Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Estudo de caso psicologia Hospitalar Descomplica (nota 10)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Nome completo: Gustavo de Lima Masoni 
Curso: Psicologia Hospitalar 
Área: Saúde Nº do estudo de caso: 
 
Lembretes importantes: 
● Leia o manual para elaboração de estudo de caso; 
● Não é necessário reproduzir o enunciado do estudo de caso; 
● Não se preocupe com a ABNT! Seu trabalho pode seguir este template (fonte 
Arial, tamanho 12 com espaçamento simples); 
● O estudo de caso deve ter no mínimo 350 e máximo de 500 palavras 
contando a partir do título. 
 
Instruções para uma menor contaminação 
 
Diante de todo este cenário de grandes contaminações e novas 
doenças/infecções surgindo diante de todo o território nacional e mundial, está aqui 
um documento que visa uma melhor e objetiva elaboração de como se precaver para 
que haja uma menor contaminação no seu dia a dia, contribuindo também para uma 
melhor qualidade de vida. 
Sendo uma das questões propostas, o uso contínuo de máscaras, pois o uso 
correto do objeto de proteção auxilia a evitar o contato com partículas de diversas 
doenças que são transmitidas por vias orais/nasais, logo, evitando assim uma 
disseminação de vários tipos de vírus e consequentemente não precisando haver 
uma preocupação de se ficar doente e ficar esperando para ser atendido dentro de 
alguma instituição de saúde e esperar que dentro da mesma haja todos os 
equipamentos e medicações necessárias para seu devido tratamento da doença. 
Algo que é muito eficiente e deve ser reforçado, é que deve-se evitar, caso seja 
possível, ficar em ambientes fechados com um número muito cheio de pessoas, de 
acordo com o tamanho do local, e respeitando inclusive o uso de máscaras, para que 
mesmo que haja alguma pessoa que esteja infectada com algum tipo de vírus, a 
chance de que você venha a se contaminar é muito menor, principalmente se o uso 
da máscara estiver sendo feito de maneira correta e houver um distanciamento do 
máximo possível, a fim de evitar ao máximo o contato com esta pessoa contaminada. 
A baixa exposição a temperaturas baixas também é algo que deve ser 
considerado, pois os vírus acabam por se disseminarem melhor nestas temperaturas, 
uma vez que a imunidade de muitas pessoas pode baixar e nisso facilitar a entrada 
do vírus no organismo e desse modo prejudicando a saúde do indivíduo infectado, 
podendo até mesmo que seja necessário ter que ser levado para alguma instituição 
de saúde para aguardar cuidados médicos. 
 
 
 
Uma questão importante é no tratamento que se dá para a alimentação, sendo 
de extrema importância higienizar os alimentos para que seja retirado diversos 
agentes que vem a ser prejudiciais para a saúde humana, como bactérias, vírus e até 
mesmo parasitas, devendo sempre checar o estado do alimento antes de consumi-lo 
e lavando-os para evitar um agravamento na saúde. Ressaltando também a 
importância do consumo de alimentos naturais, como frutas, verduras e legumes, pois 
são neles que encontramos as mais diversas substâncias nos quais nosso corpo 
necessita para sobreviver.