A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Exercícios sobre Especiação

Pré-visualização | Página 1 de 2

DISCIPLINA: BIOLOGIA ENSINO: MÉDIO 
ALUNO (A): _____________________________________ Nº: ____ TURMA: __ 
 
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO – Adaptação e Especiação 
 
01. Numa região, modificações ambientais podem 
criar barreiras biogeográficas que isolam, por 
exemplo, dois grupos de uma determinada 
população. Seria mesmo possível que, após 
algum tempo, esses dois grupos originassem 
espécies diferentes, para a sobrevivência e 
especiação esses indivíduos terão: 
 
a) variabilidade genética e diferentes pressões 
ambientais. 
b) capacidade de sofrer mutações para 
ajustamento às novas condições ambientais. 
c) modificações do metabolismo e escolha do 
novo ambiente. 
d) adaptações individuais ao novo ambiente e sua 
transmissão hereditária. 
e) balanço gênico e convergência adaptativa. 
 
02. (PUC-MG) Considere a seqüência abaixo: 
 
População original → separação → duas 
populações evoluindo independentemente → 
populações morfologicamente distintas → 
populações voltando a viver juntas → populações 
se cruzando e originando descendentes férteis 
É correto concluir que as duas populações, 
formadas a partir de um único estoque, são: 
 
a) espécies distintas, porém ainda se cruzam. 
b) da mesma espécie, possuindo idêntico conjunto 
genotípico. 
c) espécies distintas, mas com o mesmo tipo de 
genes sexuais. 
d) exemplo típico de um processo evolutivo de 
convergência adaptativa. 
e) exemplo de um processo inicial de especiação, 
mas que não ocorreu. 
 
03. (Cesgranrio) Encontram-se abaixo etapas de 
um processo de especiação. 
 
I. Quando a temperatura da região se eleva, duas 
populações se isolam nas encostas de montanhas 
diferentes. 
II. Uma espécie de pássaro, adaptada ao frio, 
habita todo um vale. 
III. As diferenças genéticas acumuladas durante o 
período de isolamento não permitem que os 
membros das duas populações se cruzem. 
IV. Após milhares de anos, a temperatura volta a 
baixar e as duas populações espalham-se pelo 
vale. 
A seqüência lógica dessas etapas é: 
 
a) I, II, III, IV. 
b) II, I, III, IV 
c) II, I, IV, III 
d) II, III, IV, I 
e) IV, III, II, I. 
 
04. (U. Caxias do Sul-RS) Ao fenômeno de 
formação de espécies novas, a partir de uma 
população ancestral, originadas pelo 
estabelecimento de um isolamento geográfico que 
permitiu a ocorrência de mutações dando lugar a 
espécies geográficas distintas, dá-se o nome de: 
 
a) adaptação. 
b) seleção natural. 
c) especiação. 
d) isolamento reprodutivo. 
e) recombinação gênica. 
 
05. (Cesgranrio) Analise as afirmativas a seguir, a 
respeito das mutações. 
 
I. Sempre que o ambiente se torna desfavorável, o 
ser vivo reage sofrendo uma mutação gênica. 
II. As mutações transmitidas às gerações futuras 
são aquelas que ocorrem em células germinativas. 
III. As mutações ocorridas em células somáticas 
são de grande valor adaptativo para a 
perpetuação da espécie. 
 
Está(ão) correta(s): 
 
a) I apenas. 
b) II apenas. 
c) III apenas. 
d) I e II apenas. 
e) II e III apenas. 
 
06. (Unifor-CE) Considere a seguinte situação: 
"Os indivíduos de uma população foram isolados, 
por uma barreira geográfica, em dois grupos (A e 
B); após um longo espaço de tempo, a barreira 
desaparece e os dois grupos voltam a viver numa 
área comum, porém os cruzamentos entre eles 
não são mais possíveis". 
Com base nesses dados, é possível inferir que: 
 
a) haverá extinção de A e B. 
b) ocorrerá aumento de A e diminuição de B. 
c) haverá aumento de B e diminuição de A. 
d) as diferenças acumuladas em A e B 
desaparecerão. 
e) A e B poderão ser consideradas espécies 
diferentes. 
 
07. (Unifor-CE) Considere o seguinte relato: 
Uma população do continente coloniza duas ilhas. 
 
 
 
A adaptação aos diferentes ambientes das ilhas 
leva à diferenciação das populações A e B. 
 
 
 
Se as populações entrarem em contato, elas não 
poderão mais intercruzar. 
 
 
 
Esse relato descreve uma situação de: 
 
a) especiação simpátrica 
b) especiação alopátrica. 
c) competição. 
d) convergência adaptativa. 
e) recombinação genética. 
 
08. (U. Estácio de Sá-RJ) O isolamento 
reprodutivo entre duas populações vizinhas da 
mesma espécie pode provocar a especiação, uma 
vez que: 
 
a) as populações possuem habitats distintos, sem 
haver, porém, isolamento geográfico. 
b) a taxa de mutações adaptativas se altera. 
c) interrompe o intercâmbio genético entre elas. 
d) estimula o surgimento de novas subespécies 
nessas populações. 
e) há um decréscimo na taxa de mutações em 
cada população. 
 
09. (UFPA) Na borda norte e na borda sul do 
Grand Canyon habitam duas populações de 
esquilos com diferenças morfológicas marcantes 
que, em condições naturais, sem as barreiras 
geográficas, não são capazes de se 
intercruzarem. As duas populações constituem 
______________ diferentes, devido 
principalmente a (ao) _________________ 
 
a) raças - isolamento reprodutivo 
b) espécies - isolamento reprodutivo 
c) raças - isolamento geográfico 
d) espécies - isolamento geográfico 
e) raças - diferenças morfológicas. 
 
10. (UECE) Foi o naturalista inglês Charles 
Darwin, em sua obra intitulada “A Origem das 
Espécies”, que sugeriu que a evolução é um 
processo de divergência, onde espécies 
semelhantes seriam descendentes de uma única 
espécie que teria existido no passado, a partir de 
um ancestral comum. Podemos afirmar 
corretamente que a especiação, no geral, inicia-se 
quando: 
 
a) Acontece a troca de genes entre duas espécies 
diferentes ocupantes de um mesmo espaço, não 
isoladas geograficamente. 
b) Não ocorre a troca de genes entre duas 
espécies, mesmo que não haja isolamento 
geográfico. 
c) Ocorre a troca de genes entre duas populações 
que coexistem em um mesmo espaço, não 
isoladas geograficamente. 
d) A troca de genes entre duas espécies torna-se 
restrita em virtude do isolamento geográfico delas. 
 
11. (UFV) Ao realizar estudos de Evolução, 
calouros de uma turma elaboraram as seguintes 
afirmativas sobre os conceitos de especiação: 
 
I. Processo que separa populações geneticamente 
homogêneas em duas ou mais, as quais podem se 
tornar isoladas reprodutivamente entre si. 
II. No processo de especiação, as modificações da 
frequência alélica não são importantes uma vez 
que a seleção natural atua no fenótipo. 
III. Na especiação alopátrica, o ambiente 
geográfico é um facilitador para que o fluxo gênico 
aumente a variabilidade dentro da população. 
 
Com base nos princípios evolutivos e nos de 
especiação, são corretas as afirmativas: 
 
a) I, II e III. 
b) I apenas. 
c) II e III, apenas. 
d) I e III, apenas. 
 
12. Considere as seguintes informações sobre 
fatos e acontecimentos referentes ao processo de 
especiação e indique a alternativa que os ordena 
na sequência em que atuam no processo de 
formação de duas espécies, a partir de uma 
população ancestral. 
 
I. Populações que se cruzam livremente. 
II. Acúmulo de diferenças genéticas entre as 
populações. 
III. Estabelecimento de isolamento reprodutivo 
entre as populações. 
IV. Aparecimento de barreira geográfica entre as 
populações. 
 
a) I → II → III → IV. 
b) I → II → IV → III. 
c) I → III → II → IV. 
d) I → IV → II → III. 
 
13. (UEL) Uma nova espécie surge quando: 
a) Uma sequência de mutações torna um indivíduo 
diferente dos outros da população. 
b) Uma barreira geográfica isola um indivíduo dos 
outros membros da população. 
c) O clima da região em que vive a população 
altera-se drasticamente. 
d) Um grupo de indivíduos da população vence os 
demais na competição pelo alimento levando-os à 
extinção. 
e) Indivíduos da população isolam-se e, depois de 
algum tempo, não conseguem cruzar-se com os 
da população inicial. 
 
14. (Unifor-CE) Considere o texto a seguir. 
“Em uma cidade, havia uma população de insetos 
na qual predominavam os indivíduos claros, que 
se confundiam com os líquens existentes na casca 
das árvores sobre os quais pousavam. Com a 
poluição, os líquens desapareceram e os troncos 
tornaram-se enegrecidos, beneficiando os insetos 
escuros. Verificou-se, então, que estes

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.