Buscar

ATV 1 PRIMEIROS SOCORROS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Aborde as competências ética e legal da prestação de socorro, bem como as implicações da não realização deste. Aponte, também, as características da avaliação da vítima preconizada no Suporte Básico de Vida e no sistema de apoio.
 Ter uma capacitação em Primeiros Socorros em uma situação de emergência, e executá-lo de forma correta é de extrema importância, e de grande relevância em muitos casos afim de evitar o agravamento do quadro do paciente ou até mesmo o óbito. É necessário manter a situação sob controle até que o atendimento especializado seja realizado, não excluindo a importância de um médico. A lei do artigo o 135 do Código Penal Brasileiro deixa bem claro que deixar de prestar socorro à vítima de acidentes ou pessoas em perigo eminente, podendo fazê-lo, é crime. 
 Quanto as implicações éticas ficam claro que deixar de prestar socorro significa não dar nenhuma assistência à vítima, sendo assim um crime. Vale lembrar que só não é crime caso a vítima recuse o atendimento, mediante a isso, não se pode forçar prestar auxílio, ausentando assim o socorrista da pena de processo jurídico. A indivíduo que chama por socorro especializado, por exemplo, já está prestando e providenciando socorro.
Qualquer cidadão de bem tem a obrigação de ligar para o socorro caso esteja presente em qualquer tipo de acidente. Pois, omissão de socorro e a falta de atendimento de primeiros socorros eficiente são os principais motivos de mortes.
Para um socorro bem-sucedido é de extrema importância observar a cena do acidente atentamente saber lidar com calma perante a situações que as pessoas estejam em sofrimento, nervosismo, pânico, inconscientes e outras situações que exigem providências imediatas. 
 Caso esteja sozinho devemos solicitar ajuda e pedir colaboração de outras pessoas que estejam em condições de assim fazê-lo. Se houver uma pessoa com maior conhecimento em primeiros socorros permita que este lidere. Antes de atender uma pessoa que sofreu uma queda grave é importante não mexer no acidentado, pois pode haver fratura na coluna e hemorragias internas e se for feita uma movimentação inadequada pode piorar o estado de saúde da vítima. Caso presencie uma pessoa caindo é necessário verificar se ela está consciente, perguntando nome, o que aconteceu e em seguida, dependendo da intensidade, da altura, do local e da gravidade é preciso chamar ajuda e ligar para a ambulância do SAMU no 192. Caso este que estamos vivenciando com a queda do idoso que bateu com a cabeça em nosso estudo de caso.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes