A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
CALORIMETRIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Série: 3° SÉRIE
Data: / /22
Disciplina: FÍSICA 2
Professor (a): MARCUS GUERRA
Aluno(a): 
Turma: 3001
PROVA DISCURSIVA – P2 – 2° CHAMADA
U
QUESTÃO 01. 
	Na refrigeração de motores de automóveis, a substância refrigerante tanto pode ser o ar como a água. 
Dados:
calor específico do ar 
calor específico da água 
CALCULE a razão entre a massa de ar e a massa de água, para proporcionar a mesma refrigeração no motor de um automóvel.
	
QUESTÃO02. 
Para explicar o princípio das trocas de calor, um professor realiza uma experiência, misturando em um recipiente térmico de água a com de água a 
Desprezadas as perdas de calor para o recipiente e para o meio externo, DETERMINE a temperatura de equilíbrio térmico da mistura, em .
QUESTÃO 03. 
A água é essencial para a vida, não apenas por compor a maior parte do corpo das plantas, mas também pelas suas propriedades. Devido às pontes de hidrogênio formadas entre as moléculas, a água tem um alto calor específico e também um alto calor latente de vaporização. Essas propriedades são essenciais para a regulação térmica das plantas em um ambiente em constante mudança, onde temperatura e disponibilidade de água variam sazonalmente.
a) Tecidos hidratados possuem menor variação da sua temperatura se comparados a tecidos desidratados. Considerando o enunciado, defina a propriedade da água que explica esse fenômeno.
b) Em uma situação de baixa disponibilidade de água no solo, a temperatura das folhas aumenta. Com base no enunciado, explique esse fenômeno.
QUESTÃO 04. 
Duas amostras de massas iguais, uma de ferro e uma de alumínio, recebem a mesma quantidade de calor Sabendo que o calor específico do ferro vale que o calor específico do alumínio vale e que a temperatura da amostra do ferro se elevou em após receber a quantidade de calor CALCULE qual foi a variação da temperatura da amostra de alumínio após receber a mesma quantidade de calor.
QUESTÃO 05. 
Considere X e Y dois corpos homogêneos, constituídos por substâncias distintas, cujas massas correspondem, respectivamente, a 20 g e 10 g. O gráfico abaixo mostra as variações da temperatura desses corpos em função do calor absorvido por eles durante um processo de aquecimento.
DETERMINE as capacidades térmicas de X e Y e, também, os calores específicos das substâncias que os constituem. 
QUESTÃO 06. 
 Clarice colocou em uma xícara 50 mL de café a 80 °C, 100 mL de leite a 50 °C e, para cuidar de sua forma física, adoçou com 2 mL de adoçante líquido a 20 °C. Sabe-se que o calor específico do café vale 1 cal/(g.°C), do leite vale 0,9 cal/(g.°C), do adoçante vale 2 cal/(g.°C) e que a capacidade térmica da xícara é desprezível.
Considerando que as densidades do leite, do café e do adoçante sejam iguais e que a perda de calor para a atmosfera é desprezível, depois de atingido o equilíbrio térmico, DETERMINE a temperatura final da bebida de Clarice, em °C.
QUESTÃO 07. 
Sabendo que foi necessário ceder 54 Kcal de calor a um bloco de gelo para este se fundir. Calcule a massa de gelo em questão sabendo que LF (GELO)=540 cal.
	Objeto
	
	
	
	I
	
	
	
	II
	
	
	
	III
	
	
	
	IV
	
	
	
QUESTÃO 08. 
Em um estudo sobre fenômenos térmicos, foram avaliados quatro objetos distintos, cujos valores de massa de quantidade de calor e de variação de temperatura estão apresentados na tabela abaixo.
Com base nesses dados, CALCULE o maior e o menor calor específico da tabela.
QUESTÃO 09. 
A figura a seguir mostra a curva de aquecimento de uma amostra de de uma substância hipotética, inicialmente a no estado sólido, em função da quantidade de calor que esta recebe.
Determine o valor aproximado do calor latente de vaporização da substância, em 
300g
80C
°
200g
10C.
°
C,
°
Q.
0,11calgC,
°
0,22calgC
°
200C
°
Q,
m(g)
Q(cal)
(C)
Δθ
°
20
100
10
30
120
60
150
40
180
15
m,
Q
Δθ
200g
15C,
°
0,25calgC.
=×°
calg.
1,00calgC.
=×°

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.