se afirma em: 
Leia o excerto a seguir:
O Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS) “tinha a responsabilidade 
de prestar assistência à saúde de seus associados, o que justificava a construção de grandes 
unidades de atendimento ambulatorial e hospitalar, como também da contratação de serviços privados 
nos grandes centros urbanos, onde estava a maioria dos seus beneficiários”.
 
SOUZA, R. R. O sistema público de saúde brasileiro. São Paulo: Ministério da Saúde, 2002. p. 11.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que indica corretamente como o INAMPS aplicava seus recursos.
O plano de saúde tem a obrigação de cumprir o que foi estabelecido previamente, considerando que o 
contrato do plano de saúde é um contrato de adesão, ou seja, são relações contratuais nas quais as 
cláusulas são definidas precocemente por uma das partes, e a outra parte decide aderir ou não à já 
definida.
 
A partir do trecho apresentado, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
 
I. Uma mulher de 27 anos, casada e com 3 filhos pequenos, deseja colocar o Dispositivo Intrauterino 
(DIU) não hormonal com a sua ginecologista do plano de saúde, no entanto a mulher tem medo de 
sentir dor e quer colocar no centro cirúrgico. Como a colocação do DIU faz parte do rol de 
procedimentos e eventos em Saúde da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se o plano de 
saúde se negar a realizar tal procedimento, ele pode sofrer grandes consequências.
Porque:
II. Pode responder de forma civil e até mesmo criminalmente.
 
A seguir, assinale a alternativa correta. 
Uma mulher de 45 anos, que já tem seu plano de saúde há 5 anos, foi diagnosticada com uma doença 
gravíssima, no entanto não foi somente a descoberta dessa doença que a preocupou, considerando 
que o médico falou que o tratamento é realizado com um medicamento de alto custo, não sabendo se 
isso é custeado pelo plano de saúde.
Nesse sentido, assinale a alternativa que indica o custeio de medicamentos pelo plano de saúde. 
Um homem de 35 anos, casado, trabalha como pedreiro desde os 12 anos, contratou há 3 meses um 
plano de saúde, pois notou um inchaço e um caroço na barriga. Além disso, o homem também 
começou a sentir uma leve dor nesse local. Ao procurar ajuda médica, o homem foi diagnosticado com 
hérnia abdominal, sendo recomendados medicamentos e a realização de fisioterapia e, em último 
caso, a cirurgia eletiva.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que indica qual é o tempo de carência após a contratação do 
plano de saúde, de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se o paciente 
precisasse mesmo de uma cirurgia eletiva. 
Um homem de 50 anos procurou o Pronto Atendimento credenciado pelo seu Plano de Saúde, o qual 
foi contratado há 3 meses. O homem apresentava fortes dores abdominais, vômito, pele pálida, úmida 
e fria, manchas vermelhas pelo corpo, hipotensão e sangramento pelo nariz. O médico do Pronto 
Atendimento diagnosticou o paciente com dengue hemorrágica.
 
A partir do exposto, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
 
I. De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em casos de urgência e 
emergência, o tempo de carência após a contratação do plano de saúde é de 12 horas.
Porque:
II. Em situações como essa, o paciente não pode ficar sem receber assistência à saúde em 
decorrência do período de carência do plano de saúde.
 
A seguir, assinale a alternativa correta. 
Leia o trecho a seguir:
Dos direitos e deveres individuais e coletivos, no Art. 5º da Constituição Federal: “Todos são iguais 
perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros 
residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à 
propriedade”.
 
BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituiçãoda República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, 
DF: Presidência da República, [2020]. Disponível 
em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 12 fev. 2021.
 
Considerando o excerto apresentado sobre os direitos dos cidadãos, conforme a Constituição Federal 
de 1988 e o que foi estudado no roteiro de estudos, analise as afirmativas a seguir.
 
I. A vida prevalece sobre o período de carência dos planos de saúde.
II. O direito à vida está acima de tudo.
III. O período de carência do plano de saúde deve ser
Página12