Revisão de Embriologia
2 pág.

Revisão de Embriologia


DisciplinaHistologia e Embriologia8.115 materiais369.971 seguidores
Pré-visualização1 página
Disciplina: Histologia e Embriologia
Turma:
Professor: Msc. Mário Soares
Data: 
Revisão de Embriologia (Primeira Parte)
Pessoal, usem tentem resolver essas questões objetivas (clínicas). Depois comentaremos as respostas em sala!
1) Os primeiros pêlos que aparecem são finos, macios e começam a aparecer e se tornam abundantes no segundo estágio sendo substituídos por outros no período perinatal (na época do nascimento). Estes primeiros são denominados:
a) penugem
b) lanugo
c) pêlos intermediários
d) pêlos terminais
e) vellus
2) Um bebê nasceu com vernix caseosa, e um aluno perguntou ao enfermeiro o que era. O enfermeiro respondeu que era uma cobertura:
a) avermelhada devida à perda excessiva de sangue materno em parto transvaginal
b) amarelada devida ao acúmulo de lipídios epidérmicos (ceramidas)
c) escurecida devida à formação de equimoses durante a passagem pelo canal de parto
d) esbranquiçada devida ao acúmulo de células epiteliais e lipídios da pele fetal
e) esverdeada devida à eliminação de mecônio fetal
3) O revestimento epitelial do tubo digestivo deriva do folheto denominado:
a) ectoderma cutâneo
b) mesoderma somítico
c) mesoderma somático
d) mesoderma intermediário
e) endoderma
4) Sobre o surfactante pulmonar, é correto afirmar que:
a) é produzido em todas as quatro fases de maturação pulmonar
b) é produzido pelos pneumócitos tipo 1
c) é produzido pelos pneumócitos 2 a partir do período pseudoglandular
d) alcança níveis adequados no segundo trimestre gestacional
e) a produção de surfactante aumenta durante os estágios finais de gravidez, principalmente durante as duas últimas semanas.
5) O folheto primitivo que origina os rins é:
a) ectoderma cutâneo
b) ectoderma neural
c) mesoderma paraxial
d) mesoderma intermediário
e) mesoderma lateral
6) O ectoderma embrionário, sob a influência da notocorda, origina duas áreas: neural e cutânea. Da área neural, derivam-se o tubo neural e as cristas neurais. Do tubo neural, derivam-se:
a) encéfalo e medula
b) gânglios e nervos
c) encéfalo, medula, gânglios (do SNA e do SNP) e nervos
d) gânglios do SNA e do SNP
e) encéfalo, medula, gânglios (do SNA e do SNP), nervos e epiderme
7) Na prevenção primária de rotina feita em pré-natal para evitar DTN (distúrbio de neurulação):
a) pede-se uma U-S para observar possíveis malformações no embrião
b) elabora-se uma dieta alimentar para nutrir adequadamente o bebê
c) administram-se ferro e vitamina B12 a todas as gestantes
d) administra-se ácido fólico a todas as gestantes
e) solicita-se um hemograma completo, além de glicemia em jejum
8) Um bebê ao nascimento apresentou uma anomalia na região lombar, a qual se caracterizava por uma estrutura protrusa, sendo visíveis os remanescentes do tubo neural, e com extravasamento de LCR (líquido cefalorraquidiano).
Sobre esta malformação podemos afirmar que se denomina:
a) espinha bífida oculta
b) espinha bífida cística, variante meningocele
c) espinha bífida cística, variante meningomielocele
d) espinha bífida, variante mielosquise
e) espinha bífida, compatível com a vida depois da cirurgia
9) Os ductos genitais indiferenciados, mesonéfrico de Wolff e paramesonéfrico de Müller, desenvolvem-se no homem e na mulher, respectivamente. Para a regressão do Müller e o desenvolvimento do Wolff que ocorre nos homens, são necessárias a produção e a ação de dois hormônios:
a) AMH (hormônio antimülleriano) e testosterona
b) testosterona e estrogênio
c) progesterona e testosterona
d) hCG e testosterona
e) Não são necessárias a produção e a ação hormonal, pois o desenvolvimento é passivo
10) A mãe de uma criança recém-nascida, do sexo feminino, consultou um pediatra porque o bebê apresentava secreção líquida em ambas as mamas e a vizinha comentou que isto se chamava \u201cleite de bruxa\u201d. O pediatra explicou que era para não tocar muito para não infeccionar e que era para não se preocupar com o problema de \u201cmamas secretantes\u201d porque sumiria com o tempo, em torno de seis meses. Sobre o caso responda:
a) é uma malformação devida a problema na diferenciação das mamas
b) é uma malformação devida a problema na parte hormonal da hipófise
c) ocorre devido a um excesso de hormônios circulantes produzidos pela mãe, feto e placenta.
d) é uma malformação devida a problema na parte hormonal da supra-renal
e) ocorre por um desequilíbrio entre a produção e a degradação de prolactina pelo fígado.
11) A septação cardíaca acontece em vários locais. A divisão atrial é dependente de:
a) uma formação denominada septo I
b) uma formação denominada septo II
c) uma formação denominada septo infundibular
d) duas formações denominadas cristas bulbares, direita e esquerda
e) duas formações denominadas septo I e II