Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Hormônios Adrenocorticais CONF9|MOD3|P2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Ayall� Thamar�
Conferênci�| Módul� 3| P2| Medicin�
HORMÔNIOS ADRENOCORTICAIS
GLÂNDULA SUPRARRENAL
● secreta tanto neuro-hormônio,
quanto hormônios clássicos;
● a região medular é responsável
pela produção catecolaminas, que
irão mediar respostas rápidas em
condições de luta ou fuga;
● a região cortical secreta vários
hormônios, dentre eles,
hormônios sexuais, aldosterona e
glicocorticóides;
- dividid� e� 3 camada�:
mais externamente a zona
reticular (hormônios
sexuais), mais
medialmente a zona
fasciculada (
glicocorticóides) e mais
internamente a zona
glomerulosa ( aldosterona).
➔ síntese de hormônios
esteróides:
- Tem como precursor o
colesterol, que sofre ação
enzimática, dando como
produto final aldosterona,
glicocorticoide e
androgênio .
● por que a androstenediona é proibida
entre atletas?
Ela é um pró-hormônio da
testosterona, e a testosterona tem
propriedades anabólicas, o que
garantiria vantagem ao atleta.
➔ açõe� d� ald�teron�
- ela se liga a um receptor
citoplasmático; há a
formação do complexo
hormônio-receptor para
iniciar a transcrição no
núcleo; após isso são
sintetizados novos canais e
bombas; as proteínas
induzidas pela aldosterona
modifica as proteínas
existentes e como resultado
teremos um aumento da
reabsorção de de sódio e a
secreção de potássio.
Ayall� Thamar�
Conferênci� | Módul� 3| P2| Medicin�
● na ausência de aldosterona
- sem aldosterona há
aumento da concentração
de potássio no líquido
extracelular e os íons de
sódio e cloro não
rapidamente eliminados;
os volumes do LEC e do
sangue são muito
reduzidos;
● excesso de aldosterona: provoca
fraqueza muscular grave e alcalose
metabólica
● deficiência de aldosterona:
provoca toxicidade cardíaca ,
arritmias e insuficiência cardíaca
● Outros efeitos: tem efeito sobre as
glândulas sudoríparas e salivares,
como também na absorção
intestinal de sódio.
Fatores que controlam a secreção de aldosterona
➔ efeit� d� cortiso�
- CRH (hipotálamo) > ACTH
(adeno-hipófise) > cortisol
(cortex da suprarrenal);
- o ritmo circadiano e o
estresse estimulam a
produção de cortisol;
- a sua secreção é contínua e
tem pico pela manhã e vai
reduzindo ao longo do dia.
- tem efeitos sobre o sistema
imune, fígado, músculo e
tecido adiposo.
★ efeito protetor contra a
hipoglicemia: gliconeogênese
hepática, degradação de proteínas
do músculo esquelético, aumento
da lipólise.
★ efeito no sistema imune: inibe a
liberação de citocinas
in�lamatórias, produção de
Ayall� Thamar�
Conferênci� | Módul� 3| P2| Medicin�
anticorpos pelos leucócitos e evita
a rejeição de órgãos
transplantados.
★ efeitos nos íons: reduz a absorção
intestinal de cálcio, e aumenta a
excreção renal e degradação da
matriz óssea.
★ efeitos na função cerebral:
alteração do humor, memória e
aprendizagem.
❖ Hipercortisolismo (síndrome de
cushing): aumento da secreção de
cortisol devido a um tumor na
glândula ou aumento de ingestão
exógena; causa hiperglicemia,
degradação de proteínas
musculares, depósito de gordura
no tronco e face, euforia seguida
de depressão; comprometimento
da aprendizagem e memória.
❖ Hipocortisolismo (doença de Addison):
hipossecreção de todos os
hormônios esteróides da
suprarrenal, defeitos hereditários
de enzimas para produção de
esteróides;
➔ efeit� da� catecolamina�
- estimula a glicogenólise e
gliconeogênese no fígado e
nos músculos esqueléticos;
- adrenalina: estimulador
cardíaco;
- noradrenalina:
vasoconstritor