A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Esôfago e estômago

Pré-visualização | Página 1 de 1

Esôfago e estômago 
Esôfago 
• É um tubo muscular 
com aproximadamente 
25 cm de comprimento 
que liga a faringe até o 
estômago 
 • Início – borda inferior 
da cartilagem cricóide 
(C6) 
 • Final – cárdia 
• Transporte 
unidirecional do bolo 
alimentar 
 • Contração e 
relaxamento – 
propulsão longitudinal 
 • Contração e 
relaxamento – 
compressão transversal 
e esfincteriana 
• A traqueia situa-se anteriormente ao 
esôfago, a coluna vertebral e a fáscia 
cervical profunda são posteriores 
• Os 3 estreitamentos anatômicos do esôfago 
e sua camada adventícia propiciam a 
formação de divertículos 
Esôfago cervical – nível de C6 – C7 
 • A artéria carótida comum, o nervo 
laríngeo recorrente, os lobos inferiores da 
glândula tireoide e a glândula parótida são 
laterais 
 • O músculo longo do pescoço e a lâmina 
pré-vertebral da fáscia cervical encontram-se 
posteriormente 
Esôfago torácico – situado um pouco para a 
esquerda (é cruzado pela aorta) no 
mediastino superior entre a traqueia e a 
coluna vertebral 
 • A metade superior é posterior a traqueia e 
a metade inferior é posterior ao pericárdio 
 • A traqueia, a artéria pulmonar direita, o 
brônquio principal esquerdo, o pericárdio e o 
diafragma se encontram anteriormente 
 • O ducto torácico, o músculo longo do 
pescoço, a veia ázigo, a aorta descendente 
e as artérias intercostais posteriores direitas 
estão localizadas posteriormente ao esôfago 
 • Mediastino superior - a parte terminal do 
arco da aorta, a artéria subclávia esquerda, 
o ducto torácico, a pleura esquerda e o 
nervo laríngeo recorrente são relacões 
laterais esquerdas 
 • Mediastino inferior – descendente 
torácica da aorta e a pleura esquerda 
 • Os nervos vagos descem em contato com 
o esôfago 
 • As pleuras direita e esquerda estão 
localizadas lateralmente 
 • Hiatos diafragmáticos – aórtico, esofágico 
e da veia cava 
 
Esôfago abdominal – apresenta 2 cm de 
comprimento 
 • Inicia a partir do hiato esofágico do 
diafragma em oposição ao nível de T10 
 • Termina no óstio cárdico do estômago 
 • Se encontra posterior ao lobo esquerdo 
do fígado 
 • Junção gastroesofágica/óstio cárdico do 
estômago 
 • Plexos nervosos - celíaco, gástrico e 
tronco vagal anterior e posterior que 
promovem o controle do tônus muscular 
Yarlla Cruz 
 • Pilar diafragmático 
 • Ligamento frenicoesofágico - fixa a 
parte abdominal do esôfago ao diafragma 
por tecido conjuntivo 
 • Ângulo de His 
 • Anel adiposo sub-hiatal – fixa o esôfago 
as fibras dos pilares 
 
Suprimento vascular 
• Irrigação arterial 
 • Cervical – ramos esofágicos da artéria 
tireóidea inferior (tronco tireocervical) 
 • Torácico – ramos esofágicos aórticos 
 • Abdominal – ramos das artérias frênicas e 
artéria gástrica esquerda (tronco celíaco) 
• Drenagem venosa 
 • Cervical – veia tireóidea inferior 
 • Torácico – veia ázigo, hemi-ázigo, 
intercostais e bronquiais 
 • Abdominal – veias esofágicas inferiores 
 
Inervação 
• Cervical – nervo laríngeo recorrente (vago) 
• Torácica – tronco simpático e plexo 
esofágico 
• Abdominal – plexo esofágico 
• Simpática – tronco simpático (gânglios 
paravertebrais torácicos) e plexo celíaco 
• Parassimpática – nervos vagos (laríngeo 
recorrente e tronco vagal ) 
 
Estômago 
• É uma câmara móvel composta por 
camadas musculares 
• É a parte mais larga do trato alimentar e se 
encontra entre o estômago e o duodeno 
• Superfície anterior – está em contato com o 
diafragma, com a superfície gástrica do 
baço, os lobos esquerdo e quadrado do 
fígado e a parede abdominal anterior 
 • É toda recoberta pelo peritônio 
• Superfície posterior – é coberta pelo 
peritônio, exceto próximo ao óstio cárdico 
 • Apresenta o diafragma, artérias e veias 
frênicas, glândula suprarrenal esquerda, rim 
esquerdo, baço e artéria esplênica, pâncreas 
• Óstio cárdico – é a abertura do esôfago no 
estômago 
 • Situado na linha esquerda mediana, 
posterior a sétima cartilagem costal, no nível 
de T10 
 • Lado direito – continuo com a curvatura 
menor (apresenta a incisura angular) 
 • Lado esquerdo – continuo com a 
curvatura maior 
Yarlla Cruz 
• Óstio pilórico – é a abertura do estômago 
no duodeno 
 • Está localizado superior e a direita do 
umbigo 
 • Esfíncter pilórico – espessamento da 
musculatura circular gástrica entrelaçada 
com algumas fibras longitudinais 
 
Curvaturas gástricas 
• Curvatura menor – se estende entre os óstios 
cárdico e pilórico, formando a margem 
medial do estômago 
 • Incisura angular 
 • Omento menor – está inserido nessa 
curvatura e contém os vasos gástricos direito 
e esquerdo; ligamento gastrohepático 
• Curvatura maior – se estende da incisura 
cárdica 
 • Sulco intermédio – próximo a constrição 
pilórica 
 • Oferece inserção para o ligamento 
gastroesplênico (contém as artérias gástricas 
curtas e a esplênica) e para o omento maior 
(ligamento gastrofrênico, gastrocólico e 
gastroduodenal) 
Partes do estômago 
• Cárdia (T11) - é a abertura gástrica ao 
esôfago, não apresenta peritônio, é imóvel e 
gera a incisura cárdica 
• Fundo (T9) – localizado acima do nível da 
incisura cárdica e abriga ar 
 • Está junto a cúpula esquerda 
diafragmática – movimentação 
• Corpo (até L3) – se estende do fundo até a 
incisura angular 
 • É a maior parte e sua atividade muscular 
é desprezível 
• Piloro (L2) – mais espesso e móvel 
 • Gera a incisura angular 
 • Antro pilórico – é uma dilatação que se 
estende da incisura angular até o sulco 
intermédio 
 • Canal pilórico – apresenta o esfíncter 
pilórico e termina no óstio pilórico 
Suprimento vascular 
• Irrigação arterial 
 • Curvatura menor – gástrica esquerda 
(tronco celíaco) e gástrica direita (hepática 
comum do tronco celíaco) 
 • Curvatura maior – frênica inferior 
esquerda, gástricas curtas (esplênica), 
gastroepiplóica esquerda (esplênica) e 
gastroepiplóica direita (gastroduodenal) 
• Drenagem venosa – são tributárias da veia 
porta 
 • A veia gástrica esquerda se comunica 
com as varizes esofágicas 
 
 
Yarlla Cruz 
Inervação 
• Plexo celíaco – fibras simpáticas pré-
ganglionares e parassimpáticas 
• Nervo frênico esquerdo – fibras simpáticas 
• Nervo vago – fibras parassimpáticas do 
tronco encefálico 
 • Promovem estimulação ácida e 
contração muscular 
 • Tronco vagal anterior – corpo, fundo e 
piloro 
 • Tronco vagal posterior – cárdia, fundo e 
corpo 
 
 
Yarlla Cruz

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.