A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
FISIOTERAPIA PEDIATRICA - QUESTIONÁRIO UNIDADE I UNIP

Pré-visualização | Página 1 de 2

FISIOTERAPIA PEDIATRICA - QUESTIONÁRIO UNIDADE I UNIP
· Pergunta 1
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Em relação à Paralisia Cerebral, assinale a alternativa correta:
 
I. No PC tetraparético espástico encontramos hipertonia muscular dos quatro membros, alteração do controle postural de tronco e cabeça, hiperreflexia osteotendínea, diminuição do controle postural.
II. No PC diparético espástico ocorre principalmente o acometimento do controle postural de tronco, mas o controle de cabeça permanece inalterado.
III. No PC diparético espástico encontramos hipertonia muscular nos membros inferiores, já o acometimento de membros superiores será menor, porém pode existir.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Apenas I e III estão corretas.
	Respostas:
	a. 
Apenas I está correta.
	
	b. 
Apenas II está correta.
	
	c. 
Apenas I e II estão corretas.
	
	d. 
Apenas I e III estão corretas.
	
	e. 
Apenas II e III estão corretas.
	Comentário da resposta:
	Resposta: D
Comentário: São sinais característicos do PC tetraparético espástico o acometimento dos quatro membros, incluindo a alteração do controle de cabeça e tronco associado à presença dos sinais de espasticidade (hipertonia elástica, clônus, hiperreflexia e sinal de Babinski positivo). Já o PC diparético espástico apresenta o comprometimento motor maior nos membros inferiores, porém há a presença de acometimento dos membros superiores.
	
	
	
· Pergunta 2
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Criança apresenta PC com o seguinte quadro clínico: Paresia no lado esquerdo do corpo, com hipertonia elástica grau 4 nos grupos flexores do membro superior, hipertonia elástica grau 1 em flexores plantares do membro inferior, movimentos involuntários distais na mão esquerda. Qual diagnóstico fisioterapêutico melhor representa este quadro?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio braquial com componente atetoide.
	Respostas:
	a. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio braquial.
	
	b. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio crural.
	
	c. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio braquial com componente atetoide.
	
	d. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio crural com componente distônico.
	
	e. 
PC hemiparético espástico esquerdo com predomínio crural com componente atetoide.
	Comentário da resposta:
	Resposta: C
Comentário: Devido à presença da paresia em um hemicorpo (lado esquerdo), conclui-se que seja um quadro de hemiparesia esquerda, pela presença de hipertonia elástica, conclui-se que seja espástico e pela presença de movimentos involuntários distais que apresente um componente atetoide.
	
	
	
· Pergunta 3
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Analise o texto abaixo e assinale a alternativa correta em relação à sífilis:
 
A sífilis é uma doença infecciosa produzida por uma bactéria, o Treponema pallidum, de transmissão predominantemente sexual. Se não tratada, a doença pode evoluir a estágios que comprometem a pele e órgãos internos, como o coração, fígado e sistema nervoso central. A sífilis congênita é decorrente da disseminação hematogênica do Treponema pallidum
da gestante não tratada ou inadequadamente tratada para o seu concepto, por via transplacentária. A transmissão pode ocorrer em qualquer fase da gestação e em qualquer estágio da doença, com probabilidades de 50% a 100% na sífilis primária e secundária, 40% na sífilis latente precoce e 10% na sífilis latente tardia. É possível transmissão direta no canal do parto. Ocorrendo a transmissão da sífilis congênita, cerca de 40% dos casos podem evoluir para aborto espontâneo, natimorto e óbito perinatal.
 
I. No Brasil, desde os anos 2000 não ocorrem casos de sífilis humana devido ao controle da doença no país.
II. No Brasil, o número de casos notificados de sífilis na gestação tem aumentado a cada ano e isto relaciona-se ao elevado número de casos de transmissão vertical da doença (da gestante para o feto).
III. O exame pré-natal é importante para o diagnóstico precoce de gestantes sifilíticas não tratadas, para que possíveis sequelas neurológicas sejam minimizadas nos fetos em desenvolvimento.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
Apenas II e III estão corretas.
	Respostas:
	a. 
Apenas I está correta.
	
	b. 
Apenas II está correta.
	
	c. 
Apenas I e II estão corretas.
	
	d. 
Apenas I e III estão corretas.
	
	e. 
Apenas II e III estão corretas.
	Comentário da resposta:
	Resposta: E
Comentário: No Brasil, os casos de sífilis exigem notificação compulsória, uma vez que a sífilis congênita pode ser evitada com o diagnóstico e tratamento adequado da gestante, por isso a necessidade do diagnóstico pré-natal adequado, evitando a transmissão vertical.
	
	
	
· Pergunta 4
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Criança de 10 meses de idade apresentou meningite bacteriana aos 6 meses e evolui com hipertonia flexora em membros superiores e extensora em membros inferiores. Esta criança não rola e não apresenta as reações de proteção. Com base neste quadro clínico, pode-se classificar este paciente de acordo com a lesão encefálica e o acometimento motor em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Espástica, tetraparética.
	Respostas:
	a. 
Atetoide, tetraparética.
	
	b. 
Espástica, diparética.
	
	c. 
Atáxica, tetraprética.
	
	d. 
Espástica, tetraparética.
	
	e. 
Atáxica, diparética.
	Comentário da resposta:
	Resposta: D
Comentário: Devido ao acometimento motor dos quatro membros, incapacidade de realizar trocas posturais baixas (rolar, sentar) e por apresentar hipertonia elástica, trata-se de um PC tatraparético espástico.
	
	
	
· Pergunta 5
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	A Paralisia Cerebral acomete o indivíduo no estágio de desenvolvimento maturacional do sistema nervoso central (SNC). No momento em que se identificam falhas no desempenho motor da criança, a intervenção imediata é necessária. Assinale a afirmativa que descreve os principais sinais de alerta que, em uma avaliação sensório-motora de uma criança com 6 meses de idade cronológica, podem indicar lesão do SNC.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do rolar e ausência da reação de proteção anterior do membro superior.
	Respostas:
	a. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do rolar e ausência da reação de proteção posterior do membro superior.
	
	b. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do engatinhar e ausência da reação de proteção lateral do membro superior.
	
	c. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do rolar e ausência da reação de proteção anterior do membro superior.
	
	d. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do ajoelhar e ausência da reação de proteção anterior do membro superior.
	
	e. 
Alteração do tônus muscular, falha no controle do arrastar e ausência da reação de proteção posterior do membro superior.
	Comentário da resposta:
	Resposta: C
Comentário: Aos seis meses de idade espera-se que o bebê já tenha iniciado a primeira troca postural, que é o rolar e a primeira reação de proteção, que é a reação de proteção anterior.
	
	
	
· Pergunta 6
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Paciente de 1 ano de idade compareceu para avaliação inicial no setor de fisioterapia. Durante a avaliação física, o fisioterapeuta notou a persistência de alguns reflexos primitivos, hipertonia elástica, hiperreflexia e atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Analise as afirmações abaixo e assinale a alternativa que descreve corretamente os reflexos primitivos descritos:
 
I. No reflexo tônico cervical assimétrico (RTCA), ao rodar a cabeça do bebê para o lado direito, ocorrerá a extensão do membro superior direito e do membro inferior direito, e ocorrerá a flexão do membro superior esquerdo e do membro inferior esquerdo.
II. No reflexo tônico labiríntico (RTL), ao colocarmos o bebê em decúbito ventral ele ficará em total flexão, e ao colocarmos em decúbito dorsal ele ficará em completa extensão, sendo este normal até o sexto mês de vida.
III. No reflexo tônico cervical simétrico (RTCS), ao ser flexionada

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.