A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Câncer de pulmão

Pré-visualização | Página 1 de 1

Câncer de pulmão Marina Farias Marcilio
Células pequenas, redondas e azuis
Costumam estar
metástatico no diagnóstico
Respondem bem à QT
Adenocarcinoma: forma glândulas CEC: apresentam queratinização
Carcinoma de grandes células:
apresentam células grandes
São ressecáveis e respondem mal à QT
Glândulas com muco dentro
Adenocarcinoma mucinoso
Pode ser tanto primário, como
metastático, necessitando de
imunohistoquímica
Adenocarcinoma com presença de papilas - metastase pulmonar
do carcinoma papilifero de tireoide
Se o padrão for papilar, mas as células forem
bem roxas, então é primário de pulmão
Prognóstico pior
Células brancas
Localização central: lembrar do carcinoma espinocelular
Localização periférica: lembrar do adenocarcinoma, pequenas
células e grandes células
Subtipo mais relacionado com síndrome da VCS: carcinoma de
pequenas células (é o mais agressivo de todos)
Observação: 
Carcinoma de pequenas células: células pequenas, redondas e azuis
*Fazer Ae1/AE3 e CD45 para diferenciar carcinoma e linfoma
Desmoplasia: proliferação de tecido
fibroconjuntivo fora do local usual
Blocos de células
Ceratinização isolada: células escamosas
atípicas com citoplasma mais claro
Carcinoma espinocelular moderadamente diferenciado
Importante no contexto do tratamento do paciente (terapia alvo). 
Costuma-se fazer o EGFR e o ALK, se os dois forem negativos, prosseguimos para o KRAS. 
Patologia molecular: