A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
41 pág.
Guia introdutório

Pré-visualização | Página 1 de 6

C O M O P A R A R C O M A P O R N O G R A F I A H O J E ?
G U I A I N T R O D U T Ó R I O
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
Advertência Legal
As informações e opiniões contidas neste guia são de caráter informativo e educacional. Elas não têm a
pretensão de serem substitutas de tratamentos médicos ou psicológicos. Muito menos incentivadoras
da interrupção desses tratamentos. Também não devem ser utilizadas como diagnóstico médico.
Ao fazer o download e ler este material, você declara estar plenamente ciente disso e declara ser
inteiramente responsável pelo uso que fizer delas, cabendo somente a você e não a nós, o ônus e as
consequências legais decorrentes dos seus atos.
Os direitos autorais deste guia estão reservados e o único canal autorizado para a venda e distribuição
desse material é o site www.vícioempornografiacomoparar.com.
Sua licença é única, exclusiva e intransferível. Você não tem permissão para copiar, vender, distribuir,
editar, comentar, ampliar ou reduzir este material ou partes dele, estando sujeito às penalidades da lei,
caso o fizer.
2
http://www.vícioempornografiacomoparar.com/
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
Introdução
Olá, meu nome é Rafael Rossi.
Talvez você tenha ouvido falar de mim em sites, como: Papo
de Homem, Separei e Agora?, Hipertrofia e PUA Base.
Eu sou Psicólogo e também o criador do site Vício em
Pornografia | Como Parar? (o Maior Portal Sobre Reversão
do Vício em Pornografia da América latina).
Desde 2014 eu e minha equipe já ajudamos milhares de
pessoas a largarem o vício em pornografia.
Minha meta desde então tem sido desenvolver e aperfeiçoar
esse conhecimento para que qualquer pessoa sinceramente
interessada no assunto possa aprender a parar com o vício,
desde uma perspectiva neurocientífica.
Com essa intenção, criei esse Guia Introdutório e meu desejo
é que ele seja a sua porta de entrada para uma nova vida.
Uma vida longe do Vício em Pornografia!
Boa leitura!
Rafael Rossi
3
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
4
O que é o vício em pornografia?
Vício em pornografia é a compulsão por consumir e se estimular através de material pornográfico
virtual. Sua existência é fruto de uma série de mudanças ocasionadas no cérebro, que afetam tanto a
sua química como sua anatomia e refletem em sintomas e sinais específicos no comportamento.
Quais são as consequências do vício em pornografia?
As principais consequências relatadas por pessoas viciadas em pornografia são: perda de interesse
pela parceira (o), compulsão sexual, disfunção erétil, ansiedade social, confusão mental,
procrastinação e incapacidade de concluir metas, sentimentos constantes de vergonha e culpa,
ejaculação retardada, crises de abstinência, HOCD, objetivação do sexo oposto, ejaculação precoce,
gostos sexuais divergentes da sua orientação sexual, entre outros.
Porque o vício em pornografia ocorre?
Para colocar de forma bastante resumida: como está associada a um instinto de sobrevivência básico
(reprodução), a pornografia atua diretamente no sistema primitivo de recompensas do nosso cérebro,
alterando a sua química e anatomia. A exposição ao material pornográfico faz com que as áreas do
cérebro relacionadas ao prazer sejam dessensibilizadas e exijam cada vez mais variedade para
produzir a mesma quantidade de prazer de antes do vício, induzindo as pessoas ao consumo
excessivo, à escalação para gêneros cada vez mais extremos de pornografia, a compulsão sexual, a
incapacidade de parar e aos outros sintomas já citados.
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
5
Estou com Disfunção Erétil. Ela pode ter sido induzida pelo vício em
pornografia?
Sim, é possível, afinal este é um dos principais sintomas relatados por pessoas viciadas em
pornografia. Existem três tipos de Disfunção Erétil: uma é a adquirida naturalmente pela velhice ou
algum dano nos órgãos genitais, trata-se de uma Disfunção Erétil física. Outra é decorrente da
ansiedade e do medo de falhar, trata-se de uma Disfunção erétil psicológica. E a terceira, foi induzida
pelo uso de pornografia, trata-se da Disfunção Erétil induzida pela pornografia. Para saber se a sua
Disfunção Erétil foi induzida pela pornografia, observe os sintomas. Se você tem menos de 60 anos,
tem o hábito de consumir pornografia e está tendo problemas de ereção, é muito provável que a sua
Disfunção Erétil tenha sido induzida pela pornografia.
A minha Ejaculação Precoce pode ter sido induzida pelo vício em
pornografia?
Pode. Apesar de ser mais raro, esse sintoma foi reportado por muitos usuários de pornografia. Existem
duas possíveis explicações para isso. A primeira é o fato de o seu sistema nervoso ter sido treinando
para ejacular muito rápido com a pornografia. E a segunda, de que os caminhos neurais afetados pelo
vicio terem se sensibilizado ao extremo. Se as causas forem realmente essas, tudo indica que através
do processo de restauração do cérebro (reboot), suas ejaculações também voltem ao normal. Caso
contrário, ou seja, caso a Ejaculação Precoce não tiver relação com o uso da pornografia,
recomendamos que você procure um médico especialista.
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
6
A minha ejaculação retardada pode ter sido induzida pelo vício em
pornografia?
Sim. Muitos usuários de pornografia relataram que as suas Ejaculações Retardadas ou a famosa
“demora para ejacular” foi a precursora, de adivinhem? Das suas Disfunções Eréteis! Anos de
pornografia podem causar uma variedade de sintomas que quando vamos examinar, incluem certos
hábitos estranhos de masturbação, a dessensibilização do circuito de recompensas do cérebro e a
sensibilização dos caminhos neurais relacionados ao vício e estão por trás de vários sintomas que
incluem: masturbação sem pornografia tornar-se insatisfatória ou difícil, alguns gêneros de pornografia
não serem mais excitantes, obter maior excitação com pornografia do que com uma parceira real,
diminuição da sensibilidade do pênis, perda da ereção no meio da penetração, pouca ou nenhuma
estimulação com a penetração, necessidade de fantasiar para manter a ereção ou interesse sexual no
parceiro, não conseguir ejacular ou talvez nem conseguir manter uma ereção com sexo oral, etc.
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
7
Falta de sensibilidade no pênis pode ter sido induzida pelo vício em
pornografia?
Sim. Seguindo o mesmo princípio dos outros sintomas, o hábito de se masturbar constantemente com
a ajuda de pornografia também pode ter afetado a sensibilidade do seu pênis. No caso das mulheres,
a sensibilidade das suas vaginas. Isso significa que se antes você precisava de pouca estimulação
para sentir prazer, agora você precisa de muito esforço para sentir o mesmo prazer de antes. Muitos
usuários relataram que estão imunes ao prazer, incapacitados de sentir prazer com os seus órgãos
genitais, devido à pornografia. Quando isso acontece, é necessário além de dar um descanso para o
seu cérebro, um descanso para o seu corpo, para que ele recupere a sensibilidade perdida.
http://www.vicioempornografiacomoparar.com/
8
Perdi o interesse sexual pela minha parceira (o), isso pode ter sido induzido
pelo vício em pornografia?
Sim. Esse sintoma é um dos mais comuns. Afinal, o que torna uma pessoa viciada em pornografia é a
busca constante por variedade que leva diretamente a dessensibilização. Logo, no decorrer do vício, a
tendência é a pessoa enjoar mais rapidamente do seu parceiro, estando muitas vezes indiferente a ele
ou então tendo que fantasiar durante a relação para manter a ereção ou a lubrificação vaginal.
Minha incapacidade de concluir metas e objetivos pode ter alguma relação
com o vício em pornografia?
Sim. Isso ocorre porque o vício em pornografia fortalece e sensibiliza ligações neurais ligadas ao
prazer irracional e enfraquecem as ligações neurais da razão e do controle executivo que residem no
córtex pré-frontal. Também conhecido como "hipofrontabilidade", esse fenômeno pode ser positivo em
alguns casos, pois é responsável por desenvolver capacidades criativas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.