A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
FORMS FISIOPATO - PATOLOGIAS ESOFÁGICAS E GÁSTRICAS (3)

Pré-visualização | Página 1 de 1

27/08/2021 Atividade de patologias esofágicas e gástricas
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd9PGtglOLjLbqJ08IMlTjGyJNOGrlP6UEzNHIvj_M5EG5bcw/formResponse 1/2
QUESTÃO DISSERTATIVA 02
Mulher, 64 anos, procura UBS com queixa de dor em região epigástrica,
náuseas frequentes, pirose e vômitos eventuais. O exame de endoscopia
digestiva alta revela gastrite crônica com urease positiva. Após 5 anos, a
paciente retornou numa consulta e relatou não ter seguido o tratamento.
Apresenta perda de peso (10 kg), astenia, anorexia, plenitude gástrica e
episódios de hematêmese. Uma nova endoscopia foi solicitada revelando
adenocarcinoma gástrico, confirmado no exame histopatológico. Analise o
caso e responda as perguntas abaixo:
PERGUNTA A
100 pontos
PERGUNTA B
Atividade de patologias esofágicas e
gástricas
Seu e-mail será registrado quando você enviar este formulário.
Não é luizammcanale@uni9.edu.br? Trocar de conta
*Obrigatório
Cite um achado macroscópico e um achado microscópico que pode
ser observado na endoscopia e no exame histopatógico da paciente. *
Na microscopia pode ser observado tecido colunar do tipo intestinal enquanto na 
macroscopia massa polipóide
https://accounts.google.com/AccountChooser?continue=https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd9PGtglOLjLbqJ08IMlTjGyJNOGrlP6UEzNHIvj_M5EG5bcw/formResponse&service=wise
27/08/2021 Atividade de patologias esofágicas e gástricas
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd9PGtglOLjLbqJ08IMlTjGyJNOGrlP6UEzNHIvj_M5EG5bcw/formResponse 2/2
100 pontos
Nunca envie senhas pelo Formulários Google.
Este formulário foi criado em Uninove. Denunciar abuso
A paciente evolui para adenocarcinoma gástrico após ter sido
diagnosticada com gastrite crônica 5 anos atrás. Explique a patogenia
desse processo. *
A gastrite provavelmente foi causada por infecção por H. pylori produz muita urease, 
quando chega no estômago altera o pH, convertendo a ureia em amônia e adentra o muco 
aderindo-se no epitélio causando danos nas células epiteliais. O processo inflamatório 
promove ainda mais danos ao epitélio e com a chegada do ácido gástrico no local. Essa 
lesões causam gastrite crônica e metaplasia intestinal e assim levando ao 
adenocarcinoma gástrico
Voltar Próxima
 Formulários
https://docs.google.com/forms/u/0/d/e/1FAIpQLSd9PGtglOLjLbqJ08IMlTjGyJNOGrlP6UEzNHIvj_M5EG5bcw/reportabuse?source=https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd9PGtglOLjLbqJ08IMlTjGyJNOGrlP6UEzNHIvj_M5EG5bcw/viewform
https://www.google.com/forms/about/?utm_source=product&utm_medium=forms_logo&utm_campaign=forms

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.