CRIMES CONTRA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA

Disciplina:Propriedade Imaterial7 materiais77 seguidores
Pré-visualização1 página
CRIMES CONTRA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA

 Conceito
As indicações geográficas são de extrema importância no mundo, já que elas distinguem produtos e serviços quanto à sua procedência, atribuindo a qualidade e confiabilidade esperada pelo consumidor. Em face disto, apropriada é a proteção dada a este instituto, tendo em vista o alto valor que o mesmo agrega aos produtos e serviços.

As indicações geográficas têm por característica identificar a origem dos produtos ou serviços e, no caso das denominações de origem, atribuir características únicas inerentes à estes.

A identificação de um produto ou serviço com o sinal distintivo da indicação geográfica agrega informações importantes acerca do produto ou serviço identificado.
 Natureza Jurídica
Primeiramente, a proteção às indicações geográficas está prevista na própria Constituição Federal de 1988, onde no artigo 5º, inciso XXIX, o legislador conferiu proteção aos direitos de propriedade industrial, incluindo aí a proteção aos signos distintivos:

XXIX – a lei assegurará aos autores de inventos industriais privilégio
temporário para sua utilização, bem como proteção às criações industriais, à
propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos
distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnológico
e econômico do País.
As indicações geográficas, conforme estabelecido pela LPI (Lei 9.2796/96), são consideradas bens móveis14 e o registro concedido pelo Órgão Oficial, no caso o INPI.
 Espécies de Indicações Geográficas
1. Indicação de Procedência
A primeira subdivisão das Indicações Geográficas diz respeito à Indicação de Procedência, àquela em que o produto ou serviço é indicado apenas pelo renome da localidade em produzir determinado produto ou prestar determinado serviço,independendo de outros fatores.

Ex.: cidade de Sheffield, na Inglaterra, que é conhecida, já há muitos anos, como lugar de fabricação de artigos de prata.
2. Denominação de Origem

Para que determinada indicação geográfica possa ser considerada denominação de origem, é mister que o clima, o solo ou alguma outra característica exclusiva daquela região tenha influência direta no produto ou, ainda, que um notório saber da população da região seja imprescindível à confecção daquele produto. Nesta categoria enquadram-se, por exemplo, os vinhos, (vinho do Porto), ou na itália, (presunto de parma)
 Direito de uso
O direito ao uso das indicações geográficas é dos produtores e prestadores de serviços estabelecidos no local, conforme preceitua o artigo 182 da Lei de Propriedade Industrial:
Art. 182 – O uso da indicação geográfica é restrito aos produtores e prestadores de serviço estabelecidos no local, exigindo-se, ainda, em relação às denominações de origem, o atendimento de requisitos de qualidade.
 Crimes
De modo a evitar estas violações, o Capítulo V da Lei 9.279/96, prevê como crime o uso indevido das indicações geográficas.
A Lei da Propriedade Industrial, em seus artigos 192 e 193, estabelece as diversas formas de uso que configuram crime contra as indicações geográficas, inclusive definindo o uso daquelas tornadas de “uso comum”.
Art. 192. Fabricar, importar, exportar, vender, expor ou oferecer à venda ou ter em estoque produto que apresente falsa indicação geográfica.
Pena - detenção, de 1 (um) a 3 (três) meses, ou multa.

Art. 193. Usar, em produto, recipiente, invólucro, cinta, rótulo, fatura, circular, cartaz ou em outro meio de divulgação ou propaganda, termos retificativos, tais como "tipo", "espécie", "gênero", "sistema", "semelhante", "sucedâneo", "idêntico", ou equivalente, não ressalvando a verdadeira procedência do produto.
Pena - detenção, de 1 (um) a 3 (três) meses, ou multa.

 casos de indicação geográfica no Brasil
Vale dos Vinhedos
São os vinhos produzidos na região do Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, entre os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul.

Café do Cerrado
Produtores estabelecidos nas regiões onde estão contidos o Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba, Noroeste de Minas e parte do Alto São Francisco, no Estado de Minas Gerais.

Cachaça do Brasil
A cachaça tornou-se indicação de procedência de uma maneira peculiar.
Devido aos diversos pedidos de marcas que vinham ocorrendo no exterior, o governo brasileiro buscou uma forma de proteger a água ardente brasileira.