A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
OS PRINCIPAIS CAMPOS E TIPOS DE PSICOPATOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

OS PRINCIPAIS CAMPOS E TIPOS DE PSICOPATOLOGIA
A psicopatologia é um campo de conhecimento que requer debate constante e aprofundado, no qual não
há e não pode haver uma teoria ou perspectiva hegemônica. Não se avança em psicopatologia negando
e anulando diferenças conceituais e teóricas, evolui-se pelo esforço de esclarecimento e
aprofundamento de tais diferenças.
PSICOPATOLOGIA DESCRITIVA X PSICOPATOLOGIA DINÂMICA
Psicopatologia Descritiva: impessoal, voltada para os sintomas e as alterações psíquicas. (Utilizado
pelos psiquiatras).
Psicopatologia Dinâmica: se interessa pelas vivências, pela pessoa humana na sua singularidade.
PSICOPATOLOGIA MÉDICA X PSICOPATOLOGIA EXISTENCIAL
Psicopatologia Médica: centrado no corpo, no biológico. O adoecimento mental é visto como um mau
funcionamento do cérebro, uma disfunção de alguma parte do aparelho biológico.
Psicopatologia Existencial: o ser é visto como uma existência singular. O ser é construído pela sua
experiência particular, na sua relação com os outros sujeitos. O transtorno mental é visto como modos
particulares de existência.
PSICOPATOLOGIA COMPORTAMENTAL COGNITIVISTA X PSICOPATOLOGIA PSICOANALÍTICA
Psicopatologia Comportamental Cognitivista: foco nas cognições de cada indivíduo. Os sintomas
como resultados de comportamentos e representações cognitivas disfuncionais, aprendidas e
reforçadas pelas experiências familiares e sociais.
Psicopatologia Psicanalítica: ser humano como um ser “sobredeterminado”, dominado por forças,
desejos e conflitos inconscientes.
PSICOPATOLOGIA CATEGORIAL X PSICOPATOLOGIA DIMENSIONAL
Psicopatologia Categorial: “espécies únicas” cuja identificação precisa constituir uma das tarefas
da psicopatologia
Psicopatologia Dimensional: espectro, transtornos hipoteticamente mais adequados à realidade
clínica.
PSICOPATOLOGIA BIOLÓGICA X PSICOPATOLOGIA SOCIOCULTURAL
Psicopatologia Biológica: enfatiza os aspectos cerebrais, neuroquímicos e/ou neurofisiológicos das
doenças ou transtornos mentais.
Psicopatologia Sociocultural: transtornos mentais como comportamentos desviantes que surgem a
partir de certos fatores socioculturais como pobreza, violência, migração, estresse ocupacional e etc.
PSICOPATOLOGIA OPERACIONAL X PSICOPATOLOGIA FUNDAMENTAL
Psicopatologia Operacional: definições básicas de transtornos mentais e sintomas formulados,
tomados de modo arbitrário, em função de sua utilidade pragmática, clínica ou orientada a pesquisa.
Não se questiona a natureza da doença ou do sintoma. Foi o modelo adotado pelo DSM-V e pelo CID10.
Psicopatologia Fundamental: estudos de fundamentos históricos e conceituais de cada conceito
psicopatológico, os quais incluem não apenas a tradição médica da psicopatologia, mas também as
tradições literárias, artísticas e de outras áreas de humanidades.