Buscar

SIMULADO TJMG Regimento Interno

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1 
 
 
SIMULADO – TJMG: 
Regimento Interno 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Quem Sou? 
Advogada, especialista em Direito Penal, Processo Penal e Direito Tributário. 
Apaixonada pela produção de conteúdo jurídico online. 
Entusiasta na confecção de materiais jurídicos práticos para estudantes e profissionais 
do Direito. 
 
https://www.linkedin.com/in/anna-paula-cavalcante-g-figueiredo/ 
 
https://www.linkedin.com/in/anna-paula-cavalcante-g-figueiredo/
 
 
2 
SIMULADO – TJMG: Regimento Interno 
 
ÓRGÃOS DO TJ MG 
Tribunal Pleno Todos os desembargadores = 140 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
Quórum mínimo = metade dos seus membros, salvo para 
sessão solene 
 
Órgão Especial 
13 desembargadores mais antigos + 12 desembargados 
eleitos (observado o quinto constitucional) = 25 membros 
Quórum mínimo = 20 membros 
Reuniões 2 vezes por mês 
Corregedoria-
Geral de 
Justiça 
1 desembargador eleito (junto com seu vice) para mandato 
de 2 anos 
Exerce funções administrativas, de orientação, de 
fiscalização e disciplinares em sua secretaria, nos órgãos de 
jurisdição de primeiro grau, nos órgãos auxiliares da Justiça 
de Primeira Instância e nos serviços notariais e de registro 
do Estado 
 
 
 
 
Seções Cíveis 
Presididas 
pelo 
Primeiro 
Vice-
Presidente 
do TJ MG 
 
Reuniões 1 
vez por mês 
1ª Seção Cível 2ª Seção Cível 
8 desembargadores 
representantes da 1ª 
a 8ª Câmaras Civis 
Quórum mínimo = 7 
membros 
10 desembargadores 
representantes da 9ª 
a 18ª Câmaras Civis 
Quórum mínimo = 8 
membros 
Investidura de 2 anos, permitida a 
recondução – Escolhidos pela própria Câmara 
entre os seus componentes efetivos 
 
 
 
Grupos de 
Câmaras 
Criminais 
Membros das Câmaras Criminais 
Presidente = desembargador mais antigo entre seus 
componentes 
Reuniões 1 vez por mês 
1º Grupo Desembargadores da 2ª, 3ª e 6ª Câmaras 
Criminais = 15 membros 
Quórum mínimo = 10 membros 
2º Grupo Desembargadores da 4ª e 5ª Câmaras 
Criminais = 10 membros 
Quórum mínimo = 7 membros 
3º Grupo Desembargadores da 1ª e 7ª Câmaras 
Criminais = 10 membros 
Quórum mínimo = 7 membros 
 5 desembargadores 
 
 
3 
 
Câmaras Cíveis 
Presidente = 2 anos em sistema de rodízio, observada a 
antiguidade na Câmara – vedada a recondução até que 
todos tenham exercido a presidência, assegurado o pedido 
de dispensa 
Quórum mínimo = 3 membros 
Reuniões 1 vez por semana 
 
Câmaras 
Criminais 
5 desembargadores 
Presidente = 2 anos em sistema de rodízio, observada a 
antiguidade na Câmara – vedada a recondução até que 
todos tenham exercido a presidência, assegurado o pedido 
de dispensa 
Quórum mínimo = 3 membros 
Reuniões 1 vez por semana 
Conselho da 
Magistratura 
Membros natos (Presidente + Vice-presidentes + 
Corregedor) + Membros eleitos pelo Tribunal Pleno (5 
desembargadores não integrantes do Órgão Especial, 
observado o quinto constitucional) = 10 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
Quórum mínimo = 6 membros 
Reuniões 1 vez por mês 
Comissões 
Temporárias 
Desembargadores designados pelo Presidente do TJ MG 
Quórum mínimo = Metade dos seus membros 
Reuniões sempre que convocadas por seus Presidentes 
Ouvidoria 
Judicial 
Um desembargador escolhido conforme regulamento 
constante de resolução do Órgão Especial 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Comissões 
Permanentes 
 
 
 
 
 
Quórum mínimo = Metade dos seus membros 
Reuniões sempre que convocadas por seus Presidentes 
 
De Organização e 
Divisão Judiciárias 
Presidente + Vice-Presidentes + 
Corregedor + 5 desembargadores 
eleitos pelo Pleno = 9 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
De Regimento 
Interno 
1º Vice + 3º Vice + 5 desembargadores 
eleitos pelo Pleno = 7 membros 
Presidente = 1º Vice-Presidente 
 
 
 
De Divulgação da 
Jurisprudência 
2º Vice + 8 desembargadores por ele 
escolhidos entre: 
3 representantes da 1ª a 8º Câmaras 
Cíveis 
3 representantes da 9ª a 18º Câmaras 
Cíveis 
2 representantes das Câmaras 
Criminais 
= 9 membros 
 
 
4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Comissões 
Permanentes 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Presidente = 1º Vice-Presidente 
 
Administrativa 
Presidente + 2º Vice + 6 
desembargadores designados pelo 
Presidente = 8 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
 
 
Salarial 
2 desembargadores escolhidos pelo 
Presidente + 3 eleitos pelo Pleno, 
todos não integrantes do Órgão 
Especial = 5 membros 
Presidente = Desembargador mais 
antigo 
 
De Orçamento, 
Planejamento e 
Finanças 
Presidente + Vice-Presidentes + 
Corregedor + 2 desembargadores 
escolhidos pelo Presidente + 3 
desembargadores eleitos pelo Pleno = 
8 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
 
De Recepção de 
Desembargadores 
2 desembargadores + 2 assessores 
judiciários + 1 gerente de cartório – 
todos designados pelo Presidente = 5 
membros 
Presidente = Desembargador mais 
antigo 
 
 
De Recepção de 
Autoridades, 
Honrarias e 
Memória 
Presidente + 2º Vice + Superintendente 
de Memória do Judiciário + 
Coordenador do Memorial da Escola 
Judicial Desembargador Edésio 
Fernandes + 4 desembargadores mais 
antigos que não exercem cargo de 
direção = 8 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
 
 
De Promoção 
Presidente + Vice-Presidentes + 
Corregedor + 8 desembargadores (4 
titulares e seus suplentes) eleitos pelo 
Pleno entre aqueles que não integram 
o Órgão Especial = 11 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
 
 
 
De Segurança 
Institucional 
Presidente + Corregedor + 2 
desembargadores (indicados pelo 
Presidente) + 2 juízes auxiliares da 
Presidência (indicados pelo Presidente) 
+ 2 juízes auxiliares da Corregedoria 
(indicados pelo Corregedor) + 1 juiz da 
 
 
5 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Comissões 
Permanentes 
Capital (indicado pela Associação de 
Magistrados Mineiros) = 9 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
De Ética Presidente + Corregedor 
+ 4 desembargadores escolhidos pelo 
Órgão Especial entre aqueles que não 
o integram, nem à Comissão de 
Promoção 
+ 4 juízes da Comarca de Belo 
Horizonte escolhidos pelo Órgão 
Especial entre seis indicados pela 
Corregedoria = 10 membros 
Presidente = Presidente do TJ MG 
 
 
 
 
Estadual Judiciária 
de Adoção 
Corregedor 
+ 3 desembargadores com pelo menos 
2 anos de atividade e escolhidos pelo 
Presidente 
+ 3 juízes titulares da Comarca de Belo 
Horizonte indicados pelo Corregedor 
entre titulares da Vara de Infância e 
Juventude, auxiliares da Corregedoria e 
um de livre escolha 
+ 1 procurador indicado pelo 
Procurador-Geral de Justiça 
+ 1 Promotor de Vara de Infância e 
Juventude indicado pelo Procurador-
Geral de Justiça 
+ 1 delegado da Polícia Federal 
indicado pelo Superintendente da 
Polícia Federal de Minas Gerais = 10 
membros 
Presidente = Corregedor 
 
 
 
Conselho de 
Supervisão e 
Gestão dos 
Juizados 
Especiais 
Presidente 
+ 2 desembargadores escolhidos pelo Presidente e 
aprovados pelo Órgão Especial 
+ Juiz Coordenador do Juizado Especial da Comarca de Belo 
Horizonte, indicado pelo Corregedor e designado pelo 
Presidente 
+ 1 juiz presidente de Turma Recursal da Comarca de Belo 
Horizonte, escolhido e designado pelo Presidente 
+ 1 juiz do sistema dos Juizados Especiais da Comarca de 
Belo Horizonte, escolhido e designado pelo Presidente 
= 6 membros 
 
 
6 
Presidente = Presidente do TJ MG 
Turma de 
Uniformização 
de 
Jurisprudência 
dos Juizados 
Especiais 
1 desembargador designado pelo Órgão Especial 
+ 2 juízes de direito (1 titular e seu suplente) de cada Tuma 
Recursal, escolhidos entre seus integrantes 
Presidente = Desembargador designado pelo Órgão Especial 
Quórum mínimo = 4/5 de seus membros 
Reuniões sempre que convocadas pelo Presidente 
 
 
PLANTÃO NO TJ MG 
Ocorrerá aos finais de semana, feriados ou em qualquer outro dia em que não 
houver expediente forense 
Decisão de habeas corpus, mandado de segurança, agravo cível e outras 
medidas urgentes 
Contará compelo menos 2 desembargadores de Câmara Cível e 2 
desembargadores de Câmara Criminal. 
Dá direito à compensação pelos dias trabalhados ou indenização em espécie 
 
 
 
 
 
 
 
7 
 
 
 
 
 
 
 
 
8 
 
 
 
 
 
 
 
 
9 
 
 
 
COMPETÊNCIAS DO RELATOR 
Dirigir e ordenar o processo no Tribunal até a sessão, inclusive em relação à 
produção de prova, bem como, quando for o caso, homologar a 
autocomposição das partes nas causas cíveis 
Apreciar pedido de tutela provisória nos recursos e nos processos de 
competência originária cível do Tribunal 
Dirigir, ordenar e instruir as ações penais originárias, observado o disposto na 
Lei 8.038/90, e no Código de Processo Penal 
Presidir a instrução nas ações rescisórias, podendo: 
a) indeferir liminarmente a petição inicial, na forma e casos autorizados em lei 
b) determinar, em caso de impugnação, o valor da causa 
c) suspender ou julgar extinto o processo 
d) declarar saneado o processo, deferindo as provas que devam ser 
produzidas 
e) delegar a juiz de primeira instância a competência para a produção de 
provas 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8038.htm
 
 
10 
Instruir processo de mandado de segurança originário, cabendo-lhe: 
a) indeferir liminarmente a inicial; 
b) conceder ou indeferir o pedido de liminar; 
Decidir, de forma monocrática e nos termos da lei processual, conflito de 
competência entre juízes, entre desembargadores e entre desembargadores e 
órgãos do Tribunal 
Processar a restauração de autos perdidos ou extraviados no Tribunal 
Processar e julgar as habilitações e homologar as desistências 
Processar e julgar pedidos de assistência judiciária 
Fiscalizar o pagamento de custas e emolumentos, propondo ao órgão julgador 
a glosa do cobrado em excesso 
Determinar o pagamento de imposto ou taxa que tenha sido omitida 
Mandar riscar, de ofício ou a requerimento do ofendido, expressão 
desrespeitosa que represente quebra do tratamento devido a magistrado, 
membro do Ministério Público ou outra autoridade, determinando, se inviável 
o cancelamento, por prejudicial ao conjunto de peça inquinada, que esta seja 
desentranhada do processo e o requerente volte a se manifestar em termos 
próprios 
Ordenar remessa de cópias de peças ou documentos ao Ministério Público ou 
à autoridade policial para fins de instauração de ação penal ou de inquérito, 
quando verificar, nos autos, a existência de indícios de crime de ação pública 
Ordenar à autoridade competente a soltura do réu preso, quando verificar a 
ilegalidade da prisão ou a cessação de sua causa 
Lançar nos autos relatório que contenha adequada exposição da matéria 
controvertida e daquela que, de ofício, possa vir a ser objeto do julgamento, 
determinando, a seguir e quando for o caso, o envio do processo para o 
revisor 
Pedir dia para o julgamento nos processos em que não haja revisão 
Decidir o pedido de liminar em habeas corpus, mandado de segurança 
originário, pedido de efeito suspensivo ou de tutela recursal antecipada na 
apelação cível e no agravo de instrumento ou outra medida urgente 
Homologar a desistência de recurso ou de ação 
Julgar prejudicado o pedido de habeas corpus, nos termos da legislação 
processual penal 
Determinar a remessa de autos ou de recursos para o tribunal competente, se 
for o caso 
Declarar deserção de recurso 
Não conhecer de recurso inadmissível, prejudicado ou que não tenha 
impugnado especificamente os fundamentos da decisão recorrida nos termos 
da lei processual 
Dar provimento a recurso cível, depois de facultada a apresentação de 
contrarrazões, se a decisão recorrida for contrária a: 
 
 
 
11 
a) súmula do STF, do STJ ou do próprio TJ MG 
b) acórdão proferido pelo STF ou pelo STJ em julgamento de recursos 
repetitivos 
c) entendimento firmado em incidente de resolução de demandas repetitivas 
ou de assunção de competência 
Negar provimento a recurso cível que for contrário a: 
a) súmula do STF, do STJ ou do próprio TJ MG 
b) acórdão proferido pelo STF ou pelo STJ em julgamento de recursos 
repetitivos 
c) entendimento firmado em incidente de resolução de demandas repetitivas 
ou de assunção de competência 
Despachar petição referente a processos originários findos, ressalvada a 
competência do 1º Vice-Presidente de despachar a petição referente a autos 
originários findos, quando o relator estiver afastado de suas funções por mais 
de 30 dias ou não mais integrar o Tribunal 
Negar seguimento a recurso de ofício ou reexame necessário quando a lei o 
dispensar 
Decidir o incidente de desconsideração da personalidade jurídica, quando 
este for instaurado originariamente perante o Tribunal, observado o disposto 
na lei processual civil 
Determinar a intimação do Ministério Público, quando for o caso 
 
 
COMPETÊNCIAS DO REVISOR 
Ordenar a volta dos autos ao relator para: 
a) sugerir-lhe diligências que, se aceitas, serão por ele determinadas 
b) se necessário, pedir-lhe pronunciamento sobre incidente ainda não 
resolvido ou surgido após o relatório 
Lançar "visto" nos autos, adotando, aditando ou sugerindo a retificação do 
relatório, devolvendo-os ao cartório com pedido de dia para julgamento 
OBS1. 
Desembargadores ocupantes de cargo de direção não ser revisores 
OBS2. 
O revisor substituído pelos vogais ou juiz de direito convocado em caso de 
afastamento por período superior a 30 dias 
 
 
 
 
12 
 
 
 
 
 
 
 
13 
 
 
 
 
 
 
 
14 
 
 
 
 
 
 
 
 
15 
 
 
 
 
 
 
16 
 
 
 
 
 
 
 
17 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
18 
 
1. CONSULPLAN - 2014 - TJ-MG - Estagiário - Direito 
“O(A) ________________________ é o órgão constituído pelos treze 
desembargadores mais antigos e por doze desembargadores eleitos, 
observado o quinto constitucional.” 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, 
assinale a alternativa que completa corretamente a afirmativa anterior. 
a) Tribunal Pleno 
b) Órgão Especial 
c) Conselho da Magistratura 
d) Corregedoria Geral de Justiça 
 
2. FUMARC - 2012 - TJ-MG - Técnico Judiciário - Administrador de Banco 
de Dados 
Com relação à elaboração da pauta de julgamentos no Egrégio Tribunal de 
Justiça de Minas, indique a resposta INCORRETA: 
a) A pauta de julgamentos deverá ser publicada até 72 (setenta e duas) 
horas antes da data de julgamento, excluído o dia de publicação. 
b) Os autos com designação de dia para julgamento e os colocados em 
mesa serão remetidos ao cartório onde tramita o feito, para organização 
da pauta ou para nela serem incluídos. 
c) Após a publicação da pauta de julgamentos, não será possível incluir 
depois qualquer novo feito nessa sessão, exceto os que possam, por 
disposição legal, ser colocados em mesa. 
d) A pauta de julgamentos será organizada pela classe de feitos, 
obedecida a ordem numérica crescente. 
 
3. FUMARC - 2012 - TJ-MG - Técnico Judiciário - Administrador de Banco de 
Dados 
Os feitos judiciais a serem submetidos à apreciação do Egrégio Tribunal de 
Justiça de Minas serão registrados: 
a) No protocolo da Corregedoria Geral de Justiça 
 
 
19 
b) Sempre com os nomes completos das partes e de seus representantes 
c) No mesmo dia da apresentação do feito 
d) Na Corte Superior 
 
4. FUMARC - 2012 - TJ-MG - Oficial Judiciário 
Consoante o Regimento Interno do TJMG, é CORRETO dizer que: 
a) A pauta de julgamento será organizada pela classe de feitos, obedecida 
a ordem numérica decrescente. 
b) A pauta de julgamento deverá ser publicada até quarenta e oito horas 
antes da data de julgamento, incluído o dia de publicação. 
c) Publicada a pauta, não será nela incluído qualquer outro processo, sem 
exceção 
d) Em qualquer processo, as partes poderão fornecer cópias de suas 
razões para distribuição aos vogais. 
 
5. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunalde Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
O Tribunal Pleno e o Órgão Especial são órgão do Tribunal de Justiça. O primeiro 
é composto por todos os desembargadores, enquanto o segundo é composto 
por treze desembargadores mais antigos e por doze desembargadores eleitos, 
observado o quinto constitucional. 
() Certo 
() Errado 
 
6. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
Quanto ao quórum mínimo e a periodicidade, tem-se que o Tribunal Pleno 
funcionará com mais da metade dos seus membros em exercício, salvo nos 
 
 
20 
casos de sessão solene, e o Órgão Especial, duas vezes por mês, com vinte 
membros. 
() Certo 
() Errado 
 
7. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
Compete ao revisor, além de outras atribuições previstas na legislação 
processual, dirigir e ordenar o processo no Tribunal até a sessão, inclusive em 
relação à produção de prova, bem como, quando for o caso, homologar a 
autocomposição das partes nas causas cíveis. 
() Certo 
() Errado 
 
8. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
Os desembargadores ocupantes de cargo de direção não poderão servir como 
revisor, salvo quando estiverem com competência prorrogada. 
() Certo 
() Errado 
 
9. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
Publicada a pauta de julgamento, não será permitida às partes a vista dos autos 
em cartório. 
() Certo 
() Errado 
 
 
21 
 
10. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
Os julgadores poderão modificar o voto até a proclamação do resultado pelo 
presidente, salvo aquele já proferido por desembargador afastado ou 
substituído. 
() Certo 
() Errado 
 
11. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise a assertiva a seguir. 
É vedado ao relator atribuir efeito suspensivo ao recurso de agravo de 
instrumento, podendo, no entanto, deferir, em antecipação de tutela, total ou 
parcialmente, a pretensão recursal, comunicando ao juiz a sua decisão. 
() Certo 
() Errado 
 
12. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise as assertivas que seguem em verdadeiras ou falsas. 
( ) Quando o recurso de apelação for recebido somente no efeito 
devolutivo, o apelante poderá, desde que demonstre a probabilidade de 
provimento do recurso ou, sendo relevante a fundamentação, se houver 
risco de dano grave ou de difícil reparação, requerer a concessão do 
efeito suspensivo ou de tutela recursal antecipada ao Tribunal, no 
período compreendido entre a sua interposição e a distribuição, ficando 
o relator designado para seu exame prevento para julgá-la. 
( ) O requerimento de concessão do efeito suspensivo ou de tutela 
recursal antecipada deverá conter, no mínimo, o nome e a qualificação 
das partes e dos advogados, a exposição dos fatos e dos fundamentos 
 
 
22 
jurídicos e a indicação detalhada dos pressupostos autorizadores para a 
concessão da medida. 
( ) Caberá agravo interno, no prazo de 15 (quinze) dias, da decisão que 
concede ou indefere o pedido de efeito suspensivo ou de antecipação de 
tutela recursal. 
A sequência correta, de cima para baixo, é: 
a) V – F – V 
b) V – V – F 
c) V – V – V 
d) F – F –V 
e) F – F – F 
 
13. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, analise as assertivas que seguem em verdadeiras ou falsas. 
( ) Os embargos infringentes serão opostos, no prazo de 5 (cinco) dias, 
em petição dirigida ao relator, com indicação do erro, obscuridade, 
contradição ou omissão, e não se sujeitam a preparo. 
( ) O relator julgará, de forma monocrática, os embargos declaratórios 
interpostos contra decisão unipessoal no prazo de 5 (cinco) dias. 
( ) Os embargos de declaração possuem, em regra, efeito suspensivo. 
( ) Nos recursos cíveis e nos processos de competência originária cíveis, 
contra a decisão proferida pelo relator caberá agravo interno, no prazo 
de 15 (quinze) dias. 
 
a) F – F – V – V 
b) V – V – F – F 
c) F – V – F – V 
d) V – V – V – V 
e) F – V – F – F 
 
 
23 
 
14. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, assinale a alternativa correta. 
a) O relator poderá limitar-se a reprodução dos fundamentos da decisão 
agravada para julgar improcedente o agravo interno. 
b) Quando o agravo interno for declarado manifestamente inadmissível 
ou improcedente, em votação unânime, o órgão colegiado, em decisão 
fundamentada, condenará o agravante a pagar ao agravado multa fixada 
em dez por cento do valor atualizado da causa. 
c) O agravo interno possui, em regra, efeito suspensivo. 
d) O agravo interno será interposto para o órgão colegiado competente 
para o julgamento do recurso ou do processo de competência originária 
cíveis. 
 
15. EJEF - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - Oficial de Justiça 
Em relação ao recurso de apelação interposta contra sentença criminal de 
primeiro grau, nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do 
Estado de Minas Gerais, é INCORRETO afirmar: 
a) Que, protocolados, fiscalizados, conferidos e cadastrados, os autos 
serão remetidos à Procuradoria-Geral de Justiça para emitir parecer, no 
prazo de dez dias, se em liberdade o réu e, em cinco dias, se preso. 
b) Que, se houver assistente do Ministério Público, terá ele vista dos 
autos logo depois da Procuradoria-Geral de Justiça, fazendo-se sua 
intimação pelo Diário do Judiciário. 
c) Que, no último dia útil de cada mês, a Superintendência Judiciária 
organizará lista dos autos remetidos à Procuradoria-Geral de Justiça, não 
devolvidos nos prazos estabelecidos, encaminhando-a ao Presidente do 
Tribunal. 
d) Que, retornando os autos da Procuradoria-Geral de Justiça, serão eles 
distribuídos e conclusos ao relator que terá o prazo de sessenta dias para 
lançar relatório nos autos, se em liberdade o réu e, de vinte dias, se 
preso. 
 
 
 
24 
16. QUESTÃO INÉDITA – QCONCURSOS + DIREÇÃO CONCURSOS 
Em conformidade ao Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de 
Minas Gerais, assinale a alternativa correta. 
a) Cabe agravo, no prazo de 10 (dez) dias, contra a decisão do Primeiro 
ou do Terceiro Vice-Presidente que inadmitir recurso extraordinário ou 
recurso especial, salvo quando fundada na aplicação de entendimento 
firmado em regime de repercussão geral ou em julgamento de recursos 
repetitivos. 
b) A petição de agravo será dirigida ao Primeiro ou ao Terceiro Vice-
Presidente, condicionada ao pagamento de custas e despesas postais. 
c) No ato de interposição dos recursos extraordinário e especial, o 
recorrente deverá comprovar, quando exigido pela legislação pertinente, 
o respectivo preparo, nele incluído o pagamento das despesas de 
remessa e retorno, sob pena de deserção. 
d) Caberá recurso extraordinário da decisão do Tribunal que, em única 
instância, denegar mandado de segurança ou habeas corpus. 
e) O recurso extraordinário será interposto, conforme o caso, perante o 
Primeiro Vice-Presidente ou o Terceiro Vice-Presidente, no prazo de 
quinze diasno caso de decisão denegatória de mandado de segurança. 
 
17. CONSULPLAN - 2016 - TJ-MG - Estágio - Direito 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais – TJMG, o seu Órgão Especial é constituído pelos: 
A) Dez desembargadores mais antigos e por oito desembargadores eleitos, 
observado o quinto constitucional. 
B) Treze desembargadores mais antigos e por doze desembargadores 
eleitos, observado o quinto constitucional. 
C) Doze desembargadores mais antigos e por treze desembargadores 
eleitos, observado o quinto constitucional. 
D) Quinze desembargadores mais antigos e por treze desembargadores 
eleitos, observado o quinto constitucional. 
 
18. CONSULPLAN - 2017 - TJ-MG - Oficial de Apoio Judicial 
 
 
25 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça de Minas Gerais 
(Resolução n. 3/2012), é correto afirmar que: 
A) O Órgão Especial será composto apenas por magistrados de carreira. 
B) Compete ao Órgão Especial eleger desembargadores e juízes de direito 
para integrarem o Tribunal Regional Eleitoral. 
C) É atribuição do Corregedor-Geral de Justiça instaurar sindicância ou, se já 
provado o fato, processo administrativo disciplinar contra servidor 
integrante dos quadros de pessoal da justiça de primeiro e segundo 
graus. 
D) O Presidente, os Vice-Presidentes, o Corregedor-Geral de Justiça e o Vice-
Corregedor tomarão posse conjuntamente, em sessão solene do Órgão 
Especial. 
 
19. FUMARC - 2013 - TJM-MG - Administrador de redes 
Theotônio Brancão, brasileiro, casado, funcionário concursado junto ao Tribunal 
de Justiça do Estado de Minas Gerais, não comparece ao serviço, sem causa 
justificada, há 58 (cinquenta e oito) dias consecutivos no ano em curso. 
Respeitado do devido processo legal, o servidor está sujeito à pena de 
A) advertência. 
B) demissão. 
C) destituição de função comissionada. 
D) suspensão. 
 
20. CONSULPLAN - 2015 - TJ-MG - Titular de Serviços de Notas e de 
Registros 
Em um processo cível ordinário contra ente público, foi concedida a tutela 
antecipada. Na sentença, o julgador indeferiu a pretensão do autor, a quem 
beneficiava a tutela antecipada e, expressamente, revogou a tutela antecipada. 
Inconformado com a sentença, o autor apresentou recurso de Apelação que foi 
recebido com os efeitos devolutivo e suspensivo. Considerando o 
posicionamento do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, assinale a alternativa 
correta: 
A) O efeito suspensivo em que foi recebida a apelação não implica que a 
tutela antecipada, originalmente concedida, mantenha a sua eficácia. 
 
 
26 
B) Trata-se de caso expresso em lei, relativo à concessão de efeitos contra a 
Fazenda Pública, sendo manifestamente ilegal a concessão de efeito 
suspensivo em grau recursal. 
C) A tutela antecipada por regra perde seus efeitos com a sentença. Neste 
sentido, mesmo que o sentença fosse favorável, seria necessário pedir a 
manutenção da tutela antecipada por ocasião do recurso, até que o 
julgamento deste chegasse ao fim, sob pena de não persistir sua eficácia 
durante o grau recursal. 
O autor errou o recurso apresentado, segundo posição consolidada no 
TJMG, era necessário agravar a revogação da tutela antecipada, ainda 
que esta revogação tenha se dado em uma sentença. 
 
21. EJEF - 2009 - TJ-MG - Titular de Serviços de Notas e de Registros 
Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais é CORRETO afirmar: 
A) Compete ao Conselho da Magistratura julgar, em grau de recurso, as 
decisões proferidas por juiz investido na competência concernente à 
legislação de registros públicos, somente no tocante às hipóteses de 
registro em sentido estrito. 
B) Compete ao Corregedor-Geral de Justiça julgar, em grau de recurso, as 
decisões proferidas por juiz investido na competência concernente à 
legislação de registros públicos, somente no tocante às hipóteses de 
averbação. 
C) Compete ao Conselho da Magistratura julgar, em grau de recurso, ato ou 
decisão do Corregedor-Geral de Justiça ou do juiz que impuser pena 
disciplinar. 
D) Compete ao Conselho da Magistratura julgar, em grau de recurso, as 
decisões jurisdicionais proferidas pelo juiz Diretor do Foro nos feitos 
concernentes à legislação de registros públicos. 
 
22. EJEF - 2008 - TJ-MG - Juiz de Direito 
A respeito da Secretaria do Juízo, é CORRETO afirmar que: 
A) atende ao serviço da Comarca. 
B) a sua lotação é definida pelo Corregedor Geral de Justiça do Estado. 
C) atende a cada Juízo de Direito. 
 
 
27 
D) o assessor de Juiz, por ser de livre escolha do magistrado e demissível ad 
nutum, não integra o quadro de pessoal dos Servidores da Justiça de 
Primeira Instância. 
 
23. EJEF - 2008 - TJ-MG - Juiz de Direito 
Compete ao Diretor do Foro, EXCETO 
A) dar posse a servidor do foro; 
B) indicar, após ouvir os demais juízes da Comarca, o nome do Comissário 
de Menores Coordenador para nomeação pelo Presidente do Tribunal; 
C) promover a correição anual na Comarca; 
D) instaurar sindicância contra servidor do foro judicial. 
 
24. EJEF - 2007 - TJ-MG - Juiz de Direito 
Compete privativamente ao Juiz de Direito, EXCETO 
A) sortear Jurados organizados em lista revista anualmente. 
B) nomear servidor auxiliar de confiança para a Direção do Foro. 
C) resolver dúvida suscitada pelo Oficial do Registro de Imóveis. 
D) decidir impugnação do Ministério Público em habilitação de casamento. 
 
25. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
São competências do Presidente do Tribunal de Justiça, EXCETO 
A) conceder licença, por prazo não excedente a um ano, férias individuais e 
férias prêmio a desembargador e juiz de direito, bem como férias e 
licenças a servidor da Secretaria do Tribunal de Justiça e da justiça de 
primeira instância. 
B) empossar desembargador. 
C) aplicar a pena de perda de delegação aos delegatários dos serviços 
notariais e de registros. 
D) efetivar a remoção de desembargador de uma câmara para outra, de 
acordo com os critérios estabelecidos no Regimento Interno do Tribunal 
de Justiça. 
 
26. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
 
 
28 
A exoneração e remoção de servidor da Secretaria do Tribunal de Justiça 
compete 
A) ao Presidente do Tribunal de Justiça. 
B) ao Corregedor-Geral de Justiça. 
C) à Comissão Administrativa do Tribunal de Justiça. 
D) ao Vice-Presidente do Tribunal de Justiça. 
 
27. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, analise as afirmativas abaixo. 
I. É atribuição jurisdicional da Corte Superior, ressalvada a competência 
das justiças especializadas, processar e julgar, originariamente, o 
Governador e o Vice- Governador do Estado, o Deputado Estadual, o 
Advogado-Geral do Estado e o Procurador-Geral de Justiça, nos 
crimes comuns. 
II. Compete ao Corregedor-Geral de Justiça orientar juízes de direito, 
servidores da Secretaria da Corregedoria-Geral de Justiça e da Justiça 
de Primeira Instância, notários e registradores para o fiel 
cumprimento dos deveres e das obrigações legais e regulamentadas, 
podendo editar atos administrativos de caráter normativo e 
cumprimento obrigatório para disciplinar matéria de sua competência 
e estabelecer diretrizes e ordens para a boa realização dos serviços e 
melhor execução das atividades. 
III. Compete ao Conselho da Magistratura reexaminar, quando 
provocado, atos do juiz da infância e da juventude, ressalvada a 
competência das câmaras isoladas. 
IV. Compete ao Presidente do Tribunal de Justiça mandar coligir 
documentos e provas para a verificação do crime comum ou de 
responsabilidade, enquanto o respectivo feito não tiver sido 
distribuído. 
A partir dessa análise, pode-se concluir que 
A) apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
B) apenas as afirmativas II e IV estão corretas.C) apenas as afirmativas I e II estão corretas. 
D) todas as afirmativas estão corretas. 
 
 
 
29 
28. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
Analise as seguintes afirmativas referentes aos acórdãos proferidos pelo 
Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. 
I. A ementa, que terá início com palavra ou expressão designativa do 
tema principal, objeto do julgamento, bem como a súmula do que 
ficou decidido, deve constar do acórdão. 
II. O acórdão será lavrado pelo relator, salvo se vencido in totum, caso 
em que deverá o autor do voto vencedor fazê-lo. 
III. O acórdão deverá conter a assinatura do presidente do órgão 
decisório. 
IV. Nos casos de ausência ou impedimento do relator ou dos 
desembargadores vencedores, o acórdão será apresentado para 
conferência e assinatura até a terceira sessão seguinte à do 
julgamento 
A partir dessa análise, pode-se concluir que 
A) apenas as afirmativas I e II estão corretas. 
B) apenas as afirmativas II e IV estão corretas. 
C) apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
D) todas as afirmativas estão corretas. 
 
29. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
Para a distribuição de feitos no Tribunal de Justiça, devem ser observados os 
seguintes critérios, EXCETO 
A) no caso de compensação, será ela feita em primeiro lugar, em seguida, 
serão sorteados os processos a todos os desembargadores, observada a 
ordem de antiguidade, redistribuindo-se aqueles relativos ao plantão de 
final de semana e feriados. Os processos distribuídos aos 
desembargadores integrantes da Corte Superior serão compensados, na 
distribuição das apelações, a ser feita nas Câmaras Isoladas, à razão de 
duas apelações para cada processo da Corte Superior. 
B) a distribuição de mandado de segurança, habeas corpus, agravo, pedido 
de suspensão de liminar, cautelar com pedido de liminar e outros feitos 
urgentes será feita imediatamente ao Presidente do Tribunal, após 
ultimados os registros necessários. 
 
 
30 
C) o desembargador a ser alcançado pela aposentadoria compulsória em 
razão do limite constitucional de idade será, nos noventa dias anteriores 
à data da aposentadoria, excluído do sorteio. 
D) o desembargador eleito para cargo de direção do Tribunal de Justiça será 
excluído do sorteio, a partir do dia seguinte ao da eleição. 
 
30. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, integram a competência jurisdicional do Presidente do Tribunal, EXCETO 
A) votar nos julgamentos de incidente de inconstitucionalidade e nas ações 
diretas de inconstitucionalidade. 
B) requisitar pagamento em virtude de sentença proferida contra as 
Fazendas do Estado ou de Município, bem como contra as Autarquias, 
nos termos da Constituição do Estado de Minas Gerais e do Código de 
Processo Civil. 
C) processar e julgar pedido de suspensão de execução de liminar e de 
sentença, de medida cautelar e de tutela antecipada, nos termos da 
legislação pertinente. 
D) mandar coligir documentos e provas para a verificação do crime comum 
ou de responsabilidade, enquanto o respectivo feito não tiver sido 
distribuído. 
 
31. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, assinale a alternativa CORRETA. 
A) O Tribunal de Justiça é constituído pelos desembargadores, pelos 
Presidentes das Turmas Recursais e pelos Coordenadores dos Juizados 
Especiais Justiça, que são membros natos, e por cinco desembargadores 
mais antigos, dentre os integrantes da Corte Superior. 
B) Os mandatos do Presidente, dos Vice-Presidentes, do Corregedor-Geral 
de Justiça e do Vice-Corregedor-Geral de Justiça serão de dois anos. 
C) O desembargador, em sessão solene, após proferir discurso, tomará 
posse e prestará o compromisso perante o Presidente do Tribunal. 
 
 
31 
D) O Conselho da Magistratura é composto pelo Presidente, que o presidirá, 
pelos Vice-Presidentes, pelo Corregedor-Geral de Justiça, pelo Vice-
Corregedor-Geral de Justiça, que são membros natos, e por cinco 
desembargadores mais antigos, dentre os integrantes da Corte Superior. 
 
32. EJEF - 2005 - TJ-MG - Oficial Judiciário 
De acordo com o que determina o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do 
Estado de Minas Gerais, é CORRETO afirmar que, entre os órgãos 
necessariamente integrados pelo Presidente desse Tribunal, NÃO se inclui 
A) a Câmara Especial de Férias. 
B) a Comissão Examinadora de Concurso para Ingresso na Magistratura. 
C) o Conselho da Magistratura. 
D) o Tribunal Pleno. 
 
33. Makiyama - 2013 - TJ-MG - Oficial Judiciário 
De acordo com o Regimento Interno do TJMG, o poder de polícia nas sessões ou 
audiências cabe ao: 
A) Presidente. 
B) Presidente e ao Ministério Público. 
C) Presidente, ao Ministério Público e ao Diretor de secretaria. 
D) Presidente, ao Ministério Público, ao Diretor de secretaria e ao Oficial de 
Justiça de Plantão. 
 
34. Makiyama - 2013 - TJ-MG - Oficial Judiciário 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais (TJMG), é uma atribuição, dentre outras, do Presidente do Tribunal: 
A) Processar e julgar suspeição oposta a servidor do Tribunal. 
B) Conceder a magistrado e a servidor de primeira e segunda instâncias 
vantagem a que tiverem direito. 
C) Designar juiz de direito para exercer a direção do foro nas comarcas com 
mais de uma vara. 
D) Fiscalizar a secretaria da Corregedoria-Geral de Justiça. 
 
 
 
32 
35. FUMARC - 2012 - TJ-MG - Técnico de Nível Superior - Ciências da 
Computação 
Os julgamentos no Egrégio Tribunal de Justiça de Minas obedecem às regras 
listadas abaixo, EXCETO: 
A) os julgamentos serão públicos e feitos em sessão ordinária ou 
extraordinária 
B) terá preferência para julgamento em primeiro lugar da pauta, com 
inversão da ordem originária, o feito com pedido de assistência de 
advogado 
C) os julgadores poderão pedir preferência para julgamento de 
determinado feito, se entenderem existir motivo relevante para inverter 
a ordem da pauta 
D) anunciado o julgamento, estando ausente o advogado que fez a 
inscrição, será o pedido tido como inexistente, retornando o processo a 
seu lugar na pauta 
 
36. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
Assinale a alternativa que NÃO expressa valores preconizados pelo Tribunal de 
Justiça. 
A) O Tribunal de Justiça é uma instituição de portas abertas ao povo, sem 
distinções de raça, gênero, credo, status social ou econômico. 
B) A imparcialidade, a isenção e o senso de justiça constituem o fio 
condutor da ação do Tribunal de Justiça em suas diferentes áreas de 
atuação. 
C) Garantia de prestação jurisdicional com qualidade, eficiência e presteza, 
de forma a atender os anseios da sociedade e a constituição em 
instrumento efetivo de justiça, equidade e de promoção da paz social. 
D) A descentralização de atividades constitui forma de facilitar e 
democratizar o acesso da população aos órgãos judiciais e à consequente 
prestação jurisdicional. 
 
37. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Analista Judiciário - 
Oficial de Justiça 
 
 
33 
Em relação ao recurso de embargos de declaração, nos termos do Regimento 
Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, é INCORRETO afirmar 
que 
A) são cabíveis embargos de declaração quando houver no acórdão 
obscuridade ou contradição ou for omitido ponto sobre o qual devia 
pronunciar-se o Tribunal. 
B) os embargos serão opostos, no prazo de cinco dias da data da publicação 
do acórdão, em petição dirigida ao relator, na qual será indicado o ponto 
obscuro, contraditório ou omisso. 
C) se não for casode embargos, o relator os indeferirá de plano. 
D) quando manifestamente protelatórios os embargos de declaração, o 
Tribunal, declarando que o são, condenará o embargante a pagar ao 
embargado multa não excedente a um por cento do valor da causa. 
 
38. EJEF - 2005 - TJ-MG - Técnico Judiciário 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, a aplicação da pena de perda de delegação aos delegatários de serviços 
notariais e de registro está corretamente classificada e atribuída como 
A) competência administrativa do Conselho da Magistratura. 
B) competência administrativa do Presidente do Tribunal de Justiça. 
C) competência jurisdicional da Corregedoria Geral de Justiça. 
D) competência jurisdicional da Corte Superior. 
 
39. EJEF - 2005 - TJ-MG - Técnico Judiciário 
Considerando o que prevê o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado 
de Minas Gerais, analise estas afirmativas: 
I. A avaliação de Juiz de Direito para fins de vitaliciamento constitui 
competência da Corregedoria-Geral de Justiça. 
II. A elaboração do Regimento Interno do Tribunal de Justiça, que é 
veiculado por resolução, é da competência da Corte Superior. 
III. O julgamento de recurso contra decisão de Juiz de Direito que impõe 
pena disciplinar é da competência da Corte Superior. 
A partir dessa análise, pode-se concluir que 
A) apenas a afirmativa I estiver correta. 
B) apenas a afirmativa II estiver correta. 
 
 
34 
C) apenas as afirmativas II e III estão corretas. 
D) as três afirmativas estão corretas. 
 
40. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2010 - TJ-MG - Oficial de Apoio Judicial 
Com base no Regimento Interno do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, NÃO é 
órgão integrante de seu funcionamento 
A) a Corte Superior. 
B) a Corregedoria-Geral de Justiça. 
C) o Conselho Auditor da Justiça. 
D) o Tribunal Pleno. 
 
41. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2010 - TJ-MG - Assistente social 
Ante o disposto no Regimento Interno do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, é 
INCORRETO afirmar que se trata de cargo de Direção do Tribunal de Justiça, o 
de 
A) Corregedor-Geral de Justiça. 
B) Presidente. 
C) Vice-corregedor. 
D) Vice-presidente. 
 
42. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
Analise as seguintes afirmativas sobre os programas, projetos e estrutura 
organizacional do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. 
I. A Superintendência Judiciária tem como objetivos garantir condições 
para o alcance dos resultados esperados referentes à prestação 
jurisdicional e promover a atualização e uniformização de métodos e 
práticas administrativas na tramitação dos feitos no Tribunal. 
II. A Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (EJEF) tem como 
objetivos promover ações inerentes à seleção, à formação inicial e 
permanente. Integração e acompanhamento dos magistrados, 
servidores, estagiários, voluntários e colaboradores da justiça; 
acompanhar o desempenho e administrar as carreiras dos servidores; 
colaborar, no âmbito de sua competência, com os projetos de 
extensão e de responsabilidade social do Tribunal bem como gerir a 
informação documental especializada da Instituição. 
 
 
35 
III. A Superintendência Administrativa tem como objetivos fazer cumprir, 
no âmbito de suas atribuições, a Missão Institucional do Poder 
Judiciário e assegurar a legalidade dos atos administrativos inerentes 
aos processos de aquisição e manutenção de bens e serviços, gestão 
predial e patrimonial do Tribunal, prestação de serviços de 
informática, administração financeira, execução orçamentária e 
administração de recursos humanos, garantindo sua qualidade, 
eficiência e presteza, bem como verificar a utilização racional de 
recursos físicos e financeiros necessários à prestação jurisdicional. 
IV. Compete à Central de Conciliação promover a prévia conciliação entre 
as partes, nos processos judiciais em que estiverem sendo discutidos 
direitos sobre os quais possam elas transigir e nos quais, a critério do 
Juiz de Direito da vara em que tramitam, seja viável a obtenção de 
acordo. 
A partir dessa análise, pode-se concluir que 
A) apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas. 
B) apenas as afirmativas I, II e III estão corretas. 
C) apenas as afirmativas II, III e IV estão corretas. 
D) todas as afirmativas estão corretas. 
 
43. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
Analise as seguintes afirmativas sobre os programas, projetos e estrutura 
organizacional do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. 
1ª- A execução das penas privativas de liberdade e das penas alternativas 
são fenômenos nitidamente judiciais. 
2ª - Resolve criar, no âmbito da comarca de Belo Horizonte, o Programa 
de Atenção Integral ao Paciente Judiciário portador de sofrimento mental (PAI-
PJ). 
A partir da análise, assinale a alternativa CORRETA. 
A) A primeira é verdadeira e a segunda é falsa. 
B) A primeira é falsa e a segunda é verdadeira. 
C) As duas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira. 
D) As duas são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira. 
 
44. FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2007 - TJ-MG - Nível Superior 
 
 
36 
Analise os seguintes procedimentos criminais de competência originária do 
Tribunal de Justiça. 
I. Nos crimes de ação penal pública, o Ministério Público terá o prazo de 
quinze dias para oferecer denúncia. 
II. Compete ao Relator decretar a extinção da punibilidade, nos casos 
previstos em lei. 
III. Recebida a denúncia ou a queixa, o prazo para defesa prévia será de 
cinco dias, contado do interrogatório ou da intimação do defensor 
dativo. 
IV. Finda a instrução, o Tribunal procederá ao julgamento, com a 
concessão do prazo de uma hora para a acusação e a defesa para 
sustentação oral. 
A partir dessa análise, pode-se concluir que 
A) estão corretas as afirmativas I e II. 
B) estão corretas as afirmativas I e III. 
C) estão corretas as afirmativas II e IV. 
D) todas as afirmativas estão corretas. 
 
45. FRA - Analista Judiciário (TJ MG) /Taquígrafo Judiciário/2009 
Sobre a posse dos desembargadores, é correta a alternativa: 
A) O Presidente e o desembargador tomarão posse em sessão simples do 
Tribunal Pleno. 
B) No ato da posse, o empossando prestará o seguinte compromisso: 
“Prometo, sob a proteção de Deus, desempenhar leal e honradamente as 
funções de Presidente (ou desembargador) do Tribunal de Justiça do 
Estado de Minas Gerais, respeitando as Constituições da República e do 
Estado de Minas Gerais, as leis e o seu Regimento Interno". 
C) Os Vice-Presidentes e o Corregedor Geral de Justiça tomarão posse 
perante o Tribunal Pleno em solenidade simples. O desembargador, se o 
desejar, tomará posse no gabinete do Presidente. 
D) Na posse para desembargador será permitido discursos. 
 
46. FGV - Juiz Estadual (TJ MG) /2022 
M. é funcionária pública lotada na Secretaria de Estado da Fazenda de Minas 
Gerais. Requereu licença não remunerada para tratar de assunto particular e o 
pedido foi indeferido. Aforou ação de mandado de segurança contra o 
 
 
37 
Secretário de Estado titular da pasta mencionada, por entender que tem direito 
líquido e certo à licença negada. 
A ação mandamental, segundo o Regimento Interno do Tribunal de Justiça do 
Estado de Minas Gerais, será julgada 
A) no Tribunal Pleno. 
B) no Órgão Especial. 
C) na Primeira Seção Cível. 
D) em Câmara Cível isolada. 
 
47. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Analista Judiciário/2007 
Sobre o exercício do poder de polícia disciplinado pelo Regimento Interno do 
Tribunal de Justiça no Tribunal de Justiça, assinale a alternativa CORRETA. 
A) É exercido por qualquer desembargador. 
B) Nas sessões ou audiências cabe ao seu presidente e, na Corregedoria-
Geral de Justiça, ao Corregedor-Geral. 
C) o presidente da sessão ou audiência somente fará retirar do recinto 
advogado ou membro do MinistérioPúblico que se comporte 
inconvenientemente, na presença do representante da Seção Mineira da 
Ordem dos Advogados do Brasil ou do Procurador-Geral de Justiça, 
respectivamente. 
D) Ocorrendo infração penal na sede ou dependência do Tribunal, o 
Corregedor-Geral de Justiça mandará instaurar inquérito, se a infração 
envolver autoridade ou pessoa sujeita à sua jurisdição. 
 
48. FRA - Analista Judiciário (TJ MG) /Taquígrafo Judiciário/2009 
Assinale a alternativa correta: 
A) O prazo para sustentação oral será de vinte minutos para cada uma das 
partes, ressalvados os prazos maiores fixados por lei. 
B) Havendo litisconsorte ou assistente, não representado pelo mesmo 
advogado, o prazo será contado em dobro, e dividido igualmente entre 
os do mesmo grupo, se diversamente não convencionarem. 
C) Sendo a parte representada por mais de um advogado, somente um 
poderá fazer a sustentação oral. 
D) Nos feitos criminais, o advogado do réu falará antes do autor ou do 
Procurador de Justiça. 
 
 
38 
 
49. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Taquígrafo 
Judiciário/2007/"Edital 02" 
De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Justiça, assinale a 
alternativa INCORRETA. 
A) O relator, o revisor, ou o vogal, entendendo existir motivo relevante, 
poderá pedir preferência para julgamento. 
B) O prazo para sustentação oral será de quinze minutos para cada uma das 
partes, mas, havendo litisconsorte ou assistente, não representado pelo 
mesmo advogado, o prazo será contado em dobro e dividido igualmente 
entre os do mesmo grupo, se diversamente não convencionarem. 
C) Na sustentação oral, é defeso o aparte, devendo o presidente cassar a 
palavra do advogado. 
D) 
E) Em julgamento de mandado de segurança, de ação rescisória, de 
embargos infringentes e de agravo regimental, havendo empate, 
prevalecerá, respectiva mente, o ato da autoridade impetrada, a decisão 
rescindenda, a decisão embargada e a decisão agravada. 
 
50. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Analista de Tecnologia da 
Informação/2007/Administrador de Banco de Dados (e mais 18 
concursos) 
Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, assinale a alternativa CORRETA. 
A) Compete ao Tribunal Pleno apreciar pedido de intervenção em 
município. 
B) Para exame e relatório dos habeas corpus, tem o relator dez dias de 
prazo. 
C) O presidente designará relator ad hoc para o acórdão, no caso de 
ausência de todos os desembargadores que participaram do julgamento. 
D) No prazo de quarenta e oito horas da assinatura do acórdão, o cartório 
onde tramita o feito fará publicar a súmula da decisão, dela constando os 
nomes dos advogados das partes. 
 
51. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Taquígrafo 
Judiciário/2007/"Edital 02" 
 
 
39 
Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Justiça, são recursos cíveis 
contra decisões de primeiro grau: 
A) apelação e agravo. 
B) apelação e embargos infringentes. 
C) agravo e embargos infringentes. 
D) apelação e agravo regimental. 
 
52. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Analista de Tecnologia da 
Informação/2007/Administrador de Banco de Dados (e mais 18 
concursos) 
Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas 
Gerais, assinale a alternativa CORRETA. 
A) O julgamento do agravo será tomado pelo voto de três 
desembargadores, seguindo-se ao do relator, o do revisor e o do vogal, 
observada a ordem de antiguidade. 
B) Na apelação em processo de procedimento sumário, o relator terá o 
prazo de quinze dias para o relatório e, restituindo os autos ao cartório, 
pedirá a designação de dia para julgamento. 
C) Quando o recurso for de habeas corpus, ouvida a Procuradoria-Geral de 
Justiça e distribuído, será julgado na primeira sessão, sem sustentação 
oral. 
D) Na apelação criminal, protocolados, fiscalizados, conferidos e 
cadastrados, os autos serão remetidos à Procuradoria-Geral de Justiça 
para emitir parecer, no prazo de vinte dias, se em liberdade o réu, e, em 
dez dias, se preso. 
 
53. FUNDEP - Analista Judiciário (TJ MG) /Revisor Judiciário/2007 (e mais 1 
concurso) 
A respeito dos recursos criminais, disciplinados no Regimento Interno do 
Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, é CORRETO afirmar que 
A) contra acórdão poderão ser opostos embargos de declaração, embargos 
infringentes e embargos de divergência. 
B) o recorrente não poderá desistir do recurso interposto sem anuência do 
recorrido ou do corréu. 
C) contra acórdão poderão ser opostos embargos infringentes, embargos de 
nulidade e embargos de declaração 
 
 
40 
D) o prazo para interposição de recurso de habeas corpus é de 10 dias, 
contados da publicação da súmula do acórdão 
 
54. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
 Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
O Presidente, os Vice-Presidentes, o Corregedor-Geral de Justiça e o Vice-
Corregedor serão eleitos em sessão especial do Tribunal Pleno, realizada na 
segunda quinzena do mês de abril dos anos pares. 
() Certo 
() Errado 
 
55. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
A Ouvidoria Judicial é órgão da Corregedoria Geral de Justiça. 
() Certo 
() Errado 
 
56. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
O Órgão Especial funciona com mais da metade dos seus membros em 
exercício, salvo nos casos de sessão solene. 
() Certo 
() Errado 
 
57. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
 
 
41 
Na composição do Órgão Especial haverá vinte desembargadores que sejam 
magistrados de carreira e, alternadamente, três e dois desembargadores 
oriundos das classes de advogados e de membros do Ministério Público. 
() Certo 
() Errado 
 
58. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
O mandato de cada membro eleito para integrar o Órgão Especial será de dois 
anos, admitida uma recondução. 
() Certo 
() Errado 
 
 
59. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
É atribuição do Tribunal Pleno eleger doze membros integrantes do Órgão 
Especial. 
() Certo 
() Errado 
 
60. QUESTÃO INÉDITA – TEC CONCURSOS 
Julgue o item a seguir de acordo com o Regimento Interno do TJMG (Resolução 
do Tribunal Pleno nº 03, de 26 de julho de 2012). 
São atribuições do Presidente do Tribunal, representar ao Órgão Especial para 
instauração e instrução de processo administrativo contra juiz de direito, 
assegurada a ampla defesa. 
() Certo 
 
 
42 
() Errado 
 
 
 
 
 
 
 
GABARITO 
1 B 16 C 31 B 46 D 
2 A 17 B 32 A 47 B 
3 C 18 C 33 A 48 B 
4 D 19 B 34 B 49 C 
5 CERTO 20 A 35 B 50 C 
6 CERTO 21 C 36 C 51 A 
7 ERRADO 22 C 37 C 52 C 
8 CERTO 23 B 38 B 53 C 
9 ERRADO 24 B 39 B 54 CERTO 
10 CERTO 25 B 40 C 55 ERRADO 
11 ERRADO 26 A 41 C 56 ERRADO 
12 C 27 B 42 D 57 CERTO 
13 C 28 A 43 D 58 CERTO 
14 D 29 B 44 D 59 CERTO 
15 D 30 D 45 B 60 ERRADO

Outros materiais