Aula 01
49 pág.

Aula 01


DisciplinaIntrodução ao Direito I86.499 materiais502.216 seguidores
Pré-visualização11 páginas
as formalidades legais desde que não cometa qualquer 
violação expressa à lei. 
 
 O item IV está certo. É dever fundamental do servidor 
facilitar a fiscalização de todos os atos ou serviços por quem de 
direito (item XIV, s). 
 
 O item V está certo. É dever fundamental do servidor 
apresentar-se ao trabalho com vestimentas adequadas ao 
exercício da função (item XIV, p). 
 Com efeito, a resposta desta questão é a letra e. 
 
19. (ESAF/AFC/CGU/2004) De acordo com o Decreto nº 
1.171/1994 (Código de Conduta do Servidor Público Civil do Poder 
Executivo Federal), são deveres fundamentais do servidor público: 
I. tratar cuidadosamente os usuários dos serviços, aperfeiçoando o 
processo de comunicação e contato com o público. 
II. omitir a verdade sobre fato que prejudique a Administração e 
beneficie o cidadão. 
III. ser assíduo e freqüente ao serviço. 
IV. facilitar a fiscalização de todos os atos ou serviços por quem de 
direito. 
Estão corretos os itens: 
a) I, II e III 
CURSO ON-LINE 
ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA P/ ATRFB 
(EXERCÍCIOS \u2013 ESAF) 
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ 
 
Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 28 
b) II, III e IV 
c) I, III e IV 
d) I, II e IV 
e) I, II, III e IV 
 
 Comentários: 
 
 O item I está certo. É dever fundamental do servidor tratar 
cuidadosamente os usuários dos serviços aperfeiçoando o 
processo de comunicação e contato com o público (item XIV, e). 
 
 O item II está errado. Toda pessoa tem direito à verdade. O 
servidor não pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária 
aos interesses da própria pessoa interessada ou da 
Administração Pública. 
 Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder 
corruptivo do hábito do erro, da opressão, ou da mentira, que 
sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana quanto mais a de 
uma Nação. 
 
 O item III está certo. É dever fundamental do servidor ser 
assíduo e freqüente ao serviço, na certeza de que sua ausência 
provoca danos ao trabalho ordenado, refletindo negativamente em 
todo o sistema (item XIV, l). 
 
 O item IV está certo. É dever fundamental do servidor 
facilitar a fiscalização de todos os atos ou serviços por quem de 
direito (item XIV, s). 
 
 Por isso, a resposta desta questão é a letra c. 
 
 
20. (ESAF/AFC/CGU/2004) Não têm a obrigação de constituir as 
comissões de ética previstas no Decreto nº 1.171/1994 (Código de 
Conduta do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal): 
a) as autarquias federais. 
b) as empresas públicas federais. 
CURSO ON-LINE 
ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA P/ ATRFB 
(EXERCÍCIOS \u2013 ESAF) 
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ 
 
Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 29 
c) as sociedades de economia mista. 
d) os órgãos do Poder Judiciário. 
e) os órgãos e entidades que exerçam atribuições delegadas pelo 
poder público. 
 
Comentário: 
 
De acordo com o item XVI do Código de Conduta do Servidor 
Público Civil do Poder Executivo Federal, em todos os órgãos e 
entidades da Administração Pública Federal direta, indireta 
autárquica e fundacional, ou em qualquer órgão ou entidade 
que exerça atribuições delegadas pelo poder público, deverá 
ser criada uma Comissão de Ética. 
 
Importante: 
Segundo o Código de Conduta do Servidor Público Civil do Poder 
Executivo Federal, onde deverá existir uma Comissão de Ética? 
\u2022 Em cada órgão ou entidade da APF direta e indireta; 
\u2022 Em qualquer órgão ou entidade que exerça atribuições 
delegadas pelo poder público. 
 
Importante: 
Sujeitam-se ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil 
do Poder Executivo Federal: 
\u2022 Servidores do Poder Executivo Federal: sim 
\u2022 Empregados e dirigentes de EP ou SEM da União: sim 
\u2022 Militares: não 
\u2022 Servidores dos Poderes Legislativo ou Judiciário: não 
\u2022 Servidores dos Poderes Executivos Estaduais, Distritais ou 
Municipais: não 
 
Desta forma, a resposta desta questão é a letra d. 
 
 
CURSO ON-LINE 
ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA P/ ATRFB 
(EXERCÍCIOS \u2013 ESAF) 
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ 
 
Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 30 
21. (ESAF/AFC/CGU/2004) Para os fins do Código de Conduta do 
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, entende-se por 
servidor público: 
I. os servidores públicos titulares de cargo efetivo. 
II. os titulares de cargo em comissão. 
III. os empregados de sociedades de economia mista. 
IV. os que, temporariamente, prestam serviços à Administração 
Pública Federal, desde que mediante retribuição financeira. 
Estão corretos os itens: 
a) I, II, III e IV 
b) II, III e IV 
c) I, III e IV 
d) I, II e IV 
e) I, II e III 
 
 Comentários: 
 
 Apenas o item IV está errado. Para fins de apuração do 
comprometimento ético, entende-se por servidor público todo 
aquele que, por força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico, 
preste serviços de natureza permanente, temporária ou excepcional, 
ainda que sem retribuição financeira, desde que ligado direta ou 
indiretamente a qualquer órgão do poder estatal, como as autarquias, 
as fundações públicas, as entidades paraestatais, as empresas 
públicas e as sociedades de economia mista, ou em qualquer setor 
onde prevaleça o interesse do Estado (inciso XXIV). 
 Assim, a resposta desta questão é a letra e. 
 
 
22. (ESAF/AFC/CGU/2004) As infrações de natureza ética 
apuradas pelas comissões de ética previstas no Código de Conduta do 
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: 
a) não podem ser informadas a outros órgãos encarregados de 
apuração de infração disciplinar ou criminal, mesmo que sejam 
de natureza grave. 
b) devem ficar restritas ao âmbito da própria comissão, sob pena 
de configurar um bis in idem. 
CURSO ON-LINE 
ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA P/ ATRFB 
(EXERCÍCIOS \u2013 ESAF) 
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ 
 
Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 31 
c) devem ser informadas ao órgão encarregado da execução do 
quadro de carreira do servidor infrator, para o efeito de instruir 
e fundamentar promoções. 
d) não podem ser sancionadas com a pena de censura ética se o 
processo de apuração não tiver observado o contraditório e a 
ampla defesa, com todos os meios de prova assegurados em 
direito, inclusive testemunhal e pericial. 
e) não podem ser objeto de qualquer recurso. 
 
 Comentários: 
 
 À Comissão de Ética incumbe fornecer, aos organismos 
encarregados da execução do quadro de carreira dos servidores, os 
registros sobre sua conduta ética, para o efeito de instruir e 
fundamentar promoções e para todos os demais procedimentos 
próprios da carreira do servidor público (item XVIII). 
 Logo, a resposta desta questão é a letra c. 
 
 
23. (ESAF/AFT/MTE/2003) No âmbito das regras deontológicas do 
Código de Ética do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, 
assinale a afirmativa falsa. 
a) Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho 
é fator de desmoralização do serviço público, o que quase 
sempre conduz à desordem nas relações humanas. 
b) O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de 
seus superiores, velando atentamente por seu cumprimento e, 
assim, evitando, a conduta negligente. 
c) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao 
serviço público caracterizam o esforço pela disciplina. 
d) O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do 
servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato 
administrativo. 
e) A função pública deve ser tida como exercício profissional e, 
portanto, não se integra na vida particular de cada servidor 
público. 
 
 Comentários: 
CURSO ON-LINE 
ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA P/ ATRFB 
(EXERCÍCIOS \u2013 ESAF) 
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ 
 
Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 32 
 
 A função pública deve ser tida como exercício 
profissional e, portanto, se integra na vida particular
Yara
Yara fez um comentário
Me ajudou muito,blz
0 aprovações
Carregar mais