Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Biossíntese de Lipídeos CONF4|MOD3|P2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Ayall� Thamar�
Conferênci�| Módul� 3| P2| Medicin�
BIOSSÍNTESE DE LIPÍDEOS
CARACTERÍSTICAS
- grupo heterogêneo de complexos
orgânicos;
- apresentam baixa solubilidade em
solventes polares;
- utilizados para diversas funções do
organismo;
- principais representantes (ácidos
graxos, triglicerídeos, ésteres de
colesterol, glicerofosfolipídeos);
ÁCIDOS GRAXOS
- possuem cadeia carbônica longa
- adquiridos na alimentação;
- principal forma de
armazenamento energético em
animais;
- formação de tecido adiposo;
- síntese de novo (lipogênese)
{utilização de carboidratos e
proteínas excedentes};
SÍNTESE DE ÁCIDO GRAXO
- acontece no citoplasma;
- a molécula precursora é o
Acetil-coA;
- enzima: Acetil-coA carboxilase;
- participação do complexo
enzimático (ácido graxo sintase)
● complexo 1: entrada e
condensação (
acetil-transferase, maionil
transferase e beta-cetoacil
sintase).
● complexo 2: promove a
redução e desidratação (
proteína carreadora de
acila, beta-cetoacil
redutase, desidratase e
enoil redutase).
● complexo 3: liberação de
ácido graxo -palmitato
(tioesterase).
- o NADPH é o agente redutor;
- constituída por 4 etapas:
condensação, redução,
desidratação e redução
PASSO-A-PASSO
1. formaçã� d� aceti�-c�A
- os grupos cetila saem da
mitocôndria como citrato;
- no citosol, eles são convertidos em
acetil-coA para a síntese dos ácidos
graxos;
- o oxaloacetato é reduzido a malato
porlo NADH;
- o malato no citosol é reduzido
oxidado a piruvato, com redução
de NADP pela enzima malato
descarboxilases;
- o piruvato produzido retorna a
matriz mitocondrial;
Ayall� Thamar�
Conferênci� | Módul� 3| P2| Medicin�
2. Formaçã� d� maloni�-c�A
- usa acetil-coA
- enzima: acetil-coA carboxilase(é a
principal reguladora da síntese de
lipídeos), coenzima(biotina)
- consumo de 1 ATP
3. Condensaçã� � carregament�
● entrada:
- ação da acetil-coA-ACP transferase
(insere o acetil-coA.
- ação da malonil-coA ACP
transferase (insere o grupo
malonil-coA.
● condensação:
- ação da beta-cetoacil sintase:
promove a união do acetil-ACP
com o malonil-ACP formando o
acetoacetil-ACP.
- liberação de CO2
4. Primeir� reduçã�
- ação da beta-cetoacil-ACP
redutase;
- o NADPH é utilizado para reduzir
o Acetoacetil-ACP formando
D-3-hidroxibutiril-ACP( álcool).
5. Desidrataçã�
- ação da beta-hidroxibutiril
desidratase;
- desidratação da
D-3-hidroxibutiril-ACP em
crotonil-ACP + H2O;
6. Segund� reduçã�
- ação da enoil-ACP-redutase;
- conversão do crotonil-ACP +
NADPH em butiril-ACP + NADP;
7. Translocaçã� d� Butiri�
- ação da beta-cetoacil sintase:
adquire o butiril recém-formado
deixado livre a
malonil-coA-ACP-sintase para
nova entrada de uma malonil-coA
- o ciclo se repete por mais 6x
formando o ácido palmítico (16C)
REGULAÇÃO DA SÍNTESE DOS ÁCIDOS
GRAXOS
● regulaçã� d� aceti�-c�A carb�ilas�
(local)
- ativada: excesso de
glicídios e energia, escassez
de ácidos graxos
(desfosforilação).
- inativada: baixa carga
energética (fosforilação).
- alostérica: presença de
citrato.
(hormonal)
- insulina: ativa a síntese de ácido
graxo (ativa acetil-coA
carboxilase).
Ayall� Thamar�
Conferênci� | Módul� 3| P2| Medicin�
- glucagon e epinefrina: promove a
degradação de ácido graxo
(inativam a acetil-coA carboxilase).