A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
44 pág.
Questões separadas por assunto - obstetrícia [RESIDÊNCIA, com gabarito]

Pré-visualização | Página 1 de 19

Monitora: Louyse Jerônimo de Morais 
2022.1 
 
Página 2 de 44 
 
1. DIAGNÓSTICO DE GRAVIDEZ ........................................................................................................................ 3 
2. MODIFICAÇÕES NA GRAVIDEZ ..................................................................................................................... 4 
3. ESTUDO DO TRAJETO E ESTÁTICA FETAL ...................................................................................................... 6 
4. CONTRATILIDADE UTERINA/FASES CLÍNICAS DO PARTO/PARTOGRAMA ..................................................... 7 
5. MATURAÇÃO CERVICAL E INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO ................................................................... 9 
6. ASSISTÊNCIA AO PARTO NORMAL .............................................................................................................. 11 
7. DISTOCIAS DO TRABALHO DE PARTO ......................................................................................................... 12 
8. MECANISMOS E ASSISTÊNCIA AO PARTO PÉLVICO .................................................................................... 14 
9. SEMIOLOGIA OBSTÉTRICA.......................................................................................................................... 15 
10. CESÁREA .................................................................................................................................................... 16 
11. PUERPÉRIO E AMAMENTAÇÃO + PUERPÉRIO PATOLÓGICO ...................................................................... 17 
12. DROGAS E GRAVIDEZ ................................................................................................................................. 20 
13. PRÉ-NATAL ................................................................................................................................................. 21 
14. ABORTAMENTOS + ABORTAMENTO HABITUAL ......................................................................................... 23 
15. GESTAÇÃO ECTÓPICA................................................................................................................................. 24 
16. DOENÇA TROFOBLÁSTICA GESTACIONAL ................................................................................................... 26 
17. ALTERAÇÕES DO VOLUME DO LÍQUIDO AMNIÓTICO ................................................................................. 27 
18. DOPPLERVELOCIMETRIA OBSTÉTRICA........................................................................................................ 28 
19. PROPEDÊUTICA FETAL – ULTRASSONOGRAFIA .......................................................................................... 29 
20. PLACENTA PRÉVIA ...................................................................................................................................... 30 
21. DESCOLAMENTO PREMATURO DE PLACENTA ........................................................................................... 31 
22. VITALIDADE FETAL ..................................................................................................................................... 32 
23. PREMATURIDADE ...................................................................................................................................... 33 
24. ROTURA PREMATURA DAS MEMBRANAS OVULARES ................................................................................ 34 
25. INFECÇÕES PERINATAIS – TOXOPLASMOSE, RUBÉOLA E CMV ................................................................... 36 
26. DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS – SÍFILIS E HIV ........................................................................ 37 
27. DIABETES GESTACIONAL ............................................................................................................................ 38 
28. GESTAÇÃO MÚLTIPLA ................................................................................................................................ 40 
29. RESTRIÇÃO DO CRESCIMENTO FETAL ........................................................................................................ 41 
30. SÍNDROMES HIPERTENSIVAS NA GESTAÇÃO .............................................................................................. 42 
 
 
 
Louyse Jerônimo de Morais 
 
Página 3 de 44 
 
Diagnóstico de gravidez 
1. As adaptações anatômicas, fisiológicas e 
bioquímicas durante a gestação são profundas. 
Em relação às modificações do útero na gestação, 
podemos afirmar que a diminuição da 
consistência subordinada à embebição gravídica e 
à redução do tônus, precocemente notadas na 
região do istmo uterino, determina o sinal de: 
a. Piskacek 
b. Nobile-Budin 
c. Hegar 
d. Osiander 
2. Jovem, 25 anos, chega à admissão de 
maternidade referindo amenorreia há 8 semanas. 
Refere que os ciclos menstruais são regulares e 
que não estava fazendo uso de nenhum método 
anticoncepcional. Exame físico: útero globoso ao 
toque vaginal e com o dedo encontram-se os 
fundos de saco ocupados pelo corpo uterino. Com 
estas características, estamos diante do seguinte 
sinal de gravidez: 
a. Certeza, sinal de Hegar. 
b. Presunção, sinal de Piskacek. 
c. Probabilidade, sinal de Nobile-Budin. 
d. Confirmação, sinal de Puzos. 
3. A segunda estrutura ovular a ser visualizada no 
exame de ultrassonografia transvaginal é: 
a. Saco gestacional. 
b. Celoma extraembrionário. 
c. Vesícula vitelina. 
d. Vesícula alantoidiana. 
e. Placa corial. 
4. Mulher, 26 anos, secundigesta, com teste para 
gravidez (beta-hCG: 500 mUI/ml) positivo. Pela 
data da última menstruação, a idade gestacional é 
de 5 semanas e 3 dias. O exame obstétrico revela 
útero de volume levemente aumentado, com colo 
amolecido, principalmente na região do istmo, 
além de ocupação dos fundos de saco vaginais. 
Não há sangramento nem leucorreia. As 
evidências clínicas de gravidez, observadas no 
exame obstétrico, são consideradas sinais de: 
a. Presunção. 
b. Certeza. 
c. Confirmação. 
d. Probabilidade. 
5. A presença de coloração azul na parede da vagina 
e da vulva durante a gestação é conhecida como: 
a. Sinal de Osiander 
b. Sinal de Nobile-Budin 
c. Rede de Haller 
d. Jacquemier Chadwick 
6. A ocupação dos fundos de sacos laterais pelo 
útero gravídico a partir da 12ª semana de 
gestação denomina-se sinal de: 
a. Puzos 
b. Osiander 
c. Paul-Brunnel 
d. Nobile-Budin 
e. Heller 
7. O diagnóstico clínico de certeza da gravidez pode 
ser dado com a observação de: 
a. Coloração avermelhada da parede vaginal 
e do períneo posterior. 
b. Coloração amarelada do colo uterino e 
das paredes vaginais. 
c. Movimentos fetais detectados pelo 
médico. 
d. Endurecimento do istmo uterino e 
irregularidade do colo. 
e. Movimentos fetais relatados pela 
gestante. 
8. Com relação ao diagnóstico de gravidez, é 
CORRETO afirmar que: 
a. O hCG é um hormônio proteico, 
produzido pelo sinciciotrofoblasto e que 
pode ser detectado na corrente 
sanguínea após um dia de fecundação. 
b. O aumento da temperatura basal ocorre 
em virtude da produção de progesterona 
pelo corpo amarelo. 
c. O sinal de Hegar é a percepção do pulso 
vaginal ao toque, e está relacionado ao 
aumento da vascularização local. 
d. Os BCFs, ao sonar são audíveis a partir da 
7ª semana de gravidez. 
e. A êmese gravídica não é considerada um 
sinal ou sintoma de presunção de 
gravidez. 
9. Os batimentos cardiofetais podem ser 
identificados através da ecografia transvaginal 
com: 
a. 12 semanas. 
Louyse Jerônimo de Morais 
 
Página 4 de 44 
 
b. 10 semanas. 
c. 4 semanas. 
d. 5-6 semanas. 
e. 6-7 semanas. 
GABARITO 
1C 2C 3C 4D 5D 6D 7C 8B 9E 
Modificações na gravidez 
1. Configura-se alteração fisiológica da gravidez: 
a. Diminuição do ritmo de filtração 
glomerular