A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Mapa mental Divisão celular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Inicio da condensação dos cromossomos
Nucléolo desaparece
Formação das fibras do fuso (centrôssomo)
Desintegração do envoltório nuclear
Cromossomos se alinham no plano equatorial
Cromossomos atingem o máximo grau de condensação
Fuso mitótico se liga aos (cinetócoros) estrutura proteica lateralmente associadaao centrômero de cada cromátide
Separação das cromátides irmãs
Cromossomos moveram-se para os pólos opostos
Encurtamento dos microtúbulos se dá por perdas de subunidades de
tubulina
Fase reducional
Metade de cromossomos da
célula mãe
(crossing-over)
EMBARALHAMENTO
DOS GENES
As fibras do fuso se fixam nos
 centrômeros dos cromossomos
Tipos de divisão
celular:
EUCARIOTOS
MITOSE:
-Crescimento, desenvolvimento e reparo; 
-Reprodução assexuada (célula mãe gera duas células filhas idênticas); 
-Ocorre nas células somáticas.
-Equacional
-Forma 2 células filhas
Citocinese: processo que divide a célula
inteira em duas novas células. (divisão
do citoplasma)
Antes da mitose a célula está em INTERFASE
- G1: Crescimento celular e
preparação para a duplicação
do DNA nuclear.
 - S: Duplicação do DNA.
 - G2: Crescimento da célula e
duplicação completa do DNA
PRÓFASE
formado por microtúbulo
METÁFASE
Divisão celular
Cada cromatide irmã
representa uma molécula
de DNA
ANÁFASE
Fase final; fase de reconstrução
Envoltório nuclear é reorganizado ao redor de cada lote de cromossomos
Cromossomos descondensam
Reorganização dos nucléolos
TELÓFASE
(agora chamadas cromossomos filhos)
Citocinese
anel de actina e miosona contrátil 
- Reprodução sexuada;
- Ocorre em células reprodutivas;
- Origina gametas
- Reducional
- Forma 4 células filhas
MEIOSE I
MEIOSE II
Fase equacional
número de cromossomos é
igual
Inicio da condensação dos cromossomos
início do pareamento dos cromossomos
homólogos (sinapse)
inicia-se o crossing-over
Recombinação homologa: Troca de material
genético entre os cromossomos homólogos 
 unidos por quiasmas
Condensação total dos cromossomos,
terminalização dos quiasmas, desagregação da
membrana nuclear e dos nucléolos
PRÓFASE I
METÁFASE I
MEIOSE 
Cada homólogo se replica
para dar origem à duas
cromátides irmãs
Par de cromossomos
homólogos
Cinetócoros das cromátides irmãs se fundem
As 2 cromátides comportam-se como unidade
Cromossomos se alinham no plano equatorial
Segregação cromossômica!!
Segregação cromatídica!!
Separação de cada cromossomo homólogo, com as suas duas cromátides
unidas pelo centrômero, para os pólos opostos da célula
Não há divisão dos centrômeros
Ocasionalmente podem não ocorrer fenômenos de disjunção cromossômica
ANÁFASE I
Chegada dos cromossomos
homólogos aos pólos opostos
TELÓFASE I
PRÓFASE II
-Fase muito curta;
- Os cromossomos ainda estão
constituídos por duas
cromátides;
-Formação das fibras do fuso;
-Carioteca e nucléolo
desaparecem
novamente.
-Alinhamento dos
cromossomos na placa
equatorial da célula; 
-Ocorre duplicação
dos centrômeros para
a posterior separação
das cromátides irmãs
na fase seguinte.
METÁFASE II ANÁFASE II
-Divisão do
centrômero; 
-As cromátides
irmãs migram
para os pólos
opostos da
célula.
-Ao chegar aos pólos da
célula, cada grupo de
cromossomos é envolvido
pela membrana nuclear;
 -Reorganização do nucléolo;
-A cromatina se descondensa
e o fuso desaparece.
TELÓFASE II
CARACTERÍSTICAS
ÚNICAS DA
MEIOSE:
 -Sinapse;
 -Recombinação
homóloga; 
-Divisão reducional.Segunda meiose é similar a uma mitose normal, entretanto devido ao crossingover 
da meiose I, as cromátides irmãs na meiose II não são idênticas. Karine Pestana
Karine Pestana

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.