A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Gametogênese Masculina

Pré-visualização | Página 1 de 1

Monique Araujo 
1 
 
 Gametogênese Masculina 
 A gametogênese masculina também pode ser chamada de espermatogênese 
e inicia-se na puberdade, quando os testículos iniciam a secreção do hormônio 
esteroide chamado de testosterona, que é capaz de estimular o crescimento dos 
testículos com o amadurecimento dos túbulos seminíferos e a produção dos 
espermatozoides. 
O início da espermatogênese acontece por divisões mitóticas das 
espermatogônias. Durante o processo de espermatogênese acontece uma 
migração progressiva das células do lado basal para o lado luminal do epitélio 
seminífero. As espermatogônias se dividem gerando células filhas que renovam 
constantemente a população de 
células-tronco (espermatogônias) 
ou iniciam a meiose, formando 
espermatócitos primários que se 
dividem em dois espermatócitos 
secundários e posteriormente em 
quatro espermátides. Até esse 
momento, todas as células em 
divisão mantêm uma ligação 
citoplasmática. Por fim, há ruptura 
das conexões entre as células e sua 
liberação no lúmen do túbulo, um 
processo chamado de 
espermiogênese. 
O espermatozoide completamente 
formado e funcional é composto de três partes: 
Cabeça – onde fica o núcleo condensado e uma vesícula, denominada acrossomo, 
que contém enzimas hidrolíticas que permitem a penetração do ovócito. 
Peça Intermediária – possui mitocôndrias que geram emergência para o 
movimento. 
Cauda – contém os microtúbulos que permitem o deslocamento. 
Monique Araujo 
2 
 
 A fase final de 
maturação do 
espermatozoide 
ocorre dentro do 
trato genital 
feminino e 
provoca 
modificações que 
permitem que o acrossomo libera sus enzimas durante a fertilização. Essa fase 
denomina-se capacitação.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.