Apostila - Materiais e componentes das argamassas
7 pág.

Apostila - Materiais e componentes das argamassas


DisciplinaTecnologia da Construção I1.257 materiais7.573 seguidores
Pré-visualização7 páginas
cal clareia a mistura, tornando-a mais refletiva aos raios solares,
tendo então, o revestimento, menor transmissão de calor.
Eflorescências:
 Pequeno teor de álcalis ocasiona redução de eflorescências.
 Depósitos brancos, pulverulentos, geralmente solúveis em água, causados
basicamente por teor de sais solúveis nos materiais ou componentes; presença de água e

Tecnologia das argamassas

Prof. Eng. André Matte Sagave \u2013 M.Eng. 25

pressão hidrostática para migração da solução para a superfície. São compostas de
carbonatos (de cálcio e magnésio), hidróxido de cálcio, sulfatos (de cálcio, magnésio,
potássio ou sódio) e nitratos (potássio, sódio ou amônio).

 Cal
Hidratada

Argamassa

Ambiente
mais

asséptico

Aspecto

agradável

 Maior
incorporação
de agregados

ARGAMASSA
 COM CAL

Isolação
térmica pela

maior
refletibilidade

Raras
eflorescências

 Maior
resistência

à
penetração

da água

 Maior
retenção
de água

 Maior
plasticidade

Reconstituição
autógena de

fissuras

Resistência à
compressão e

tração
adequadas

Aumento da
resistência e

compacticidade
com o tempo

 Pequena
expansão e
contração

Melhor

trabalhabil
.

Melhor
recuperação

dos
excessos

Maior
 e mais
perfeita
extensão

das ligações

Melhor absorção
dos

acomodamentos
estruturais

iniciais

Durabilidade
qualificada

Esquema dos benefícios da utilização de argamassas com cal
Fonte: A Cal

Tecnologia das argamassas

Prof. Eng. André Matte Sagave \u2013 M.Eng. 26

Benefícios no Setor Técnico

Resistência à penetração de água:
 As argamassas com cal hidratada reduzem os deslocamentos da água pelos
espaços intergranulares dos revestimentos, devido ao menor diâmetro das partículas da
cal em relação aos agregados e ao cimento. As partículas da cal penetram nos canais
capilares, absorvem um filme d\u2019água e obstruem a passagem desta.
Figuras \u2013 Fonte: A cal - Fundamentos e aplicações na Engenharia Civil.

Tempo para o aparecimento
da primeira umidade

Tempo para o aparecimento
de água visível 16

Argamassa

1:1:6 14
 12

Argamassa
1:2:9
 10

 8
 6

Argamassa
2:1:9

 4

Argamassa
De cimento

1:3
 2

Te
m

po
 e

m
 h

or
as

 0
 Média de 6 painéis

Média de 12
painéis

 Tempo para penetração de água em paredes
Fonte: A cal

Retenção de água
 Por serem partículas muito pequenas, tem a capacidade de reter em sua volta
uma película de água firmemente aderida.
Vantagens da retenção de água, segundo GUIMARÃES, (1997),
? Regula a perda de água para elementos construtivos vizinhos;
? Resistência à compressão compatível com as solicitações estruturais impostas às

alvenarias;
? Melhor trabalhabilidade;
? Maior recuperação de sobras de aplicação;
? Melhor acomodação dos esforços (mais deformável)
? Melhor estocagem de água para o desenvolvimento de reações químicas dos

materiais cimentantes.

Tecnologia das argamassas

Prof. Eng. André Matte Sagave \u2013 M.Eng. 27

Plasticidade:
 Quando associada à retenção de água, acarreta em melhor trabalhabilidade,
perfeição das ligações, recuperação das sobras, e absorção de acomodamentos
estruturais iniciais.
 A plasticidade é atribuída a alguns fatores, que atuam de forma isolada ou em
conjunto entre si. Entre eles, temos:
1. Tamanho da partícula
2. Forma da partícula; partículas arredondadas melhoram a plasticidade.

A recuperação das sobras se deve ao poder de retenção da água, o que permite

sua reutilização até mesmo após algum tempo após a primeira aplicação
A maior perfeição das ligações se deve ao melhor acamamento das substâncias

mais plásticas, melhorando a adesão dos elementos.
A absorção dos acomodamentos iniciais se deve à flexibilidade obtida com

argamassas de cal, podendo inclusive, refazer muitas das pequenas fissuras que ocorrem
durante o processo de cura, devido às reações químicas só se extinguirem após muito
tempo.

Reconstituição autógena das fissuras:
 Devido à velocidade de reações químicas baixas, enquanto houver hidróxido de
cálcio e/ou magnésio livres na argamassa, estes podem ser carregados pela água, se
depositando em locais fissurados, onde irão precipitar e reagir, reconstituindo as
fissuras. Tem-se então argamassas com resistência mecânica adequada e com maior
compacidade.
Bibliografia utilizada e sugerida como leitura complementar:
ABPC. (Associação Brasileira dos Produtores de Cal). Guia da boa construção \u2013 Cal

hidratada para argamassas.
BAUER, L. A. F. Materiais de construção.
PINTO, J. A do N. Elementos para a dosagem de argamassas.
NEVILLE, A. M. Propriedades do concreto.
GUIMARÃES, J. E. P. A Cal \u2013 Fundamentos e aplicações na Engenharia Civil.