Resumo aula Bioquimica II - aulas 1 e 2
5 pág.

Resumo aula Bioquimica II - aulas 1 e 2


DisciplinaBioquímica I45.734 materiais1.094.898 seguidores
Pré-visualização2 páginas
em vesículas, logo, essas células não captam a glicose, esses transportadores vão ser direcionados pelas vesículas à membrana na presença de insulina e então, captar glicose. Essa diferenciação é devido no pâncreas, as células beta do pâncreas serem responsáveis pela síntese de insulina e esse transportador vai estar analisando a concentração de glicose no sangue e ativar o processo de degradação quando a quantidade da mesma aumenta, com isso ocorre um aumento de ATP e vai ativar os canais de potássio, mudando o potencial de membrana, gerando abertura de canais de cálcio. Esse cálcio é capaz de ativar a hexocitose de insulina que está armazenada na célula, então o Glut2 presente vai permitir que a célula \u201cveja\u201d a glicose. E quando a célula \u201cvê\u201d a glicose, ela então inibe canais de potássio, ativa canais de cálcio e promove a liberação de insulina.
	No tecido adiposo é o Glut3 que responde à insulina.
	Transporte de glicose contra o gradiente de concentração, acontece no epitélio intestinal (captação de glicose do lúmen para dentro da célula), no sistema de recaptação renal de glicose onde parte da glicose é perdida na urina e sofre recaptação. O transportador nesses casos é dependente de sódio, ele vai transportar a glicose junto com moléculas de sódio, dissipando o gradiente de sódio e usa essa energia para \u201cempurrar\u201d a glicose para dentro da célula.
	Diabetes: doença onde o individuo tem uma deficiência no processo da insulina, na produção, no receptor etc.
No diabetes tipo 2 há síntese ineficiente de insulina, e a célula não \u201cvê\u201d a glicose. Tem estudos que tentam tratar esse diabetes a partir desse transporte de glicose contra o gradiente.