A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
35 pág.
Resumo Saúde da Criança

Pré-visualização | Página 4 de 9

do RN → Aparência,
Pulso, Gesticulação (reflexo),
Atividade (tônus), Respiração.
● 1º e 5º minuto → se inferior a 7 no
5º, reaplicar a cada 5 minutos até
20 minutos de vida;
● Não é critério para reanimação;
● Deve ser 7 ou mais.
Exame físico do RN normal
Observar:
● Cor, tônus, atividade, postura,
fáceis;
● Manifestações hemorrágicas;
● Esforço respiratório, FR, tiragem,
estridor;
● Gemidos, vômitos, regurgitações;
● Convulsões;
● Eliminação de mecônio e micção;
● Descartar artéria umbilical única,
onfalocele, defeitos de fechamento
de tubo neural;
● Identificar malformação congênita,
traumatismo obstétrico,
desconforto respiratório, sopro
cardíaco, massa ou distensão
abdominal.
Antropometria
● Temperatura normal: 36,5 - 37ºC;
● Estatura média = 50 cm;
● PC = 34-36 cm;
● PT = média 2 cm menor que PC;
● PA = 2 cm menor que PT.
Peso
● Alto peso ou macrossômico: > 4 kg
● Peso médio do RN ao nascer: 3 – 3,5
kg
● Baixo peso ou microssômico: < 2,5
kg
● Muito baixo peso: < 1,5 kg e > 1 kg
● Extremo baixo peso: < 1kg.
Classificação do recém nascido
Peso ao nascer
● Pequeno para a idade gestacional
(PIG)
● Adequado para a idade gestacional
(AIG)
● Grande para a idade gestacional
(GIG)
Ananda – 66 SC – UC4
Idade gestacional - método do capurro
● Avalia: formato da orelha, glândula
mamária, formação do mamilo,
textura da pele e pregas plantares;
● Para saber a idade gestacional,
soma-se os pontos de cada item +
204 e os divide por 7, obtendo o
resultado em semanas ou usar o
gráfico.
Prevenção de doenças
● Colírio oftálmico em ambos os
olhos → evita infecções oculares
que podem ser transmitidas pelo
canal do parto (conjutivite
gonocócica);
● Vitamina K;
● Vacina contra Hepatite B nas
primeiras 12h de vida.
Alojamento
conjunto
● O alojamento conjunto é o local
dentro da maternidade que permite
que mãe e bebê fiquem juntos 24
horas por dia até a alta hospitalar
(após 48h).
Vantagens
● Vínculo mãe e bebê;
● Orientações para os cuidadores;
● Humanização do atendimento;
● Promoção do aleitamento materno;
● Tranquilização da mãe e do RN;
● Facilitar a realização de exames;
● Redução de infecções neonatais;
● Contato com equipe
multiprofissional.
Classificação do RN
Idade gestacional
● Cálculo:
o Dum → regra de Naegele;
o Fundo de útero;
o USG gestacional;
o Capurro > 35 semanas →
características da criança
(orelha, glândula mamária,
pele, pregas plantares,
manobra do xale, cabeça –
pescoço);
o New Ballard.
● Termo: 37 a 41s6d;
● Pré-termo: < 37s;
o Limítrofe: 35s a 36s;
o Moderado: 31s a 34s;
o Extremo: < 30 s.
● Pós termo: > 42s.
Peso
Percentil idade gestacional x peso ao
nascer
● PIG: abaixo do percentil 10;
● AIG: entre os percentis 10 e 90;
● GIG: acima do percentil 90.
Gramas
● Baixo peso (BP): 2.500g;
● Muito baixo peso (MBP): <1.500g;
● Extremo baixo peso (EBP): < 1.000g.
Classificação
Prever morbidade/mortalidade.
● RN prematuro:
o Hemorragia intracraniana;
o Hipoglicemia;
o Icterícia;
o Desconforto respiratório.
● RN pós termo:
o Asfixia perinatal.
● RN PIG com RCIU:
Ananda – 66 SC – UC4
o Malformações;
o Hipoglicemia;
o Icterícia.
● RN GIG:
o Hipoglicemia;
o Policetemia.
Encaminhamento para o alojamento
conjunto
● RN normal:
● RN de termo (com 37 a 42 semanas
de idade gestacional);
● Nascido com boa vitalidade (com
contagem de Apgar de 7 ou mais
com 1 e 5 minutos de vida);
● Sem sinais de desvios intra-uterino
(com peso situado entre os
percentis 10 e 90 na curva de
crescimento adotada pelo serviço);
● Apresente ou tenha exibido sinais
de adaptação à vida extra-uterina;
● Sem sinais de doença aguda ou
crônica.
Amamentação
Orientações:
● Posição;
● Pega;
● Vantagens para o RN;
● Vantagens para a mãe.
Banho
● Observar a temperatura com o
cotovelo;
● Sabonete neutro ou o que tiver
disponível;
● Em dias de calor pelo menos 2x/dia;
● Evitar talco, perfumes;
● Excesso de roupas.
Higiene
● Quando o RN estiver sujo;
● Limpeza com água, algodão ou
pano molhado;
● Nas meninas lembrar da limpeza da
frente para trás;
● Coto umbilical: limpeza com álcool
70% 3x/dia até a queda (07 a 10
dias).
Triagem neonatal
Teste do Olhinho
● Realizar ainda internado
● Em penumbra;
● Oftalmoscópio aproximadamente
um metro de distância;
● Simultâneo nos dois olhos;
● Detecção precoce das doenças que
comprometem o eixo visual, como
catarata congênita e
retinoblastoma.
Teste do Coraçãozinho
● Após 24h de vida;
● Medida de oximetria de membro
superior e inferior;
● Normal: > 95% e diferença entre os
membros < 3%;
● Detecção precoce de cardiopatias
congênitas.
Teste da Linguinha
● Realizar nos primeiros dias de vida;
● Observar o frênulo da língua e
responder um questionário;
● Objetivo: avaliar a necessidade do
corte do frênulo da língua e
prevenção de alterações nas
mamadas e na fala.
Teste do Pezinho
● Detecção precoce de doenças que
se beneficiam com o diagnóstico e
o tratamento precoce;
● Realizar com 03 a 05 dias de vida.
Teste da Orelhinha
● EOA – teste auditivo de triagem
para perda auditiva;
● Realizar antes da alta e
impreterivelmente antes dos 3
meses.
Alta
● Após 48h de nascimento;
● Mãe segura dos cuidados;
● Eliminações presentes;
● Exame físico normal;
Ananda – 66 SC – UC4
● Caderneta: entregar a caderneta
do RN anotado seus dados
antropométricos, Apgar, tipagem
sanguínea, teste do Olhinho e
Coraçãozinho e intercorrências;
● Retorno: em posto de saúde com
48h – 72h pós alta.
Vacinas
● BCG (ID) e Hepatite B (IM) logo após
ao nascimento até 30 dias;
● Vacinar no Posto de Saúde mais
próximo da sua casa.
Orientações
● Colocar para arrotar;
● Reafirmar desnecessário – água,
chás;
● Posição ao dormir;
● Chupetas, bicos;
● Normalidade das evacuações;
● Diurese;
● Banhos de sol → não há
necessidade (SBP);
● Secreção vaginal;
● Hidrocele;
● Espirros, soluços;
● Prevenção de acidentes: posição,
transporte, aglomeração, água
quente.
Prevenção mortalidade e morbidade
neonatal
● Cuidados de higiene doméstica:
lavagem de mãos (simplicidade x
dificuldade);
● Aleitamento materno;
● Cuidado com o coto umbilical;
● Icterícia.
Critérios de alta
● Puérpera: BEG, exame físico normal,
sem intercorrências mamárias e
infecção puerperal, receita de
métodos contraceptivos;
● RN: a termo, sem comorbidades,
exame físico normal, ausência de
icterícia, presença de excreções
fisiológicas, aleitamento materno
sem intercorrências, triagem
neonatal, sem sepse;
● Revisões de sorologia da mãe e do
RN: tipagem sanguínea e Coombs,
orientação dos cuidadores,
avaliação do serviço social,
caderneta da criança e da
gestante, agendamento de
consulta de retorno;
● Ter realizado triagem neonatal.
Exame físico do
RN
Exame físico deve ser feito após algumas
horas de vida (preferencialmente antes
das 12h de vida);
Deve ser realizado sempre que possível
com a presença dos pais, permitindo o
esclarecimento de eventuais dúvidas dos
genitores.
Ectoscopia
● Atividade: normal, diminuída ou
ausente;
● Tônus muscular: ativo e passivo;
● Coloração de pele;
● Padrão respiratório;
● Nível de consciência: 20-22h de
sono;
● Choro: sonoro, rítmico, agradável,
organizado.
Sinais vitais
● FR média de 40 rpm a 60 rpm;
● Determina- se: ausculta por um
minuto;
● Variações da frequência e
profundidade são comuns e sem
significação clínica;
● O choro ou agitação motora
aceleram a FR;
● FC média 120 - 160 bpm;
● Ausculta- se o batimento apical na
região pré-cordial;
Ananda – 66 SC – UC4
● Sopros cardíacos são comuns nos
primeiros dias;
● O choro ou agitação motora
aceleram a FC;
● Temperatura normal: 37º C (entre
36,5 e 37,5º C);
● Pulsos:
o Pulsos femorais: sua
ausência, sugerem coartação
da aorta;
o Pulsos em martelo d’água
sugerem persistência do
canal arterial.
Eliminações
Evacuação:
● Amamentação exclusiva: 8 a 10x ao
dia;
● Alimentação artificial: 1 a 2x ao dia
→ fezes mais consistentes, menos
vezes ao dia;
● 99% dos RN a termo eliminam o
mecônio e a diurese dentro das 48
h após o nascimento;
● Diurese: 20- 25 ml/kg/dia → 8
fraldas.
Pele