Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
PROVA - PARASITOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina: PARASITOLOGIA AV 
 23/05/2022 
 
 
 
 
 
EM2120490 - INTRODUÇÃO À PARASITOLOGIA 
 
 
 1. Ref.: 5265385 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A malária é uma doença infecciosa provocada, transmitida pela picada de fêmeas de mosquitos 
do gênero Anopheles. Cerca de 40% da população mundial vive em áreas com risco de 
transmissão de malária. No Brasil, o maior quantitativo de casos ocorre na região Norte. Sobre 
essa doença, analise as afirmativas a seguir: 
 I - A doença de Chagas é uma doença causada pelo gênero Trypanosoma, um protozoário 
pertencente ao reino Animalia. 
II - O médico ao confirmar o diagnóstico deve notificar o caso ao SUS, pois essa é uma doença 
de notificação compulsória. 
III - A espécies deste gênero são parasitos obrigatórios com um flagelo localizado anterior- ou 
lateralmente. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
I e III 
 II e III 
 
II 
 I 
 
III 
 
 
 2. Ref.: 5257168 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
As doenças humanas provocadas por amebas são comumente associadas a quadros 
intestinais, com sintomas como a diarreia. No entanto, quadros graves de infecções por 
amebas de vida livre no sistema nervoso central têm sido relatados, principalmente nos 
Estados Unidos. O gênero Naegleria é o mais conhecido das amebas de vida livre que podem 
parasitar o homem. Assinale a alternativa que corresponde a principal forma de transmissão 
dessas amebas de vida livre? 
 
 
Transmissão por um mosquito do gênero Aedes 
 
Ingestão de alimentos e água contaminada 
 Fontes de água termais contaminadas com o parasito 
 
Relação sexual desprotegida 
 
Penetração das formas infectantes do parasito pela pele 
 
 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265385.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257168.');
 
EM2120491 - PROTOZOÁRIOS PARASITOS DO HOMEM 
 
 
 3. Ref.: 5257296 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Uma mulher sem histórico de infecção pelo Toxoplasma gondii engravida e durante suas 
consultas de pré-natal descobre sobre a possibilidade de contrair toxoplasmose e os perigos da 
infecção na gravidez. Ao conversar com a médica, ela informa que tem gatos em casa. Qual 
alternativa está correta? 
 
 
A toxoplasmose é uma doença exclusiva de gatos, não havendo hospedeiros 
intermediários como outros mamíferos e aves. 
 
A mulher grávida não precisa se preocupar nunca, pois toxoplasmose não passa para o 
feto em desenvolvimento. 
 
A mulher grávida deve se livrar do gato o quanto antes, pois ele é um perigo para sua 
gravidez, pois o animal libera os cistos com frequência. 
 
Os gatos liberam oocisto todos os meses de acordo com o ciclo de replicação do 
toxoplasma dentro dele. 
 A mulher grávida não precisa doar seu gato, apenas deve evitar contato com as fezes 
do seu pet e nunca ingerir carne malcozida. 
 
 
 4. Ref.: 5257294 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
No grupo Salivaria, destaca-se protozoários responsáveis pela a doença do sono. Essa doença 
tem como vetor as moscas tsé-tsé. Sabendo isso, quais são as espécies que são transmitidos 
através da picada de moscas tsé-tsé? 
 
 Trypanosoma brucei rhodesiense e Trypanosoma brucei gambiense 
 
Plasmodium vivax e Plasmodium falciparum 
 
Entamoeba histolytica e Toxoplasma gondii 
 
Leishmania brasiliensis e Leishmania donovani 
 
Giardia lamblia e Trichomonas vaginalis 
 
 
 
EM2120492 - PLATELMINTOS PARASITOS DO HOMEM 
 
 
 5. Ref.: 5263263 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O Hymenolepis nana já foi denominado Taenia nana, depois Vampirolepis nana e. Essa espécie 
é cosmopolita, atingindo roedores, humanos e outros primatas, estimando-se que atinja 75 
milhões de pessoas que vivem em baixas condições sanitárias e em aglomerados no mundo 
todo. Com relação às informações sobre o parasito e a doença por ele causada, assinale a 
alternativa CORRETA. 
 
 Os sintomas atribuídos as crianças são: agitação, insônia, irritabilidade, diarreia, dor 
abdominal, frequentemente ocorrendo sintomas nervosos. Não havendo icterícia. 
 Os ovos do Hymenolepis nana são quase esféricos, medindo cerca de 40 µm de 
diâmetro. São transparentes e incolores, têm uma membrana interna que apresenta 
dois mamelões claros em posições opostas, dos quais partem alguns filamentos longos. 
Sua morfologia se assemelha a um chapéu de mexicano, visto por cima. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257296.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257294.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263263.');
 
O parasito, quatro dias após penetrar as vilosidades do jejuno ou íleo, transforma-se 
em larva filarioide, com aspecto afilado e comprido. Essa larva passa através dos 
tecidos resultando em uma excessiva exposição sistêmica aos antígenos parasitários. 
 
O aparecimento de perturbações está associado à idade do paciente e ao número de 
vermes albergados. 
 
Esse helminto apresenta apenas ciclo heteroxênico, no qual utiliza como hospedeiro 
intermediário alguns insetos como Xenopsylla cheopis, Ctenocephalides canis, Pulex 
irritans, Tenebrio molitor e Tribolium confusum. 
 
 
 6. Ref.: 5260246 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A classe Cestoda compreende um grupo de parasitos hermafroditas, que apresentam o corpo 
achatado dorsoventralmente. Entre eles, os mais encontrados parasitando o homem 
pertencem à família Taenidae, que causam a teníase e cisticercose. O ciclo das tênias implica 
dois hospedeiros, um definitivo e um intermediário - e uma fase de vida livre. Medidas de 
controle da teníase dependem das características epidemiológicas da enfermidade em uma 
região, incluindo condições econômicas, sociais e culturais. A principal medida consiste em 
interromper o ciclo evolutivo do parasita, a fim de evitar a infecção nos animais e na população 
humana. As estratégias consistem, fundamentalmente, em: melhoramento das condições de 
saneamento do meio ambiente; tratamento de toda a população; melhoramento da criação de 
animais (evitar o acesso de animais a fezes humana); incrementar a inspeção veterinária de 
produtos cárneos; evitar o abate e comércio de produtos clandestinos; educação em saúde 
enfatizando a adoção de hábitos de higiene. (Fonte: PFUETZENREITER, M. R; ÁVILA-PIRES, F. 
D. Epidemiologia da teníase/cisticercose. Ciência Rural, Santa Maria, 2000, v. 30, nº 3, p. 541-
548.) 
Sobre o ciclo de vida da Taenia solium, é CORRETO afirmar: 
 
 Ao atravessar a parede dos vasos sanguíneos, a oncosfera se instala nos tecidos do 
hospedeiro intermediário (suíno), geralmente músculos de maior movimentação. 
 
No interior dos tecidos do hospedeiro definitivo (homem), a oncosfera se transforma no 
verme adulto, tênia, que começa a crescer nos músculos e depois vai para o intestino. 
 
A oncosfera presente no hospedeiro definitivo (homem) penetra nas vênulas e atinge as 
veias e os vasos linfáticos mesentéricos. 
 
O cisticerco é encontrado no intestino do hospedeiro definitivo (suíno) e forma a 
oncosfera. 
 
Os humanos parasitados eliminam cisticercos pelas fezes, estes se rompem no meio 
externo. 
 
 
 
 
EM2120493 - NEMATELMINTOS 
 
 
 7. Ref.: 5263225 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A ancilostomíase também é conhecida como amarelão, devido à presença de intensa anemia, 
que deixa a pele do indivíduo infectado com aspecto amarelado. Três espécies conhecidas por 
infectar o homem distribuem-se em diferentes regiões geográficas do mundo. Assinale a 
alternativa com as três espécies de ancilostomídeos capazes de infectar o homem: 
 
 
Wuchereria bancrofti, Ancylostoma duodenalem e Necator americanus. 
 Ancylostoma duodenale, Necator americanus e Ancylostoma ceylanicum. 
 
Ancilostomidium americanus, Ancylostoma duodenale e Necator americanus. 
 Ancilostoma duodenale, Necator americanus e Strongyloides stercoralis. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260246.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263225.');
 
Trichinella spiralis, Mansonella
Página12