Descartes e o Racionalismo Moderno
9 pág.

Descartes e o Racionalismo Moderno


DisciplinaFundamentos Epistêmicos da Psicologia387 materiais2.306 seguidores
Pré-visualização1 página
Descartes e o racionalismo 
moderno
Modernidade é ruptura com a 
tradição e a busca desenfreada pela 
valorização do novo
Conflitos, crises e incertezas deste 
período
ler apostila p.165/166
Importância da filosofia de Descartes 
frente às questões levantadas no período
\u2022 Crença no poder crítico da razão humana 
individual;
\u2022 Metáfora da luz e da clareza que se opõem à 
escuridão (onde as coisas não são tratadas escuridão (onde as coisas não são tratadas 
com clareza, reina sempre um elemento 
oculto);
\u2022 Busca de progresso como tarefa da Filosofia.
Importância da filosofia de Descartes 
frente às questões levantadas no período
\u2022 Bom Senso. Método. Dúvida Metódica. Método 
das quatro regras Conceitos . 
\u2022 Ceticismo (Séc. XVII) - Movimento que se difundiu 
na Europa, no século XVII que, a partir das 
transformações na ciência, colocava em questão a transformações na ciência, colocava em questão a 
possibilidade do conhecimento. 
\u2022 Bom Senso ou Razão - Em Descartes é a 
capacidade de julgar. É o que há de mais bem 
compartilhado entre os homens porque mesmo 
aquele que julga que deve ter mais bom senso, 
ainda assim já apresenta o suficiente para estar 
fazendo esse mesmo julgamento.
A filosofia de Descartes
\u2022 Método - Conduzir sempre o raciocínio por meio 
das seguintes regras: evidência; análise; síntese 
e desmembramento.
\u2022 Dúvida Metódica - Partindo da Dúvida dos 
Céticos, Descartes decide tomar como Céticos, Descartes decide tomar como 
verdadeira apenas a afirmação que, sendo posta 
em dúvida, não seja abalada e se afirme. 
Para isso coloca tudo em dúvida: o que 
aprendeu no ensino tradicional; a própria 
matemática; as sensações e a existência do 
próprio corpo.
as implicações do pensamento de 
Descartes
1. Os nossos sentidos são confiáveis? 
2. O que nos garante que estamos sentindo o 
que estamos sentindo? 
3. Quando estamos sonhando, conseguimos ter 3. Quando estamos sonhando, conseguimos ter 
uma diferenciação clara entre o sonho e a 
realidade? 
4. O que nos garante não estarmos sonhando 
quando cremos estar acordados?
O que caracteriza as alucinações e como 
poderíamos aproximar o filme \u201cUma mente 
brilhante\u201d da questão da dúvida dos 
sentidos apresentada por Descartes.
A filosofia de Descartes
\u2022 Os fundamentos e a importância do argumento do "Cogito 
cartesiano" 
\u2022 Compreender o problema do solipsismo; 
\u2022 Relacionar a o Cogito cartesiano à questão da Subjetividade 
Moderna; 
\u2022 Discernir as questões fudamentais presentes no argumento de 
defesa da realidade do mundo físico: a distinção entre os três tipos 
\u2022 Discernir as questões fudamentais presentes no argumento de 
defesa da realidade do mundo físico: a distinção entre os três tipos 
de idéias, o reforço do papel das idéias inatas, a hipótese do Gênio 
Malígno, a idéia de Perfeição, o mundo físico como dotado de 
extensão; 
\u2022 Identificar sobre a importância da questão da Subjetividade 
Moderna com o surgimento da Psicologia como ciência. 
\u2022 Verificar a importância da teoria de Descartes para o estudo da 
Psicofísica.
Questão
\u2022 1. Qual a importância de Descartes para a 
questão da \u201cSubjetividade Moderna\u201d para a 
Psicologia como ciência e como profissão?