Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Próteses Provisória, Terapêutica e Imediata

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sheila Prates – 93 
PPR II 
Próteses Provisória, Terapêutica e Imediata 
São próteses confeccionadas para alcançar a estética, estabilidade e/ou função por um período limitado de tempo, 
ou seja, não pode ser planejada para que o paciente sempre a utilize. 
 Utilizadas durante pequenos intervalos de tempo 
 Constituem parte de um tratamento – pode ser confeccionado um temporário durante o preparo de um 
permanente 
 Denominadas de acordo com sua finalidade 
 
PRÓTESE PROVISÓRIA 
Objetivo principal → estética – devolvendo anatomia e autoestima 
Objetivo secundário → manutenção de espaço – ausência de dentes causa extrusão, desarmonização e 
movimentação dentária 
 Deve alcançar seus objetivos com mínimo de tempo e de custo. 
Indicações: 
 Estética; 
 Manutenção de espaços protéticos; 
 Espera por cicatrização (extrações, acidentes, traumas); 
 Tratamento prolongado – quando envolve outras especialidades em reabilitação oral; 
 Pacientes jovens; 
 Condicionamento dos dentes e do rebordo residual – conforme as extrações dos dentes. 
 
I. Confecção em resina acrílica (auto ou termopolimerizável) 
Elementos de Retenção 
 Grampo forjados – fios ortodônticos; grampos forjados com braço de retenção – grampos interproximais, 
circunferencial, Adams, entre outros... 
 Contato com superfícies posteriores 
 Espaços interproximais 
 Contato de base com a mucosa – maior dimensão de suporte mucoso com a base da prótese, semelhante a 
prótese total – maior estabilidade 
 Extensão da base da prótese 
 Oclusão – a processo também é montado em articulador para que haja adequação da oclusão 
Resina termopolimerizável → inclusão → prensagem 
Resina autopolimerizável → acrilização 
Etapas: 
 Planejamento 
 Seleção e montagem dos dentes artificiais 
 Inclusão, prensagem, polimento ou acrilização – depende da resina acrílica utilizada 
 Instalação 
 Recomendações aos pacientes 
Obter os modelos de estudos e montar em articulador – montar dentes na cera em região vestibular, deixando a 
região palatina/lingual para receber a resina acrílica, depois faz a acrilização da vestibular, removendo a cera. 
Áreas que dificultam o assentamento das próteses: regiões de ameias/ interproximais, grampos muito retentivos. 
II. Transformação de PPR definitivas em provisória 
 Dentes perdidos – reposição com dente de estoque; 
 Fratura de grampos (pelo processo de fundição, tentativa do paciente em adaptar o grampo) – 
reposição com fio ortodôntico na base da resina acrílica; soldagem do pedaço do grampo se o 
paciente guardar. 
Prótese Maxilar → Estética (a adaptação é mais facilitada) 
Prótese Mandibular → Maior dificuldade de adaptação 
Problemas: 
 Instabilidade 
 Compressão de tecidos (inflamação) 
 
PRÓTESE IMEDIATA 
Prótese instalada imediatamente após a realização de extrações, que pode ou não ter caráter provisória 
(dependendo do tempo) 
Materiais: 
1. Resina acrílica 
2. PPR convencional → prova de estrutura metálica 
Montagem em articulador do modelo de estudo: marcar os dentes que precisam remover e montar os dentes de 
acordo com a cavidade oral do paciente, seguindo as condições naturais e garantindo que a montagem seja a 
resolução da boca do paciente. No dia da cirurgia, instala a prótese imediata após as extrações e acompanha o 
caso. Tem que ser instalada no dia da cirurgia devido ao edema e dor pós operatório do paciente. Não pode 
remover a prótese nas próximas 72 horas. 
Vantagens 
 Paciente pode manter suas atividades 
 Melhora na estética 
 Pouca alteração nos hábitos alimentares 
 Diminui as dificuldades estéticas 
 Favorece o processo de cicatrização – protege 
a ferida cirúrgica 
 Maior conforto pós cirúrgico 
 
 
Desvantagens 
 Não há como realizar a prova dos dentes 
 Necessidade do reembasamento frequente – 
processo de remodelação da região cirúrgica 
(com base mais resilientes ou menos 
resilientes) 
 
PRÓTESE TERAPÊUTICA 
Prótese provisória desenhada e confeccionada especificamente para atingir um determinado objetivo dentro do 
tratamento global proposto para o paciente. 
Indicação: 
 Diagnóstico e manutenção da DVO – recuperação realizada aos poucos 
 Tratamento de sintomatologia dolorosa 
 Reposicionamento dental 
Vantagens 
 Fácil ajuste 
 Baixo custo 
 Permite o restabelecimento dos padrões neuromusculares 
 Auxiliam no diagnóstico – avaliar se a devolução da DVO está sendo adequada para o paciente 
 
Montagem em articulador do modelo – no pino do articulador é determinado quantos milímetros aumentar a 
distância entre os dois arcos, realiza a montagem dos dentes e enceramento e faz a prova no paciente. É possível 
planejar a dentística para o paciente. 
É possível realizar a prova antes de instalação, diferente da imediata. 
Devolução do perfil do paciente, que foi perdido devido a falta da DVO. 
Pode utilizar a prótese que o paciente possui e cobrir a oclusão para restabelecer a DVO. 
Reembasadores – resina macia para reajustes (Soft Confort). 
A prótese pode ser caracterizada com fio ortodôntico (arco de Hawley, grampos).