Questões de morfologia

@sintaxe-do-portugues-i ESTÁCIO EAD

Pré-visualização

MORFOLOGIA

1) Assinale a alternativa que corresponde ao elemento organizado a partir de um elenco infinito de conteúdos, compostos de unidades de som e significado que se articulam segundo regras e organizações próprias. 
(A) linguagem 
(B) língua 
(C) criatividade 
(D) variação 
(E) sistema

2) Considere as afirmações abaixo: 
a) A linguagem se materializa em palavras e símbolos. 
b) A língua é um sistema e possui uma estrutura que a diferencia umas das outras. 
c) A faculdade da linguagem é construída entre os homens para viabilizar as relações de comunicação. 
d) As palavras faladas são o único componente da linguagem verbal. 
A única sequência correta é: 
(A) F – V – V – F 
(B) F – F – V – V 
(C) V – V – V – V 
(D) V – V – V – F 
(E) V – V – F – V

3) O signo linguístico é definido como: 
(A) elemento constitutivo da linguagem humana 
(B) classificação entre palavras verbais e não-verbais 
(C) símbolo da existência de uma língua sem som 
(D) a materialização única de gestos e caricaturas 
(E) ideia e emoção do falante da língua

4) Um exemplo de análise diacrônica da língua está presente em: 
(A) Não desespere-se! – o pronome átono deve estar proclítico 
(B) O plural de mãe e mães 
(C) Ali se encontrava Andréia e sua amiga – o verbo concorda com o núcleo mais próximo do sujeito composto 
(D) O adjetivo arenoso é formado a partir do radical latino aren-(a) 
(E) Aspiramos a uma vida boa! O verbo destacado significa desejar

5) Um dos critérios estabelecidos sobre a relação das palavras no cotidiano, no que tange à estruturação do vocábulo e suas combinações chama-se: 
(A) semântico 
(B) mórfico 
(C) evidente 
(D) elementar 
(E) fonológico

6) Para a dupla articulação da linguagem, estabelecida por Martinet, a função das unidades de articulação são respectivamente: 
(A) diferenciar (1ª articulação) e organizar (2ª articulação) 
(B) diferenciar (1ª articulação) e distinguir (2ª articulação) 
(C) significar (1ª articulação) e organizar (2ª articulação) 
(D) significar (1ª articulação) e distinguir (2ª articulação) 
(E) distinguir (1ª articulação) e sistematizar (2ª articulação)

7) Assinale a alternativa que possua análise correta da palavra retirada da manchete: 
Dez doleiros giraram U$ 2,4 bi em 42 contas nos EUA. 
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u63454.shtml em 21/08/2004 
a) Doleiro: criação recente de jornais, que alia a palavra dólar mais o sufixo –eiro, que significa indivíduo que exerce alguma atividade em relação ao objeto que serve de base para a formação da palavra base, no caso dólar. 
b) Bi: significa dois 
c) EUA: redução que remete aos Estados Unidos da América. 
d) Giraram: palavra formada por vocábulos perfeitos. 
e) CONTAS: verbo na segunda pessoa do singular.

Como podemos perceber as palavras fazendo sentido?
Através da articulação, ou seja, da possibilidade de análise, da divisão em partes.

Como entendemos o que as pessoas querem nos dizer?
Melhor explicando, da DUPLA ARTICULAÇÃO DA LINGUAGEM.

8) Podemos considerar, de forma ampla, o morfema como: 
(A) elemento essencial para o critério funcional da palavra 
(B) parte de um enunciado em construção na língua 
(C) unidade de maior forma em uma palavra 
(D) unidade de significação de um vocábulo 
(E) elemento variável de significado amplo

9) Na palavra infeliz, o elemento grifado é conhecido por: 
(A) morfema derivacional 
(B) morfema categórico 
(C) morfema relacional 
(D) morfema zero 
(E) morfema classificatório

10) Em uma análise morfológica da palavra abaixo, consideramos respectivamente os elementos separados como: 
and + á + va +mos 
(A) raiz, morfe, desinência modo temporal, desinência pessoal 
(B) tema, vogal temática, desinência modo temporal, desinência de gênero 
(C) radical, vogal temática, desinência modo temporal, desinência número pessoal 
(D) raiz, vogal temática, desinência modo temporal, sufixo 
(E) prefixo, raiz, desinência modo temporal, sufixo

11) Em qual dos exemplos a seguir temos exemplo de morfe redundante? 
a)Bondoso/bondosa. 
b)Casa/ casas. 
c)Andava/andei. 
d)Caseiro/casinha. 
e)Autor/autora. 

12) Qual das alternativas a seguir está correta? 
a)Exército/exercito é um exemplo de alternância acentual. 
b)O morfema [s] em casas é um exemplo de morfema classificatório. 
c)Pude/pôde é um exemplo de alternância consonantal. 
d)O morfema [mos] em viajamos é um exemplo de morfema classificatório. 
e)O morfema [a] em bela é um exemplo de morfema derivacional. 
13) Qual das alternativas a seguir, explica INCORRETAMENTE o processo de formação do feminino? 
a)bisavô / bisavó – alternância vocália /ô/ ~/ó/ 
b)mau / má- morfema alternativo 
c)duque / duquesa – alomorfia no radical e acréscimo de desinência (sufixo derivacional) 
d)poeta / poetisa - alomorfia no radical e acréscimo de desinência (SUFIXO DERIVACIONAL) 
e)solteirão / solteirona – desenvolvimento de uma consoante nasal /n/ ates do acréscimo da desinência quando [ ão ] for sufixo aumentativo. 

14) Qual das afirmativas a seguir está INCORRETA no que se refere à noção de morfema zero? 
a)O morfema zero ou morfe zero caracteriza-se pela ausência de segmento fônico que representaria determinada noção. 
b)O plural da palavra lápis é marcado pelo morfema zero. 
c)Em canto, temos a presença do morfema zero para a desinência modo-temporal. 
d)O contraste singular/plural em bar – bares dá-se pela existência do contraste presença/ausência da marcação. 
e)No par boi/vaca temos a flexão de gênero por ocorrência do morfema zero. 

15) Qual das alternativas a seguir, está INCORRETA no que se refere à alomorfia? 
a)A alomorfia não-condicionada implica variações livres que independem de causas fonéticas. 
b)As alternâncias vocálicas em faz, fez, fiz são exemplos de alomorfia não-condicionada. 
c)A alomorfia condicionada implica aglutinação de fonemas nas partes finais e iniciais de constituintes, acarretando mudança fonética. 
d)A alomorfia condicionada é uma mudança morfofonêmica que opera entre fonemas e altera o plano mórfico da língua. 
e)A redução de / in- / a / i- / diante de consoante nasal ( incapaz, imutável.) é um exemplo de alomorfia não-condicionada. 

16) Qual das alternativas a seguir está correta no que se refere à flexão de gênero? 
Em o estudante/a estudante a marcação de gênero é morfológica. 
a)Do ponto de vista morfológico, o substantivo mulher é considerado feminino do substantivo homem. 
b)Em jacaré macho e cobra fêmea teremos variação de gênero devido à presença das palavras macho e fêmea. 
c)Dependendo do referente, „a testemunha‟ poderá ser do gênero masculino ou do gênero feminino. 
d)Em dentista, o [a] final não deve ser considerado desinência de feminino, já que no masculino ele também está presente. 
17) Em qual das palavras abaixo, o morfema [s] é desinência de número? 
a)Lápis 
b)Andávamos 
c)Sabias 
d)Casas 
e)Pires 

18) A partir do que vimos em aula, assinale um exemplo de palavra que se adapta à nomenclatura derivatio voluntaria, de Mattoso Câmara Jr.(1972): 
a)Cantarolar 
b)Fechei 
c)Abriu-se 
d)Cantarolou 
e)Cantar 

19) A partir do que vimos em aula, assinale um exemplo de palavra que se adapta à nomenclatura derivatio naturalis, de Mattoso Câmara Jr.(1972): 
a)amigas 
b)Irreal 
c)Inapto 
d)Desacordado 
e)Infeliz 

20) Assinale a alternativa que possua vogal temática e não desinência de gênero: 
a)Aluno 
b)Criança 
c)Menina 
d)Professora 
e)Deputado 

21) A análise morfológica da palavra se preocupa com o estudo: 
(A) do significado das palavras 
(B) da forma das palavras 
(C) da funcionalidade das palavras 
(D) do som das palavras 
(E) da gramática das palavras

22) Se os morfemas –s (casas) ou –es (cores) correspondem ambos ao plural, então os morfemas –a (pata) e –ó (avó) para o feminino, correspondem a exemplo de: 
(A) alomorfia 
(B) lexema 
(C) morfema zero 
(D) tema 
(E) morfe

23 - Para Kehdi (2007), a distinção entre palavra e vocábulo é de ordem:
1) semântica 
2) mórfica 
3) fonológica 
4) organizacional 
5) funcional

24 - Podemos considerar o morfema como:

        1) elemento essencial parao critério funcional da palavra 
2) parte de um enunciado em construção na língua 
3) unidade de maior forma em uma palavra 
4) unidade de significação de um vocábulo 
5) elemento variável de significado amplo

25 - Em uma análise morfológica da palavra abaixo, consideramos respectivamente os elementos separados como:  and + á + va +mos

        1) raiz, morfe, desinência modo temporal, desinência pessoal 
2) tema, vogal temática, desinência modo temporal, desinência de gênero 
3) radical, vogal temática, desinência modo temporal, desinência número pessoal 
4) raiz, vogal temática, desinência modo temporal, sufixo 
5) prefixo, raiz, desinência modo temporal, sufixo

26 - A análise morfológica da palavra se preocupa com o estudo:

        1) do significado das palavras 
2) da forma das palavras 
3) da funcionalidade das palavras 
4) do som das palavras 
5) da gramática das palavras

27 - Se os morfemas –s (casas) ou –es (cores) correspondem ambos ao plural, então os morfemas –a (pata) e –ó (avó) para o feminino, correspondem a exemplo de:

        1) alomorfia 
2) lexema 
3) morfema zero 
4) tema 
5) morfe

28 - A partir do que vimos em aula, assinale um exemplo de palavra que se adapta à nomenclatura derivatio voluntaria, de Mattoso Câmara Jr.(1972):

        1) Cantarolar 
2) Fechei 
3) Abriu-se 
4) Cantarolou 
5) Cantar

29 - A partir do que vimos em aula, assinale um exemplo de palavra que se adapta à nomenclatura derivatio naturalis, de Mattoso Câmara Jr.(1972):

        1) Amigas 
2) Irreal 
3) Inapto 
4) Desacordado 
5) Infeliz

30 - Assinale a alternativa que possua vogal temática e não desinência de gênero:

        1) Aluno 
2) Criança 
3) Menina 
4) Professora 
5) Deputado

31 - A análise morfológica da palavra se preocupa com o estudo: 
        1) do significado das palavras 
2) da forma das palavras 
3) da funcionalidade das palavras 
4) do som das palavras 
5) da gramática das palavras

32 - Se os morfemas –s (casas) ou –es (cores) correspondem ambos ao plural, então os morfemas –a (pata) e –ó (avó) para o feminino, correspondem a exemplo de:

        1) alomorfia 
2) lexema 
3) morfema zero 
4) tema 
5) morfe

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!