A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Sistema digestório

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Digestório
Sistema digestório apresenta órgãos especializados:
Na quebra dos alimentos em partículas menores e no aproveitamento dos nutrientes neles presentes. 
Esse sistema é também responsável por eliminar o material que não foi digerido.
TUBO DIGESTÓRIO
Trato Gastrointestinal
1-Boca (dentes que é a digestão mecânica e a língua)
2-Faringe (epiglote) área de transição. Esse órgão abre-se na traqueia e no esôfago, e o alimento segue por esse último órgão.
3-Esôfago (movimento peristálticos) 5 a 10s para chega no estômago.
4-Estômago (forma o quimo bolo alimentar + suco gástrico) 
Esse órgão pode ser dividido
em: cárdia, fundo, corpo e porção pilórica.
A cárdia está localizada na transição entre esôfago e estômago; o fundo é a porção superior em forma de cúpula; o corpo é a porção central que ocupa maior parte do estômago; e a porção pilórica é uma área estreitada na região terminal.
Suco gástrico: o ácido clorídrico e a pepsina. O ácido clorídrico ajuda a desdobrar as proteínas do alimento, facilitando a ação das enzimas. A pepsina, por sua vez, atua quebrando as proteínas em polipeptídeos menores.
5-Intestino Del Gado (absorção de subs. E nutrientes) 
É nele que a maior parte do processo de digestão acontece. O intestino delgado é dividido em três porções: duodeno, jejuno e íleo.
O duodeno, primeira porção do intestino delgado, apresenta cerca de 25 cm e é onde ocorre a junção do quimo às secreções provenientes do pâncreas, fígado e do próprio intestino delgado.
O jejuno e sua principal função é a absorção de nutrientes e de substâncias. 
O íleo quebra enzimática de nutrientes, faz a absorção da vitamina B12, gorduras e sais biliares.
As microvilosidades aumentam a superfície de contato e aumentam a taxa de absorção.
6-Intestino Grosso (absorção de água e faz o bolo fecal)
O intestino grosso é a porção final do sistema digestório, formado pelo ceco, cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente, cólon sigmoide e reto. Esse intestino, quando comparado ao intestino delgado, apresenta-se muito menor possuindo apenas cerca de 1,5 metro.
O intestino grosso apresenta importantes funções no processo digestivo, sendo responsável pela formação da massa fecal e reabsorção de água, processo esse que se iniciou no intestino delgado.
É no intestino grosso, portanto, que as fezes são formadas. 
7-Ânus (saída do bolo fecal)
O reto termina em um estreito canal anal, que se abre no ânus. É pelo ânus que as fezes são eliminadas para o meio externo.
Ceco liga o inst. D.g ao grosso. Acúmulo de alimentos pode gerar infecção, algumas pessoas já nascem sem.
O anel muscular externo é o esfíncter externo, que é um músculo voluntário que você pode contrair e fechar caso você veja necessidade, ou numa diarreia. Ambos músculos ficam em volta do ânus. Quando o bolo fecal chega ao reto, o esfíncter interno relaxa e deixa o bolo fecal chegar à parte de cima do ânus.
FUNÇÕES GERAIS:
1-Digestão
2-Absorção
3-Excreção
GLÂNDULAS ANEXAS:
1-SALIVARES (Parótida, sub. Lingual e sub. Mandibular)
Enzimas amilase ou ptialina e a saliva que fazem a digestão química.
2-Fígado
Ele apresenta várias funções essenciais para o funcionamento do organismo, como a eliminação de substâncias tóxicas e a produção da bile, um produto essencial para a digestão de gorduras.
A bile é uma secreção produzida pelo fígado e armazenada na vesícula biliar. É composta por diversas substâncias, sendo as principais: água, sais biliares, colesterol e bilirrubina. Possui importantes funções, sendo essencial para a digestão e absorção de gorduras e algumas vitaminas.
Quando os alimentos (especialmente os alimentos gordurosos) estão sendo digeridos, a vesícula biliar se contrai e secreta a bile através de um pequeno tubo denominado ducto cístico, que se junta ao ducto hepático comum para formar o ducto biliar comum.
3-Vesícula Biliar armazena a bile.
4-Pâncreas 
Conhecido por produzir a insulina, o pâncreas é uma glândula com papéis importantes no sistema endócrino e no processo de digestão dos alimentos.
O chamado suco pancreático, produzido pelo pâncreas, atua no processo de digestão. Essa solução é rica em bicarbonato, o qual atua neutralizando o material vindo do estômago (quimo). Além de bicarbonato, são encontradas enzimas, as quais são ativadas apenas quando chegam ao duodeno (parte do intestino delgado).
PROCESSO:
1-O sistema digestório é responsável por garantir a quebra do alimento em partículas menores e pela absorção de nutrientes que são necessários ao corpo.
2-No sistema digestório temos o trato gastrointestinal, que é formado por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso; e as glândulas associadas: glândulas salivares, fígado e pâncreas.
3-Na boca o alimento é rasgado e triturado pelos dentes e, com a ajuda da língua, é misturado com a saliva.
4-O bolo alimentar segue da boca para a faringe e da faringe para o esôfago, sendo levado por meio de movimentos peristálticos até o estômago.
5-No estômago o bolo alimentar sofre a ação do suco gástrico e passa a ser chamado de quimo.
6-Do estômago o quimo segue para o intestino delgado, onde sofrerá a ação do suco pancreático, da bile e das secreções produzidas pelo próprio intestino delgado.
7-No intestino delgado, além de grande parte do processo de digestão, ocorre também a absorção de nutrientes.
8-No intestino grosso formam-se as fezes, as quais são eliminadas pelo ânus.